Pular para o conteúdo principal

Pensamentos distorcidos: o que são e como evitá-los.


Na Psicologia, aqueles pensamentos errados que temos a respeito das pessoas, do mundo, do futuro e de nós mesmos são conhecidos como Distorções cognitivas.

*psicóloga Bradesco*ESTAS DISTORÇÕES geralmente são erros de sensação, percepção e memória, que influenciam na maneira de pensar e agir, tanto negativamente, como positivamente, geralmente trazendo conflitos de relacionamento familiar ou social.


As distorções mais frequentes são:

  • Catastrofização

No senso comum é conhecido como "tempestade em copo d'água". Não é porque um detalhe de um projeto saiu errado, que o projeto está perdido! Se o outro não retornou a ligação não significa que o relacionamento está totalmente abalado.

  • Pensamento "tudo ou nada" 

Na prática isto significa que não há um meio-termo na compreensão dos fatos. Por exemplo: se um indivíduo passa por outro e sorri, está "dando mole"; se não sorri é antipático, grosseiro, etc... Se uma moça está um pouco acima do peso é considerada "obesa", "fora de forma"; se está abaixo "está com algum problema de saúde", etc.

  • Adivinhação

Esta distorção geralmente começa com a frase "Eu sei o que você está pensando". Felizmente ninguém pode adivinhar o pensamento do outro. Podemos ter a habilidade de perceber os sentimentos alheios somente se o outro demonstrar de forma observável. A ciência ainda não comprovou que o pensamento textual é passível de leitura externa.

  • Raciocínio Emocional

Embora este "método" seja amplamente divulgado pelas mídias, trata-se de uma distorção.

Um exemplo clássico de erros cometidos quando se adota esta tipo de raciocínio são as cenas de ciúme infundado. Imagine que um rapaz vê sua namorada conversando com um belo colega na saída do trabalho. 

Certamente ficará com ciúme. 

Porém, o fato de ter sentido ciúme não significa que há algum envolvimento entre os dois; pode ser um simples bate papo.

Isto ocorre porque aprendemos erroneamente que "certos comportamentos são indícios de algumas intenções". Isto não é verdade o que leva muitas pessoas a cometerem injustiças, as vezes irreparáveis.

  • Generalização

Este erro psicológico de cognição é um dos mais frequentes; cometemos sem pensar muitas vezes ao dia: por exemplo:


  • "Choveu muito e alagou a cidade inteira"; 
  • "Tudo está muito caro", 
  • "Ela pensa em comer"; 


Salvo em algumas exceções, estas palavras indicam a ampliação de uma informação, que pode levar a enganos verdadeiros.

Por exemplo: Ao dizer que "Choveu muito e alagou a cidade inteira", ao invés de "Existem alguns pontos de alagamentos", pode levar alguns indivíduos a acreditarem que não devem sair de casa, e com isto deixar de fazer coisas importantes,

Outro exemplo frequente:
"Tudo o que é barato demais não presta";

Sabe-se que na prática não é bem assim: basta andar um pouco para encontrar verdadeiras ofertas de bons produtos, que os comerciantes colocam a venda pro diversas razões.

  • Rotulação:

É uma espécie de generalização categorizada. Trata-se de uma linguagem típica de pessoas desinformadas, ou mal-intencionadas. Na nossa prática clínica, podemos citar como exemplos as auto-rotulações:


  • "Sou bipolar porque acordo alegre e fico triste a noite";
  • "Tenho TOC porque nunca piso na lajota preta"
  • "Estou em depressão porque chorei muito vendo o filme"
  • "Estou de TPM porque perdi a paciência com a secretária"
  • "Meu filho tem TDAH, porque não pára quieto"

Estas rotulações, as vezes servem como mecanismos de defesa. Pergunte ao seu terapeuta sobre isto...

  • Personalização

Tendência a atribuir a si os eventos ruins:

  • "Ela me abandonou porque eu sou feio"
  • "Ninguém gosta de mim porque minha roupa é velha"

ou eventos bons


  • "a festa ficou mais animada depois que eu cheguei"
  • "sua vida sem mim não tem sentido"
  • "o grupo só funciona bem porque eu dito as regras"

  • Baixa tolerância à frustração.

Embora muitos não acreditem, é possível suportar o que parece insuportável. Muitos de nós já atravessamos situações difíceis, que parecia impossível superar... e estamos aqui!


Existem outros tipos de distorções cognitivas. 

Este post foi apenas uma "pincelada sobre o assunto", para ajudar a compreender um pouco sobre as diversas formas de pensar que nos levam a cometer enganos, deslizes e perder ótimas oportunidades.




Convido você a agendar uma consulta Gratuita psicológica  gratuita, vir conhecer meu trabalho como  Psicóloga em SP  e Psicoterapeuta. Venha conversar um pouco sobre você. Terei prazer em ouvi-lo(a)
Pelo link da agenda online
 Agenda OnLine

Por Whatsapp
(11-99984-9910)

Por Email

Endereço
Rua Domingos de Moraes, 770
Bloco 01 - Sala 05 - Sobreloja (SL)
Metrô Ana Rosa - Vila Mariana
Horário de atendimento
Seg-sex: 7:00 - 23:00
Sábado: 7:00 - 21:00

Sou 
Psicóloga online, ou seja, tenho credenciamento do CRP-SP para realizar terapia  online





Psicoterapia é para pessoas que como você, buscam uma *reforma interior

Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, saiba que a Psicoterapia (realizada por psicólogos credenciados) pode ajudar bastante na compreensão de problemas emocionais como este. 

Psicóloga Clínica em São Paulo, Sp, Vila Mariana. Psicóloga Bradesco| Psicóloga Amil | Psicóloga Sulamérica | Reembolso. Terapia Infantil | Terapia de Casal | Terapia Individual | Terapia Familiar

Quando sentir que precisa de um empurrãozinho emocional, ou seja, quando não estiver conseguindo lidar sozinho (a) com algumas coisas. Geralmente as pessoas procuram terapia quando:




·            Preço acessível de Terapia
o   Convênios

·         Tratamento para


o   Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, saiba que a Psicoterapia (realizada por psicólogos credenciados) pode ajudar bastante na compreensão de problemas emocionais como este. 

o   Se você nunca passou por psicólogos, ou por algum motivo precisou interromper sua *psicoterapia, e sente que precisa de ajuda emocional, para lidar com ansiedade depressão, fobias, pânicos, Transtorno de personalidade, entre em contato.



ansiedade e depressão,ansiedade e estresse,ansiedade e medo,ansiedade e nervosismo,ansiedade e preocupação,ansiedade e stress,ansiedade e terapia cognitivo comportamental,ansiedade e toc,ansiedade e transtorno de ansiedade,ansiedade é um transtorno,ansiedade é um transtorno mental,ansiedade em excesso,ansiedade emocional,ansiedade estresse,ansiedade estresse e depressão,ansiedade excessiva,ansiedade extrema,ansiedade forte,ansiedade generalizada,ansiedade generalizada causas,ansiedade generalizada tratamento,ansiedade gera depressão,ansiedade leva a depressão,ansiedade leve,ansiedade medo,ansiedade na terapia cognitivo comportamental,

Nunca Passou na Psicóloga?

Você nunca passou na Psicóloga? Se gostaria de passar, fique tranquilo porque é normal que você tenha muitas dúvidas.

Algumas pessoas que nunca passaram por consulta com psicólogos tendem a idealizar a consulta as vezes de forma negativa e isto causa bastante ansiedade.

Relaxe e venha. Traga para a Psicóloga apenas o que achar válido, afinal o momento é seu.

Se você nunca passou na psicóloga e gostaria de passar agende uma consulta psicológica



Destaques

Como encontrar o psicólogo certo ❖ Psicologa Vila Mariana SP

Como encontrar o psicólogo certo Where to begin  How to Find the Right Therapist For You Escrito port Esther Perel Texto original: https://estherperel.com/blog/how-to-find-the-right-therapist-for-you A auto-entrevista Responda a estas perguntas primeiro. Por que terapia e por que agora? Em que você gostaria de trabalhar? Qual é o resultado desejado? O que você está preparado para fazer para alcançar esse objetivo? O que você espera do seu terapeuta? Quais foram as suas experiências em terapia até agora e o que foi útil? O que não foi? Quais são as lições que você aprendeu? Seja terapia individual, de casal ou familiar, o tipo de terapeuta que eu sempre recomendo é aquele que é desafiador e direto, mas não julga; tem a mente aberta e está disposta a permitir que as pessoas explorem opções na vida muito diferentes das suas. Alguém que não se apressa em diagnosticar e patologizar, e que tem um profundo entendimento dos meandros da intimidad

ARTIGOS SOBRE RELACIONAMENTOS

Textos sobre relacionamentos, namoro, casamento, sentimentos e emoção, escritos pela Psicóloga Maris V Botari


07 dicas para a relação amorosa dar certo.

08 fatores que dificultam uma relação

09 formas de estragar um relacionamento.

09 sinais que o amor acabou

11 passos para identificar Relacionamentos abusivos

A blindagem contra apego

A dificuldade de relacionamento

A dificuldade em mostrar sentimento

Abra-se ao amor sem medo de ser feliz

Amor = Paixão + intimidade + comprometimento

Amor correspondido - Amor não correspondido

Amor custa caro

Amor desgastado: quando a relação afetiva está desigual

Amor Patológico - Amor doente

Amor sem limites

Apegados e Desapegados:

As emoções são contagiantes

Como agem as pessoas apaixonadas?

Como conquistar um amor

Como esquecer alguém?

Como manter um relacionamento saudável

De quem é a culpa pelo fracasso da relação?

Diferença entre: atração, desejo, paixão e amor.

Declarações de Amor

Dificuldade nos relacionamentos afetivos

Infidelidade no amor: como lidar e superar

Não brinque com o sentimento alheio

Não carregue uma culpa que não é sua

Não Idealize

O amor correspondido

Os Amores do Passado

Pessoas com dificuldade de relacionamento

Pessoas românticas

Por que algumas "ficadas" não se transformam em namoro?

Por que dizer "EU TE AMO" é tão difícil

Porque algumas pessoas se apegam demais enquanto outras não conseguem se apegar a nada?

Quando o amor termina

Reconciliações

Você sabe amar?

Você sabe dar e receber afeto?

Você tem medo de amar?


    Postagens mais visitadas

    Você precisa de terapia?


    Existem algumas regras para saber se você precisa ou não de terapia:

    Todos precisamos de terapia. Porém não precisa ser a todo momento. Existem situações que é possível atravessar sozinho(a), mas em outras a ajuda emocional oferecida por um psicólogo pode ser muito bem vinda.

    • Quando a ansiedade, o estresse, a depressão, ou a dificuldade de relacionamento estiverem provocando muitos danos emocionais;
    • Quando você estiver perdido em seus pensamentos, sem conseguir achar uma direção, uma resposta para sua vida;
    • Quando o medo estiver maior que a coragem de enfrentar as dificuldades;
    • Quando estiver com vergonha de ser quem você é;
    • Quando a dor da for muito insuportável;
    • Quando seu sono, seu apetite e seu desejo sexual estiver comprometidos;
    • Quando você for vítima de abuso psicológico....
    • Sim, Talvez seja a hora de buscar Terapia.
    Leia mais sobre Terapia