Psicoterapia como funciona a 1a. sessão.

◈Terapia Infantil, Adultos e Casal

Psicóloga Maris V Botari

A psicoterapia (sessão de terapia com psicóloga) é o momento em que o indivíduo pode se expor sem medo de ser julgado ou mal avaliado; também serve para um tempo desabafo, quando o paciente  poderá expor seus muitos medos, raivas, rancores, sonhos, desejos e traçar suas metas de vida.

◈ Psicoterapia:  como funciona a 1a. sessão.

Algumas pessoas que nunca passaram por consulta com psicólogos tendem a idealizar a consulta as vezes de forma negativa e isto causa bastante ansiedade.

Relaxe e venha. 

Traga para a Psicóloga apenas o que achar válido, afinal o momento é seu. O Psicólogo é um ego auxiliar, alguém que vai te ajudar a pensar nas questões da tua vida.

A primeira Consulta psicológica dura de 30 a 50 minutos, tempo que o paciente tem para expor seus pensamentos, suas dúvidas, seus anseios, suas dores, etc.

Se você nunca passou na psicóloga e gostaria de passar agende uma consulta psicológica gratuita

◈ A primeira sessão.  O que falar ?

Se você percebeu que realmente precisa de terapia;agendou sua consulta e está esperando pelo dia do atendimento, relaxe: as pessoas costumam sair destes encontros com Psicólogos melhores do que entraram.

Geralmente as pessoas falam sobre si mesmas, sobre o que as aflige neste momento da vida e os gatilhos que a fizeram buscar psicoterapia....

◈ O dia D.

Não precisa ter medo não.

Na primeira sessão de Terapia Infantil, Adultos e Casal as pessoas geralmente não sabem o que falar, nem como falar, nem mesmo se devem falar coisas muito íntimas e dolorosas. 

A dica aqui é: fale somente o que tiver vontade, no momento em que se sentir confortável.

Quando a pessoa se fechar, eu prefiro respeitar, deixando claro que pode retomar o assunto quando se sentir a vontade. (isso é bem raro, mas...)

Eu procuro acolher as pessoas com leveza (independente de quem for). 

Pergunto apenas, nome, idade, profissão (se houver), escolaridade e o que aflige a pessoa.

Deste ponto em diante, as pessoas costumam desabafar bastante!

É comum contarem parte de sua história de vida, suas conquistas, mencionar as injustiças sofridas, e o que fizeram  (e ainda fazem) pra lidar com isso...

Também é comum guardarem para si algumas passagens. Não há o menor problema.

Alguns mencionam as pessoas que amam, perguntam como lidar com situações angustiantes.

Algumas pessoas fazem listas de coisas que acham relevantes; ou uma cronologia da própria história.

Há quem faça perguntas: sobre mim, minha formação, e até mesmo sobre minha vida particular (eu não vejo problema em responder algumas, que não interferem no atendimento do paciente).


É normal que algumas pessoas chorem aqui, afinal estão passando a vida a limpo e relembrando antigas dores.

E naturalmente há quem prefira não falar nada. Eu tento conversar até onde o paciente permitir. 

Mas todas as pessoas têm um objetivo na terapia: tornar-se uma pessoa melhor, mais desenvolvida afetivamente, mais assertiva, mais segura, mais rica em repertório de atitudes, mais decididas, enfim, mais fortalecidas.

Mas claro que isso é espontâneo. 
Cada um deve falar o que quiser.

Ressaltando que o paciente é sempre a prioridade nos atendimentos. Sempre.

◈ Ambiente sigiloso

Porém,  sempre peço ao pacientes que  não se antecipem tanto com relação ao horário.
Entendo que estejam ansiosos pela consulta, mas não tenho como antecipar horário, nem atender mais cedo, exceto em raras exceções.

E por questões de sigilo e segurança de todos, não há sala de espera disponível  (justamente pra garantir o sigilo dos atendimentos. Pense o quão desconfortável seria se você estivesse falando sobre seus problemas sabendo que há alguém na sala de espera!!).

Então relaxe!

Se chegar mais cedo, a região tem bastante lugar pra tomar um café; meu saguão tem uma galeria gigante para as pessoas esperarem.

E faltando apenas 5 minutos, você pode tocar o interfone (105). 
Qualquer dúvida, é só entrar em contato.

◈ Abordagem

Na Terapia Infantil, Adultos e Casal a abordagem que eu utilizo é a psicologia cognitivo comportamental, aplicada de forma mais humanizada.

pois trata-se do foco em resultados, considerando  potencial humano; onde o paciente determina a direção e a velocidade dos atendimentos psicológicos; não há pressão do psicólogo; não há nenhuma situação que exponha o paciente de forma desconfortável ou que ele seja obrigado a falar coisas que não quer,ou que não tem vontade ou que seja muito muito dolorosa, afinal tudo tem seu tempo.....
Experimente uma atendimento mais humanizado, não importa se é Terapia Infantil, Adultos e Casal,  agende sua consulta Gratuita  no consultório de psicologia Vila Mariana, São Paulo.

Ok, mas pra que serve a Terapia?

O Objetivo do meu trabalho é acolher a queixa, proporcionando um momento de desabafo e reflexão, para que o paciente saia sentindo-se melhor do que quando entrou.


Aqui é o lugar onde a história de vida é passada a limpo; onde vamos jogar fora tudo aquilo que não serve mais e construir um novo ser humano, com base nas qualidades, na capacidade de mudança de cada um.


O psicólogo hoje tem uma função mais ativa na sociedade.

É um profissional que oferece ajuda emocional, afetiva e racional; que ajuda as pessoas a entenderem seus medos, suas raivas, seu stress cotidiano; que ensina a expressar sentimentos como amor, raiva, indignação; que ampara na hora da dor; que motiva; que mostra ao outro suas potencialidades, convertendo defeitos em qualidades, medo em coragem, tristeza em alegria, raiva em amor.

Terapia para adultos

Neste momento, as pessoas se colocam de maneira autêntica, uma vez que a terapia não tem caráter de julgamento, ou seja, eu (psicóloga) não faço juízo de valores; aqui não existe preconceitos ou exclusão, diferenciação por idade, classe social, etnia, etc. 

Todas as pessoas são valorizadas como seres humanos e suas dores são tratadas com todo respeito que merecem.  Muitas pessoas têm vergonha de falar sobre si mesmas. Eu costumo respeitar e espero o tempo que for necessário para que a pessoa consiga se abrir. Sem pressa, sem pressão!

Terapia infantil

*Psicologa Bradesco Saúde*,  *Psicologa Amil*,  *Psicologa Sulamérica*,  *Psicologa Allianz*,  *Psicologo Vila Mariana*  Psicologa Barata, Psicologa Experiente, tratamento ansiedade, depressão, dificuldade de relacionamento, psicologo consulta , *psicologia online*, terapia matrimonial, *psicologo online*, psicologia consulta, psicologia on line, psicoterapia online, psicoterapia infantil, terapia para casal, paginas de psicologia, sites de psicologia, psicologia virtual, psicologo sp, site psicologia, terapia psicologica online, psicologia sp, psicologo barato, clinicas de psicologia em sp, psicologos em sp, psicoterapia de casal, psicologos sao paulo, site psicologo, aconselhamento de casal,


Objetivos: Proporcionar à criança condições para que compreenda suas emoções, suas dificuldades e adquiria repertório comportamental adequado às suas necessidades de conforto psicológico, nos diversos contextos: família, escola e sociedade.




Terapia de Casal: Terapia de Casal:


Objetivos: Auxiliar o casal a compreender sua dinâmica de funcionamento, os pontos de embaraços afetivos (relações confluentes); desenvolver em cada um a compreensão acerca de si mesmo e do outro, dentro e fora da relação.


Quando  procurar terapia?

Quando sentir que precisa de um empurrãozinho emocional, ou seja, quando não estiver conseguindo lidar sozinho (a) com algumas coisas. Geralmente as pessoas procuram terapia quando:

Psicologa Maris V Botari

Comentários

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Postagens mais visitadas deste blog

A dificuldade em mostrar sentimento

O que é a dificuldade de relacionamento?

Psicóloga que atende convênio Bradesco

Diferença entre: atração, desejo, paixão e amor.

Preço | Reembolso |Terapia

09 dicas de psicólogos para identificar relacionamentos abusivos

A síndrome do Super-Herói

A ♥ romantização do trabalho

Carência afetiva: o que é e como lidar?

Emoções ruins são contagiosas. Entenda o motivo.