psicologa sp , Psicóloga perto de mim, consulta com psicologa, psicologa preço, psicologa valor, psicóloga preço, psicólogo valores, consulta psicólogo valor, psicólogo preço, psicologa perto de mim,psicologo perto de mim, Psicóloga perto de mim, psicólogo presencial sp, psicóloga São Paulo, psicólogo consulta, psicólogo zona sul sp, Psicólogo Zona Leste sp, melhores psicólogos de sp, Psicóloga Av. Paulista, Indicação de Psicóloga SP, poderá agendar uma consulta com psicologa presencial.

Psicóloga SP| O que esperar de um Psicólogo

Muitas pessoas gostariam de fazer uma consulta psicólógica, mas não sabem 

O que esperar de um Psicólogo.

Neste artigo pretendo descrever sobre a abrangência e os limites da atuação do Psicólogo, e esclarecer o que é permitido e proibido pelo nosso Código de Ética.

● O que faz um Psicólogo


Existe no senso comum uma imagem da nossa profissão, que as vezes, parece romantizada demais. Somos profissionais, com arcabouço técnico teórico, com 05 anos de faculdade, (e mais alguns anos de pós graduação) voltados para a compreensão do ser humano. 

Como o Psicólogo vê o cliente

Embora a relação terapêutica traga embutida uma relação de proximidade, esta é profissional, ou seja, somos treinados (ao longo dos 5 anos de faculdade) para separar nossa vida particular das queixas de nosso pacientes. Sem esta condição, seria impossível atender.

Precisamos ter uma sensibilidade natural aos problemas que nos são trazidos, e encará-los como desafios a serem superados, sem misturar nossos problemas com  os clientes.

Isto significa que vamos ajudar o paciente a lidar com seus problemas, mas não podemos deixar que isso nos abale.

● Conheça bem o seu Psicólogo

CONSIDERANDO que toda a ação da(o) psicóloga(o) demanda um raciocínio psicológico, caracterizado por uma atitude avaliativa, compreensiva, integradora e contínua, que deve orientar a atuação nos diferentes campos da Psicologia e estar relacionado ao contexto que origina a demanda. (Fonte: Diário Oficial da União)
Procure seu Currículo Lates, verifique se o que ele posta nas redes sociais condiz com o que você procura. Por exemplo, um psicólogo que posta muita coisa sobre atendimentos geriátricos, certamente não estará disponível para atendimentos infantis.


Psicóloga SP| O que esperar de um Psicólogo







O que podemos esperar de um psicólogo(a)? 

1 - Cordialidade, educação, simpatia. 
2 - Sigilo
3 - Pontualidade e regularidade
4 - Acolhimento humanizado
5 - Ética;
6 - Preço justo
7 - Atualizações Constantes
8 - Postura discreta e equilibrada
9 - Equíbrio emocional;


1. Esperar Cordialidade, educação, simpatia. 

Essas são características importantes para estabelecer uma boa relação terapêutica e criar um ambiente acolhedor e seguro para o paciente. 

No entanto, é importante ressaltar que o vínculo entre o psicólogo e o paciente deve ser estritamente profissional e terapêutico. 

Não se deve esperar ou buscar um vínculo de amizade com o psicólogo, pois isso pode comprometer a objetividade e a imparcialidade necessárias para o trabalho terapêutico. 

O psicólogo é um prestador de serviços, e é importante que essa relação seja clara e bem definida desde o início. 

O estabelecimento de um vínculo de amizade pode gerar sentimentos inadequados de afeição ou apego desnecessário, o que pode prejudicar o andamento da terapia.


2. Esperar sigilo. 

A ética profissional dos psicólogos exige que todas as informações fornecidas pelos pacientes durante as sessões sejam mantidas em absoluto sigilo. 

O psicólogo não pode divulgar nenhuma informação sobre o paciente, exceto em casos extremamente graves, como situações em que o paciente corre risco de vida ou de causar danos a outras pessoas. 

Mesmo nesses casos, o psicólogo só poderá divulgar as informações estritamente necessárias para prevenir danos maiores. 

O sigilo é uma garantia fundamental para que os pacientes se sintam seguros e confortáveis em compartilhar suas emoções e experiências com o psicólogo. 

Sem o sigilo, muitas pessoas provavelmente evitariam buscar ajuda profissional, por medo de ter suas informações pessoais expostas. 

Portanto, é fundamental que o psicólogo respeite o sigilo profissional e mantenha todas as informações fornecidas pelos pacientes em absoluto segredo.

Portanto, não é ético e nem profissional que o psicólogo fale sobre o paciente com outras pessoas, a não ser que haja uma autorização expressa do paciente. 

É importante respeitar a privacidade do paciente e manter todas as informações confidenciais compartilhadas durante as sessões em segredo absoluto.

Da mesma forma, espera-se que o paciente também respeite a confidencialidade da relação terapêutica. 

Se o paciente quiser compartilhar informações com outras pessoas, ele tem todo o direito de fazer isso, mas é importante que ele entenda a responsabilidade que isso acarreta. 

O paciente deve ser honesto e evitar distorcer as informações ou usar as intervenções do psicólogo de forma inadequada.

Portanto, é fundamental que tanto o psicólogo quanto o paciente respeitem a privacidade e o sigilo profissional, para garantir que a relação terapêutica seja pautada na confiança e no respeito mútuo.


3. Pontualidade e regularidade

Como profissionais, os psicólogos devem ser pontuais e cumprir rigorosamente os horários de atendimento agendados com seus pacientes. 

Isso é importante para que o paciente possa se organizar e se programar para comparecer às sessões no horário marcado, bem como para que o psicólogo possa cumprir sua agenda e atender todos os seus pacientes de forma adequada.


Além disso, os atendimentos psicológicos têm uma duração estabelecida, que geralmente é de 50 minutos por sessão. 

Essa duração é importante para que o psicólogo possa planejar seu tempo adequadamente e garantir que o paciente tenha o tempo necessário para expor suas questões e para que o profissional possa realizar as intervenções necessárias.


Dessa forma, a pontualidade e regularidade são elementos importantes para garantir que a relação terapêutica seja produtiva e respeitosa, além de demonstrar a responsabilidade e comprometimento do psicólogo com o trabalho que realiza.


4. Acolhimento humanizado.

o acolhimento humanizado implica na escuta ativa e sem julgamentos por parte do psicólogo. 

O paciente deve se sentir à vontade para expressar seus pensamentos, sentimentos e angústias sem ser criticado ou ridicularizado. O psicólogo deve ser um facilitador do processo terapêutico, oferecendo suporte emocional e ajudando o paciente a compreender melhor suas questões internas.


O acolhimento humanizado também envolve a empatia por parte do psicólogo, ou seja, a capacidade de se colocar no lugar do outro e entender suas emoções e perspectivas. Isso é fundamental para que o paciente se sinta compreendido e acolhido em seu sofrimento.


Por fim, é importante ressaltar que o acolhimento humanizado deve ser sempre combinado com uma abordagem terapêutica baseada em evidências científicas e técnicas psicológicas comprovadas. 

O psicólogo deve estar atualizado e bem informado sobre as melhores práticas em sua área de atuação, para oferecer um tratamento eficaz e seguro ao paciente.




 5. Ética

A ética é um pilar fundamental da prática profissional do psicólogo e deve ser observada em todas as etapas do atendimento. 

Durante as sessões, o psicólogo deve garantir a confidencialidade das informações compartilhadas pelo paciente, respeitando sua privacidade e sigilo profissional. Isso significa que o psicólogo não pode divulgar informações sobre o paciente para terceiros, a menos que seja necessário para proteger a vida do paciente ou de terceiros.


Além disso, o psicólogo deve garantir que o paciente esteja ciente de seus direitos e deveres durante o tratamento, bem como do papel do psicólogo no processo terapêutico. 


O psicólogo também deve ser honesto e transparente em relação ao seu trabalho e limitações, evitando promessas ou garantias que não possam ser cumpridas.

Acolhimento da Diversidade

Outra questão importante é o respeito à diversidade cultural, religiosa e de gênero dos pacientes. 

O psicólogo deve estar preparado para lidar com as diferenças individuais e evitar preconceitos e estereótipos. 

O psicólogo também deve ser cuidadoso ao utilizar técnicas terapêuticas que possam ter efeitos colaterais indesejados ou que possam ferir a integridade física e emocional do paciente.



6. Preço justo

Existe uma tabela de preços de serviços e honorários, que serve de base para nossos serviços, mas que não é necessário segui-la a risca. Cada Psicólogo pratica o preço que achar adequado, aproximando-os dos valores da tabela. Estes valores devem ser justos e adequados ao serviço prestado.

7. Atualizações Constantes

Por fim, é importante destacar que o psicólogo deve buscar constantemente o aprimoramento de sua formação e atualização profissional, mantendo-se informado sobre as novas tendências e práticas na área da psicologia. 

Isso inclui participar de eventos científicos, cursos de especialização e supervisões clínicas, entre outras atividades que contribuam para o desenvolvimento profissional.


8 - Postura discreta e equilibrada


A postura discreta e equilibrada do psicólogo é fundamental durante os atendimentos psicológicos. O profissional deve ter uma conduta ética e manter um comportamento adequado, evitando julgamentos, preconceitos e opiniões pessoais que possam influenciar no tratamento do paciente.


É importante que o psicólogo mantenha uma postura profissional e respeitosa, evitando qualquer tipo de intimidade ou familiaridade excessiva com o paciente. 

A relação deve ser estritamente profissional, respeitando sempre os limites e a privacidade do paciente.


Além disso, o psicólogo deve ter uma postura equilibrada durante as sessões, mantendo a calma e a objetividade diante de situações difíceis ou emocionais. 

Isso é importante para que o paciente sinta-se seguro e confiante em expressar seus sentimentos e emoções, sem medo de ser julgado ou criticado pelo psicólogo.


Em resumo, a postura discreta e equilibrada do psicólogo é fundamental para o sucesso do tratamento psicológico, permitindo que o paciente se sinta acolhido e respeitado, e garantindo a eficácia do processo terapêutico.


9 - Distanciamento emocional

O distanciamento emocional é uma técnica usada por muitos psicólogos e terapeutas para manter um certo grau de separação emocional de seus pacientes. Isso significa que o psicólogo tenta manter uma distância emocional do paciente, a fim de evitar a transferência de suas próprias emoções e problemas pessoais para o relacionamento terapêutico.


O distanciamento emocional pode ajudar o psicólogo a manter uma perspectiva objetiva sobre o caso do paciente, permitindo que ele ou ela se concentre nas necessidades do paciente sem ser excessivamente influenciado pelas emoções do paciente. 


Também pode ajudar a estabelecer limites saudáveis para o relacionamento terapêutico e a evitar a sobrecarga emocional do psicólogo.


No entanto, é importante notar que o distanciamento emocional não significa que o psicólogo seja insensível ou desinteressado pelo bem-estar do paciente. 


Pelo contrário, o psicólogo deve demonstrar empatia e compaixão pelo paciente, enquanto mantém um equilíbrio saudável de envolvimento emocional no relacionamento terapêutico.


Em resumo, o distanciamento emocional é uma técnica útil para ajudar os psicólogos a manter uma perspectiva objetiva e estabelecer limites saudáveis no relacionamento terapêutico, mas é importante equilibrar isso com empatia pelo paciente.


● A relação de transferência:


E não devemos jamais entender a postura do paciente como algo pessoal, isto vale para bem ou mal: quando um paciente nos trata com hostilidade ou carinho excessivo, interpretamos como transferência, ou projeção, ou seja, ele está nos dando algo que em tese, não deveria ser dado a nós, e sim a uma figura de importância da sua vida particular.

Em alguns casos, quando um psicólogo é hostilizado, deve-se ater à situação de forma técnica, considerando o lugar que ocupa, sua representação e quais seriam os motivos que o cliente teria para hostilizar esta representação.

Quando isto ocorre, devemos tratar de forma analítica, buscando compreender a postura do paciente e ajudá-lo a ser mais assertivo em suas relações pessoais.

Para saber mais sobre Psicólogos



Nossa profissão no Brasil foi regulamentada em 1962 mais precisamente no dia 27 de agosto, dia quem comemoramos o Dia do Psicólogo no Brasil.

Atendimento gratuito em Psicologia, é possível?

Atendimentos gratuitos e Psicoterapia acessível são feitos geralmente em clínicas-escolas ou instituições filantrópicas. 


Como agendar uma consulta com a Psicóloga em São Paulo, SP .

Quero cuidar da minha saúde mental 

Para agendar sua consulta com a Psicóloga e receber acolhimento humanizado, você pode optar pela Psicóloga online ou presencial.
Clique nos botões abaixo.
 
psicologa sp, Psicóloga SP, psicóloga perto de mim. Psicóloga em São Paulo, Psicóloga online,  psicóloga preço, consulta com psicóloga, Psicóloga Bela vista, psicólogo zona sul sp, psicólogo centro sp, psicólogo online, psicólogos em são Paulo, Psicologo SP.


Caso a agenda não mostre um horàrio adequado às suas necessidades, entre em contato e agende direto com a Psicóloga sp.

WhatsApp - (11) 95091-1931- Email: contato@psicologa-sp.com.br
Agende consulta psicológica . psicologa, psicologa preço, consulta com psicologa valor, psicologa sp, psicologa perto de mim, psicologa online, psicologa presencial, Psicóloga Bela Vista, Psicólogos perto de mim, 

Quem leu estes artigos, se interessou por: