♕O que é Psicologia?


O que é Psicologia?

é a ciencia que estuda o comportamento humanoPsicologia é o campo da ciência que estuda o comportamento humano, as emoções, os sentimentos. Existem várias abordagens dentro da Psicologia. Saiba mais.

A Psicologia clínica, ajuda a tratar casos simples como pequenos estresses do cotidiano até mesmo casos complexos como dependência química, transtornos de personalidade, etc.

Psicologia/O que é a psicologia?

fonte

Saltar para a navegaçãoSaltar para a pesquisa
Psicologia é a ciência que estuda o comportamento, os processos mentais e a relação entre eles em todo o domínio em que entram os comportamentos observáveis (correr, andar, falar, etc) assim como os não-observáveis (pensar, emocionar-se, etc).
No fundo a fórmula mágica da Psicologia é:
ou seja, Resposta/Comportamento  varia em função da relação entre Situação/Meio e Personalidade/Indivíduo. Esta relação abordaremos mais à frente no fim do 1º capítulo.
As disciplinas da Psicologia estão ligadas ao estudo da personalidade, da aprendizagem, da memória, da inteligência, do sistema nervoso e das relações inter-pessoais, do desenvolvimento humano, dos processos psicoterapêuticos, do sono e do sonho, do prazer e da dor, da vida e da morte... talvez, devido a estas últimas, se observa bastante a Psicologia como uma ciência oculta segundo o senso comum, porém ela é realmente uma ciência fidedigna.
Numa perspectiva histórica não podemos deixar de observar que os temas relativos às emoções, sentimentos e comportamento humano foram abordados pelas religiões e filosofia. Alguns filósofos como Friedrich Nietzsche (1844 — 1900, por exemplo utilizavam a expressão "psicologia" e "psicólogo". É comum entre os historiadores da psicologia atribuírem à Wilhelm Wundt (1832 — 1920) e Gustav Theodor Fechner (1801 — 1887) o início da psicologia científica ou experimental, a partir do século XX diversas sistemas teóricos foram desenvolvidos para intervir no comportamento humano entre estes podemos destacar a psiquiatria / psicopatologia e a psicanálise, os limites entre essas práticas e/ou disciplinas científicas e a psicologia são tênues assim como as múltiplas influências entre estas seja como fonte de inspiração para pesquisa ou fundamentação de divergências teórico - metodológicas e conceituais.
Alguns teóricos da história da psicologia propõem dividir as diversas tendências teóricas desta disciplina em escolas classificadas por área geográfica concentrando-se na Europa (Alemanha, Áustria e Rússia principalmente) e Estados Unidos da América tendo como centros dispersor a Alemanha ou mais especificamente a Universidade de Leipzig onde se situou o primeiro laboratório centro de formação avançada de psicólogos. A própria psicanálise e reflexologia russa mantiveram um dialogo com esse centro formador apesar de seguirem por caminhos mais ou menos diversos. Sigmund Freud (1856 — 1939) propondo o estudo do inconsciente opondo-se de certo modo a psicologia da consciência de Wundt apesar de seguir um caminho também iniciado por ele (a utilização da introspecção como método e estudo da moral e costumes) e Ivan Petrovich Pavlov (1849 — 1936) o fisiólogo russo que deu continuidade a abordagem neurofisiológica dos primeiros estudos da psicologia e da fisiologia em seu país ganhando notoriedade por receber o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1904.
Observe-se que distintos princípios de reconstrução histórica poderiam ser tomados, como por exemplo os avanços do conhecimento do cérebro e neurofisiologia resultantes no paralelo de desenvolvimento da neurologia e psiquiatria e na moderna neuropsicologia ou tomando-se como princípio o desenvolvimentodas instituições de tratamento de doentes mentais e desenvolvimento da psicopatologia, como fez o célebre historiador Michel Foucault (1926 — 1984), contudo, a maioria dos historiadores da psicologia adota a divisão em escolas a partir da proposição de reconhecimento da psicologia como disciplina científica proposta por Wundt, que resulta na divisão apresentada em seguida, aonde estão implícitas distintas definições do objeto e método da psicologia:

Wilhelm Wundt com pesquisadores no laboratório da universidade.

  • Estruturalismo (Wundt, Titchener)
  • Funcionalismo (Angell, Carr, Mead, Cattell, Woodworth)
  • Behaviorismo (Watson, Skiner)
  • Gestaltismo (Wertheimer, Koffka, Köhler)
  • Psicanálise (Freud, Jung, Adler, Reich, Klein)
  • Reflexologia (Schenov, Pavlov, Bechterev)

Referências[editar | editar código-fonte]

Alexander, Franz G, Selesnick, Sheldon T. História da psiquiatria: uma avaliação do pensamento e da prática psiquiátrica desde os tempos primitivos até o presente. São Paulo : Ibrasa, 1968.
Cabral, A.; Oliveira, E.P. Uma breve história da psicologia. RJ, Zahar, 1979
Farr, Robert M..As raízes da psicologia social moderna. RJ, Petrópolis, Vozes, 2008
Foucault, Michael. Doença Mental e Psicologia, RJ, Tempo-Brasileiro, 1968
Foucault, Michel. História da loucura: na idade clássica. SP, Perspectiva, 2009 Goodwin, C. James. História da psicologia moderna. SP, Cultrix, 2005
Hothersall, David. História da Psicologia. SP, McGraw-Hill, 2006


v   
Psicóloga em SP zona sul, psicoterapia Bradesco, psicóloga Amil vila mariana, psicóloga Sulamérica em sp. Tratamento depressão, tratamento para  Ansiedade. Terapia infantil, Casal, Individual, terapia sp, psicologo barato, terapia de casal preço, clinicas de psicologia em sp, psicologos em sp, psicoterapia de casal, psicologos sao paulo, site psicologo,  whatsapp psicóloga online, ajuda emocional, dificuldade de relacionamento conjugal,  consulta psicológica online, psicologo zona sul, terapia para adultos, Psicóloga Sulamérica, PSICÓLOGA Saúde Bradesco, Psicóloga Amil, psicologia online, psicólogo SP, Psicologa 

Postagens mais visitadas deste blog

A dificuldade em mostrar sentimento ❖Psicologa SP

Diferença entre: atração, desejo, paixão e amor.

O que é a dificuldade de relacionamento? ❖Psicologa SP

Psicóloga que atende convênio Bradesco

Preço | Reembolso |Terapia

Plantão Psicológico Online Gratuito ❖Psicologa SP

❖Terapia Online: uma alternativa excelente

09 dicas de psicólogos para identificar relacionamentos abusivos

Psicóloga por Whatsapp: sempre com você

A síndrome do Super-Herói

Postagens mais visitadas deste blog

A dificuldade em mostrar sentimento ❖Psicologa SP

Diferença entre: atração, desejo, paixão e amor.

Psicóloga que atende convênio Bradesco

Psicóloga por Whatsapp: sempre com você

Você tem medo da rejeição? Por Psicóloga SP Maris

Psicologa em São Paulo, Convênio Unimed

Plantão Psicológico Online Gratuito ❖Psicologa SP

05 fases do luto afetivo

A necessidade de aceitação na Psicologia

Remover âncoras do passado - Psicóloga SP Vila Mariana

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Você precisa de terapia?


Existem algumas regras para saber se você precisa ou não de terapia:

Todos precisamos de terapia. Porém não precisa ser a todo momento. Existem situações que é possível atravessar sozinho(a), mas em outras a ajuda emocional oferecida por um psicólogo pode ser muito bem vinda.

  • Quando a ansiedade, o estresse, a depressão, ou a dificuldade de relacionamento estiverem provocando muitos danos emocionais;
  • Quando você estiver perdido em seus pensamentos, sem conseguir achar uma direção, uma resposta para sua vida;
  • Quando o medo estiver maior que a coragem de enfrentar as dificuldades;
  • Quando estiver com vergonha de ser quem você é;
  • Quando a dor da for muito insuportável;
  • Quando seu sono, seu apetite e seu desejo sexual estiver comprometidos;
  • Quando você for vítima de abuso psicológico....
  • Sim, Talvez seja a hora de buscar Terapia.
Leia mais sobre Terapia




Nunca Passou na Psicóloga?

Você nunca passou na Psicóloga? Se gostaria de passar, fique tranquilo porque é normal que você tenha muitas dúvidas.

Algumas pessoas que nunca passaram por consulta com psicólogos tendem a idealizar a consulta as vezes de forma negativa e isto causa bastante ansiedade.
Relaxe e venha. Traga para a Psicóloga apenas o que achar válido, afinal o momento é seu. O Psicólogo é um ego auxiliar, alguém que vai te ajudar a pensar nas questões da tua vida.
A primeira Consulta psicológica dura de 30 a 50 minutos, tempo que o paciente tem para expor seus pensamentos, suas dúvidas, seus anseios, suas dores, etc.

Se você nunca passou na psicóloga e gostaria de passar agende uma consulta psicológica gratuita