Pular para o conteúdo principal

Agenda Online

Agenda Online
Agende sua consulta gratuita

❖O que é Psicologia?


O que é Psicologia?

é a ciencia que estuda o comportamento humanoPsicologia é o campo da ciência que estuda o comportamento humano, as emoções, os sentimentos. Existem várias abordagens dentro da Psicologia. Saiba mais.

A Psicologia clínica, ajuda a tratar casos simples como pequenos estresses do cotidiano até mesmo casos complexos como dependência química, transtornos de personalidade, etc.

Psicologia/O que é a psicologia?

fonte

Saltar para a navegaçãoSaltar para a pesquisa
Psicologia é a ciência que estuda o comportamento, os processos mentais e a relação entre eles em todo o domínio em que entram os comportamentos observáveis (correr, andar, falar, etc) assim como os não-observáveis (pensar, emocionar-se, etc).
No fundo a fórmula mágica da Psicologia é:
ou seja, Resposta/Comportamento  varia em função da relação entre Situação/Meio e Personalidade/Indivíduo. Esta relação abordaremos mais à frente no fim do 1º capítulo.
As disciplinas da Psicologia estão ligadas ao estudo da personalidade, da aprendizagem, da memória, da inteligência, do sistema nervoso e das relações inter-pessoais, do desenvolvimento humano, dos processos psicoterapêuticos, do sono e do sonho, do prazer e da dor, da vida e da morte... talvez, devido a estas últimas, se observa bastante a Psicologia como uma ciência oculta segundo o senso comum, porém ela é realmente uma ciência fidedigna.
Numa perspectiva histórica não podemos deixar de observar que os temas relativos às emoções, sentimentos e comportamento humano foram abordados pelas religiões e filosofia. Alguns filósofos como Friedrich Nietzsche (1844 — 1900, por exemplo utilizavam a expressão "psicologia" e "psicólogo". É comum entre os historiadores da psicologia atribuírem à Wilhelm Wundt (1832 — 1920) e Gustav Theodor Fechner (1801 — 1887) o início da psicologia científica ou experimental, a partir do século XX diversas sistemas teóricos foram desenvolvidos para intervir no comportamento humano entre estes podemos destacar a psiquiatria / psicopatologia e a psicanálise, os limites entre essas práticas e/ou disciplinas científicas e a psicologia são tênues assim como as múltiplas influências entre estas seja como fonte de inspiração para pesquisa ou fundamentação de divergências teórico - metodológicas e conceituais.
Alguns teóricos da história da psicologia propõem dividir as diversas tendências teóricas desta disciplina em escolas classificadas por área geográfica concentrando-se na Europa (Alemanha, Áustria e Rússia principalmente) e Estados Unidos da América tendo como centros dispersor a Alemanha ou mais especificamente a Universidade de Leipzig onde se situou o primeiro laboratório centro de formação avançada de psicólogos. A própria psicanálise e reflexologia russa mantiveram um dialogo com esse centro formador apesar de seguirem por caminhos mais ou menos diversos. Sigmund Freud (1856 — 1939) propondo o estudo do inconsciente opondo-se de certo modo a psicologia da consciência de Wundt apesar de seguir um caminho também iniciado por ele (a utilização da introspecção como método e estudo da moral e costumes) e Ivan Petrovich Pavlov (1849 — 1936) o fisiólogo russo que deu continuidade a abordagem neurofisiológica dos primeiros estudos da psicologia e da fisiologia em seu país ganhando notoriedade por receber o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1904.
Observe-se que distintos princípios de reconstrução histórica poderiam ser tomados, como por exemplo os avanços do conhecimento do cérebro e neurofisiologia resultantes no paralelo de desenvolvimento da neurologia e psiquiatria e na moderna neuropsicologia ou tomando-se como princípio o desenvolvimentodas instituições de tratamento de doentes mentais e desenvolvimento da psicopatologia, como fez o célebre historiador Michel Foucault (1926 — 1984), contudo, a maioria dos historiadores da psicologia adota a divisão em escolas a partir da proposição de reconhecimento da psicologia como disciplina científica proposta por Wundt, que resulta na divisão apresentada em seguida, aonde estão implícitas distintas definições do objeto e método da psicologia:

Wilhelm Wundt com pesquisadores no laboratório da universidade.

  • Estruturalismo (Wundt, Titchener)
  • Funcionalismo (Angell, Carr, Mead, Cattell, Woodworth)
  • Behaviorismo (Watson, Skiner)
  • Gestaltismo (Wertheimer, Koffka, Köhler)
  • Psicanálise (Freud, Jung, Adler, Reich, Klein)
  • Reflexologia (Schenov, Pavlov, Bechterev)

Referências[editar | editar código-fonte]

Alexander, Franz G, Selesnick, Sheldon T. História da psiquiatria: uma avaliação do pensamento e da prática psiquiátrica desde os tempos primitivos até o presente. São Paulo : Ibrasa, 1968.
Cabral, A.; Oliveira, E.P. Uma breve história da psicologia. RJ, Zahar, 1979
Farr, Robert M..As raízes da psicologia social moderna. RJ, Petrópolis, Vozes, 2008
Foucault, Michael. Doença Mental e Psicologia, RJ, Tempo-Brasileiro, 1968
Foucault, Michel. História da loucura: na idade clássica. SP, Perspectiva, 2009 Goodwin, C. James. História da psicologia moderna. SP, Cultrix, 2005
Hothersall, David. História da Psicologia. SP, McGraw-Hill, 2006


v   
Psicóloga em SP zona sul, psicoterapia Bradesco, psicóloga Amil vila mariana, psicóloga Sulamérica em sp. Tratamento depressão, tratamento para  Ansiedade. Terapia infantil, Casal, Individual, terapia sp, psicologo barato, terapia de casal preço, clinicas de psicologia em sp, psicologos em sp, psicoterapia de casal, psicologos sao paulo, site psicologo,  whatsapp psicóloga online, ajuda emocional, dificuldade de relacionamento conjugal,  consulta psicológica online, psicologo zona sul, terapia para adultos, Psicóloga Sulamérica, PSICÓLOGA Saúde Bradesco, Psicóloga Amil, psicologia online, psicólogo SP, Psicologa 

Conheça a Psicóloga





◈Penso que todas as teorias da Psicologia só fazem sentido se promoverem o bem-estar das pessoas. Sendo assim, adoto um modelo terapêutico mais interativo e humanizado onde o paciente e o terapeuta conversam bastante.


Mas quando necessário, eu apenas ouço (Depende do que o paciente busca).
Trata-se de um modelo humanizado, onde o foco é o bem-estar do paciente acima de tudo.

Objetivos profissionais


Psicóloga  em SP
Meu principal objetivo, como Psicóloga, é colaborar para a promoção do b
em estar emocional e social dos meus pacientes.

Estudei Neurociências no Mackenzie e na PUC, para entender melhor o que acontece no nosso cérebro.

Como Neuropsicopedagoga, busco transmitir a conhecimentos sobre o seu funcionamento cerebral, para que possam compreender como funcionam, aprendendo a diagnosticar situações de ansiedade e estresse, e aprender comportamentos mais saudáveis, promovendo mudanças em si mesmos e talvez, no meio em que vivem.

Postagens mais visitadas deste blog

O que é a dificuldade de relacionamento?

O que é a dificuldade de relacionamento? 
Por que algumas pessoas apresentam mais dificuldade em se relacionar que as outras? 
Aquilo que para alguns é tão natural, para outras é um pesadelo.

O tema não é fácil e abre diversas possibilidades de entendimento. A proposta aqui não é esgotar o assunto, mas ao contrário, buscar novas formas de entendimento.


Alguns indivíduos preferem abster-se do convívio social, isolando-se ou buscando apenas relacionamento na internet, onde não precisam se expor com totalidade, podendo "deletar os indesejáveis" quando bem entender.

A dificuldade de relacionamento pode ser entendida de várias formas:
Dificuldades específicas:
Contextuais=> na hora de namorar, paquerar, falar em público;Operacionais => dificuldades em se relacionar somente no ambiente de trabalho, escolar ou religioso;Familiares => dificuldades em manter relações de qualidade somente no âmbito familiar Gerais => surgem em vários contextos ao mesmo tempo.Aspectos sócio-histór…

A dificuldade em mostrar sentimento

Porque algumas pessoas têm dificuldade em demonstrar sentimento? Observe que demonstração de afeto não é (e nunca foi) prova de amor, nem tampouco, a afetividade. São coisas distintas.

Nem sempre  exageros românticos refletem sentimentos, e a premissa contrária é verdadeira.
Existem pessoas que conseguem expressar aquilo que sentem por meio de outros comportamentos, como por exemplo, a busca pela proximidade, a relação de cuidado e preocupação, etc.
No entanto, algumas não conseguem demonstrar de forma alguma. Por mais que alguém tente mobilizá-lo, não conseguem sair da "bolha da indiferença". A questão que se levanta é:
Porque estas pessoas não demonstram o que sentem?
A resposta para esta questão é bastante ampla e praticamente inconclusiva. Mas vale o exercício de reflexão.
1 - Ausência de sentimento
Em muitos casos, o indivíduo não demonstra porque realmente não sente afeto passional pelo parceiro, mas consegue demonstrar carinho com atitudes educadas. 

Nestes casos, o "Bom…

A síndrome do Super-Herói

A síndrome do Super-Herói Você é do tipo de pessoa  Que acredita que possa ajudar todo mundo?Que tem poder para solucionar problemas que não são teus?Que pode prever desgraças e propor soluções antecipatórias para os outros mesmo quando não há nenhum indício de que  tais desgraças poderão efetivamente ocorrer?
Se você respondeu SIM a estas perguntas pode ser que esteja sofrendo da 

"Síndrome do Super-Herói".
Esta síndrome é caracterizada pela vontade extrema de solucionar os problemas que estão a sua volta, evitando sofrimento para os outros. 

No entanto, para que consigam equilibrar todas as demandas a sua volta, acabam ficando estressados muito além da conta, muitas vezes, deixando os próprios problemas de lado, ou negando-os, como se sua própria vida fosse o "mar de rosas"

Como agir para deixar de ser herói? Se este for o seu caso, é importante que você passe a limpo a própria vida e revisite os próprios conflitos. 

As vezes cuidar excessivamente do outro pode ser uma f…

Carência afetiva: o que é e como lidar?

De acordo com o Dicionário Online Dicio, "Carência"  pode ser entendida como:

Logo, a Carência afetiva deve ser interpretada como a falta de afeto.
Como surgem as carências afetivas
Surgem quando percebemos algum déficit no recebimento de afeto. É como se de repente, todas as pessoas com quem nos relacionamos deixaram de se importar conosco. Não percebemos mais as demonstrações sutis de afeto que em outro momento, ajudaram a colorir nossa existência.

Na sociedade atual, quase todas as pessoas tem muitas ocupações de ordem prática, o que coloca as práticas afetivas em segundo plano, levando mutas pessoas a acreditarem que o afeto é supérfluo. Com o tempo, a vida vai se tornando "chata e sem sentido", como se estivesse faltando algo. Bate uma "sensação de vazio" que não se sabe de onde vem.
E quando olha para os lados, o indivíduo "ocupado demais para amar" se percebe sozinho, sem dar, nem receber afeto.

Porém, nem todos percebem a falta de afeto como a…

Emoções ruins são contagiosas. Entenda o motivo.

Por que nos deixamos contaminar por emoções ruins? (Vamos falar sobre Neurônios-espelhos)  Sabe aquela sensação de bem estar que você sentiu subitamente na presença de alguém, e não sabe explicar de onde vem? É produzida pelos seus neurônios-espelhos.

Fonte: https://www.ronitbaras.com/family-matters/parenting-family/mirror-neurons-parenting/


Entendendo os neurônios espelhos
Pesquisadores observaram que os animais realizam comportamento espelhado, e que os humanos também demonstram esta capacidade de sincronizar movimentos e comportamento.
Porém, pesquisas mais recentes estão apontando que as emoções também podem ser espelhadas, e reproduzidas, como dizem os pesquisadores:

As emoções também podem ser espelhadas pois, quando vemos alguém chorar, por exemplo, nossas células refletem a expressão do sentimento que pode estar por trás das lágrimas e trazem de volta a lembrança de momentos que já vivenciamos. A essa capacidade dá-se o nome de empatia, uma das chaves para decifrar o comportamento…

Preço Acessível | para Reembolso

Quanto custa uma consulta Psicológica na cidade de São Paulo e imediações?  Existem muitos profissionais na área, cada qual faz seu preço, de acordo com o que tem pra oferecer. 
Observe que o preço NADA TEM A VER com a qualidade dos atendimentos e sim com a capacidade administrativa/financeira/organizacional de cada empresa de Psicologia.
Neste consultório de Psicologia (da Vila Mariana, São Paulo, SP) oferece-se:
Psicoterapia humanizada para  Crianças, adolescentes, adultos, idosos, terapia de casal.com Preço acessível e flexível.

Preço acessível visa proporcionar experiência Psicoterapêutica para as pessoas que ainda não haviam pensado em procurar psicóloga.
Preço flexível, porque cada um escolhe como, quanto e quando pagar.
A má notícia é que as vagas para Psicoterapia são muito limitada; a agenda de 2020 está praticamente fechada. Se você não encontrar uma vaga, deixe seu nome na lista de espera. Assim que as vagas abrirem, entraremos em contato.
Serviço Duração Valor Frequência Público alvo 1ª.…

Psicóloga que atende convênio Bradesco

Psicóloga que atende convênio: Bradesco
Psicóloga que atende convênio Bradesco: Atendimento da Psicóloga por meio do convênio do Bradesco Saúde.

Observe que Psicoterapia é um investimento no seu bem-estar emocional: trata-se de um momento na semana onde você poderá por suas ideais em ordem e pensar sobre um monte de coisas que o seu tempo não permite.


O Atendimento da Psicóloga pelo convênio do Bradesco Saúde é feito por reembolso. O que é reembolso de Psicólogos?É a restituição financeira das despesas médicas e hospitalares, garantida pela LEI da LIVRE ESCOLHA, Atualizada no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde RN Nº 428, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2017 (Veja Subseção II, Do Plano Ambulatorial).
Portanto, não há necessidade de gastar duas vezes com o mesmo tipo de atendimento.

Como funciona a Consulta com Psicólogos?
Primeira Consulta (Gratuita - Sem compromisso).
Agende aqui sua consulta Gratuita
Descubra o que acontece na primeira sessão de terapia
Neste atendimento, o paciente expõe os moti…

Será que você é amado (a) de verdade?

Será que você é tão amado (a) quanto imagina que seja? A finalidade deste post não é te desiludir, ou fazer sofrer, mas sim, levar você a pensar de maneira crítica sobre os sentimentos.


Se você tem certeza absoluta que é amado (a) por alguém, fique atento (a). Muitas vezes, você pode ser vítima da sua própria idealização, ou seja, por querer demais que o(a) outro (a) te ame, pode cometer o engano de acreditar-se amado(a).

Podemos exemplificar isto tratando das pessoas que confundem amizade com amor, cordialidade com paquera, elogios com "cantadas".
O Amor idealizadoAmor não pode ser categorizado em "correspondido" e "não correspondido".
Existem vários sentimentos entre o amor e a indiferença que devem ser avaliados racionalmente, não só para evitar desilusões futuras, mas também cobranças exageradas. Algumas pessoas amam demais...outras amam pouco. É sobre elas que iremos falar neste tópico.
As vezes, insistir para que o outro demonstre sentimentos que não po…

A necessidade de aceitação na Psicologia

O que significa “A necessidade de aceitação”?

Na Psicologia, Aceitação consiste em acolher o outro da forma como ele se apresenta, com seus defeitos, qualidades e excentricidade, sem tentativas de modificá-lo para que satisfaça expectativas e se ajuste aos caprichos dos outros. 



Autenticidade

Quando são aceitas de forma incondicional, as pessoas tendem a manifestar-se de forma mais autêntica, conseguindo desenvolver suas potencialidades (Rogers, 1981).





Embora seja desejável obter a aceitação externa, a aceitação não é condição sine qua non para a felicidade. É possível viver em paz, mesmo nos ambientes mais hostis, embora não seja fácil.

A busca pela aceitação


A busca pela aceitação ( de grupos sociais ou parceiros afetivos) pode levar a um certo desgaste nas relações, uma vez que para agradar ao outro,as vezes é necessário deixar de fazer algo por si.

Em alguns casos, as pessoas se tornam infelizes, reprimindo sentimentos, pensamentos e comportamentos, o que pode levar eventualmente ao des…

O Mito do Amor Romântico

Você conhece o mito do amor romântico?O que é amor pra você? O que você entende por amor será o mesmo que os outros entendem?
Enquanto para uns é um sentimento “doce e sublime”, para outros é um tormento, uma obsessão, uma doença. Vamos falar sobre isto? 


Sem ter a pretensão de esgotar este assunto que é amplo, os próximos parágrafos são apenas um exercício de compreensão deste fenômeno.


O mito do amor romântico Leia também:
O mito do amor romântico na sociedade monogâmica

Nas sociedades antigas, as relações entre pares não eram baseadas na paixão, mas em práticas relacionadas à sobrevivência. O amor romântico é uma construção sócio-histórica que teve suas origens no século XII.  Caracterizava-se como amar o amor mesmo que para isso fosse preciso sofrer até a morte. O sentimento amoroso torna-se uma crença, que se mantém viva na busca da felicidade plena, a exaltação do bem estar que possibilita a vida e perpetua o mito do amor. [...]Os mitos revivem os sentimentos, a imaginação coletiva da…

Postagens mais visitadas deste blog

Preço Acessível | para Reembolso

Quanto custa uma consulta Psicológica na cidade de São Paulo e imediações?  Existem muitos profissionais na área, cada qual faz seu preço, de acordo com o que tem pra oferecer. 
Observe que o preço NADA TEM A VER com a qualidade dos atendimentos e sim com a capacidade administrativa/financeira/organizacional de cada empresa de Psicologia.
Neste consultório de Psicologia (da Vila Mariana, São Paulo, SP) oferece-se:
Psicoterapia humanizada para  Crianças, adolescentes, adultos, idosos, terapia de casal.com Preço acessível e flexível.

Preço acessível visa proporcionar experiência Psicoterapêutica para as pessoas que ainda não haviam pensado em procurar psicóloga.
Preço flexível, porque cada um escolhe como, quanto e quando pagar.
A má notícia é que as vagas para Psicoterapia são muito limitada; a agenda de 2020 está praticamente fechada. Se você não encontrar uma vaga, deixe seu nome na lista de espera. Assim que as vagas abrirem, entraremos em contato.
Serviço Duração Valor Frequência Público alvo 1ª.…

Psicóloga que atende convênio Bradesco

Psicóloga que atende convênio: Bradesco
Psicóloga que atende convênio Bradesco: Atendimento da Psicóloga por meio do convênio do Bradesco Saúde.

Observe que Psicoterapia é um investimento no seu bem-estar emocional: trata-se de um momento na semana onde você poderá por suas ideais em ordem e pensar sobre um monte de coisas que o seu tempo não permite.


O Atendimento da Psicóloga pelo convênio do Bradesco Saúde é feito por reembolso. O que é reembolso de Psicólogos?É a restituição financeira das despesas médicas e hospitalares, garantida pela LEI da LIVRE ESCOLHA, Atualizada no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde RN Nº 428, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2017 (Veja Subseção II, Do Plano Ambulatorial).
Portanto, não há necessidade de gastar duas vezes com o mesmo tipo de atendimento.

Como funciona a Consulta com Psicólogos?
Primeira Consulta (Gratuita - Sem compromisso).
Agende aqui sua consulta Gratuita
Descubra o que acontece na primeira sessão de terapia
Neste atendimento, o paciente expõe os moti…

Emoções ruins são contagiosas. Entenda o motivo.

Por que nos deixamos contaminar por emoções ruins? (Vamos falar sobre Neurônios-espelhos)  Sabe aquela sensação de bem estar que você sentiu subitamente na presença de alguém, e não sabe explicar de onde vem? É produzida pelos seus neurônios-espelhos.

Fonte: https://www.ronitbaras.com/family-matters/parenting-family/mirror-neurons-parenting/


Entendendo os neurônios espelhos
Pesquisadores observaram que os animais realizam comportamento espelhado, e que os humanos também demonstram esta capacidade de sincronizar movimentos e comportamento.
Porém, pesquisas mais recentes estão apontando que as emoções também podem ser espelhadas, e reproduzidas, como dizem os pesquisadores:

As emoções também podem ser espelhadas pois, quando vemos alguém chorar, por exemplo, nossas células refletem a expressão do sentimento que pode estar por trás das lágrimas e trazem de volta a lembrança de momentos que já vivenciamos. A essa capacidade dá-se o nome de empatia, uma das chaves para decifrar o comportamento…

A Raiva segundo a Psicologia

A Raiva segundo a psicologia Etmologia:  Angere (inglês) = Angústia; Rabies (latim) = doença canina (Carvalho e Carvalho, 2010)


Desdobramentos: cólera, ira, fúria, rancor, ódio, desejo de agredir ou destruir

Como o sentimento de Raiva é compreendido na psicologiaA raiva é uma emoção natural que sentimos quando passamos por alguma contrariedade, ou quando nossos desejos e ações são frustrados. Conhecida como um "sentimento negativo", ao qual fomos ensinados a reprimir ou negar. Mas se é natural e inerente ao ser humano, por que negá-la ou reprimi-la?


A negação da raiva 
(e de outros sentimentos menos nobres) está relacionada à educação que recebemos dos adultos. Quando crianças, muitas vezes éramos punidos quando expressávamos (publicamente) a raiva por meio de choro, birras, gritos, etc. Quando crescemos, a tendência é continuar reprimindo a raiva, seja para não sofrer punição,ou para garantir algumas gratificações.
Historicamente a repressão da raiva e seus desdobramentos está relac…

A dificuldade em mostrar sentimento

Porque algumas pessoas têm dificuldade em demonstrar sentimento? Observe que demonstração de afeto não é (e nunca foi) prova de amor, nem tampouco, a afetividade. São coisas distintas.

Nem sempre  exageros românticos refletem sentimentos, e a premissa contrária é verdadeira.
Existem pessoas que conseguem expressar aquilo que sentem por meio de outros comportamentos, como por exemplo, a busca pela proximidade, a relação de cuidado e preocupação, etc.
No entanto, algumas não conseguem demonstrar de forma alguma. Por mais que alguém tente mobilizá-lo, não conseguem sair da "bolha da indiferença". A questão que se levanta é:
Porque estas pessoas não demonstram o que sentem?
A resposta para esta questão é bastante ampla e praticamente inconclusiva. Mas vale o exercício de reflexão.
1 - Ausência de sentimento
Em muitos casos, o indivíduo não demonstra porque realmente não sente afeto passional pelo parceiro, mas consegue demonstrar carinho com atitudes educadas. 

Nestes casos, o "Bom…

O que é o amor na Psicologia?

O que é a dificuldade de relacionamento?

O que é a dificuldade de relacionamento? 
Por que algumas pessoas apresentam mais dificuldade em se relacionar que as outras? 
Aquilo que para alguns é tão natural, para outras é um pesadelo.

O tema não é fácil e abre diversas possibilidades de entendimento. A proposta aqui não é esgotar o assunto, mas ao contrário, buscar novas formas de entendimento.


Alguns indivíduos preferem abster-se do convívio social, isolando-se ou buscando apenas relacionamento na internet, onde não precisam se expor com totalidade, podendo "deletar os indesejáveis" quando bem entender.

A dificuldade de relacionamento pode ser entendida de várias formas:
Dificuldades específicas:
Contextuais=> na hora de namorar, paquerar, falar em público;Operacionais => dificuldades em se relacionar somente no ambiente de trabalho, escolar ou religioso;Familiares => dificuldades em manter relações de qualidade somente no âmbito familiar Gerais => surgem em vários contextos ao mesmo tempo.Aspectos sócio-histór…

É possível perdoar alguém?

Você acha possível perdoar alguém indondicionalmente?
Se você resolveu conceder o perdão a alguém, é porque está disposto (a) a recomeçar a relação, talvez passando-a a limpo.
Porém, o ato de perdoar deve ser feito com muito critério, pois a ruptura pode ser um precedente para novas desavenças.

O perdão das ofensas
No primeiro momento, parece tentador conceder o perdão, afinal o ofensor (na maioria das vezes) parece arrependido. 

Mas, o arrependimento não basta: é necessário que haja um firme propósito de rever algumas atitudese esclarecê-las, antes de reatar a relação.
Imaginemos a seguinte situação:
Um casal de namorados briga por causa de ciúmes. Ele, transtornado, acusa sua namorada de infidelidade sem base empírica nenhuma, confiando apenas na sua "intuição" mal desenvolvida, partindo para as ofensas pessoais e talvez agressão física.O namoro termina.Muitos meses depois, eis que ele volta a procurá-la, arrependido, dizendo que a ama, que sente sua falta, que ela é a mulher de …

Como encontrar o psicólogo certo

Como encontrar o psicólogo certo
Where to begin How to Find the Right Therapist For You
Esther Perel
Texto original: https://estherperel.com/blog/how-to-find-the-right-therapist-for-you


A auto-entrevista
Responda a estas perguntas primeiro.


Por que terapia e por que agora?Em que você gostaria de trabalhar?Qual é o resultado desejado?O que você está preparado para fazer para alcançar esse objetivo?O que você espera do seu terapeuta?Quais foram as suas experiências em terapia até agora e o que foi útil? O que não foi? Quais são as lições que você aprendeu?
Seja terapia individual, de casal ou familiar, o tipo de terapeuta que eu sempre recomendo é aquele que é desafiador e direto, mas não julga; tem a mente aberta e está disposta a permitir que as pessoas explorem opções na vida muito diferentes das suas. Alguém que não se apressa em diagnosticar e patologizar, e que tem um profundo entendimento dos meandros da intimidade e da sexualidade.
No cerne da terapia está a relação entre o pacient…

A síndrome do Super-Herói

A síndrome do Super-Herói Você é do tipo de pessoa  Que acredita que possa ajudar todo mundo?Que tem poder para solucionar problemas que não são teus?Que pode prever desgraças e propor soluções antecipatórias para os outros mesmo quando não há nenhum indício de que  tais desgraças poderão efetivamente ocorrer?
Se você respondeu SIM a estas perguntas pode ser que esteja sofrendo da 

"Síndrome do Super-Herói".
Esta síndrome é caracterizada pela vontade extrema de solucionar os problemas que estão a sua volta, evitando sofrimento para os outros. 

No entanto, para que consigam equilibrar todas as demandas a sua volta, acabam ficando estressados muito além da conta, muitas vezes, deixando os próprios problemas de lado, ou negando-os, como se sua própria vida fosse o "mar de rosas"

Como agir para deixar de ser herói? Se este for o seu caso, é importante que você passe a limpo a própria vida e revisite os próprios conflitos. 

As vezes cuidar excessivamente do outro pode ser uma f…

Selo de Segurança Google

Selo de Segurança Google
Selo de Segurança Google