O que é Psicoterapia?


O que é Psicoterapia?Hoje eu vou explicar a você O que é Psicoterapia?


Refere-se ao trabalho do Psicólogo Clínico, que atua dentro de uma clínica de psicologia. É uma terapia oferecida por um  Psicoterapeuta. Comumente, usamos algumas abordagens para realizar nossos atendimentos:

A psicoterapia (sessão de terapia com psicóloga) é o momento em que o indivíduo pode se expor sem medo de ser julgado ou mal avaliado; também serve para um tempo desabafo, quando o paciente  poderá expor seus muitos medos, raivas, rancores, sonhos, desejos e traçar suas metas de vida.

·         Psicanálise – Refere-se ao estudo do Inconsciente do indivíduo. O atendimento em psicanálise é dado por um Psicanalista, dentro de seu consultório de psicanálise. Geralmente conduzida por PSICÓLOGOS com formação em PSICANÁLISE.

·     Terapia cognitivo comportamental – Modelo de terapia aplicada por um psicólogo com formação em TCC, que visa tratar de distorções de pensamentos, comportamentos e crenças. Ideal para tratamento de Ansiedade e depressão.

·     Humanista-Existencial. Método focado no acolhimento e aceitação incondicional. Saiba mais

 Como o psicólogo pode conduzir a Psicoterapia?


“O Psicólogo É um profissional que oferece ajuda emocional, afetiva e racional; que ajuda as pessoas a entenderem seus medos, suas raivas, seu stress cotidiano; que ensina a expressar sentimentos como amor, raiva, indignação; que ampara na hora da dor; que motiva; que mostra ao outro suas potencialidades, convertendo defeitos em qualidades, medo em coragem, tristeza em alegria, raiva em amor”

O que a Psicoterapia pode oferecer?



A terapia pode ajudar na: Superação de término de relacionamento, ciúme patológico, amor patológico, dificuldade de relacionamento, Ansiedade crônica, Depressão leve moderada ou grave, Necessidade de aceitação, Baixa autoestima, Lidar com sentimento de culpa.

Pode ensinar a Manter um relacionamento felizLidar com perdas, abandonos e solidão, problemas no trabalho, Carência afetiva, Dependência emocional e afetiva, Desmotivação, Estresse, estafa, Dificuldade de comunicação, Dificuldade em tomar decisões, Dificuldade de relacionamento, lidar com Problemas conjugais, Dificuldade de demonstrar Sentimentos reprimidos, Dificuldades sexuais, Estresse no trabalho, Identificar relacionamentos abusivos , sentimento crônico de vazio, insônia, pensamentos obsessivos, ideação suicida, comportamento de automutilação, transtorno de personalidade: Bipolar, Borderline, Esquiva, Paranóide, TDAH

Quando alguém busca psicoterapia, geralmente o faz por sentir algum desconforto emocional (depressão, ansiedade, medo) e apresentar comportamentos excessivos ou deficitários, como por exemplo: comer demais, dormir pouco, dificuldades de concentração, sudorese, palpitações, etc.

Leia também: 10 motivos para fazer Psicoterapia 



Quando a terapia funciona: como saber


Em tese, a psicoterapia que "funciona" seria aquela que possibilita a remissão destes sintomas.  Mas como chegar a  este fim?

Existem diversas abordagens psicológicas, dentro da psicologia clínica, como se fossem diversos caminhos para levar a um destino (as linhas de base são: Psicanálise, Gestalt, Comportamental). Todas têm demonstrado eficácia científica, e todas têm evoluído e sofrido modificações ao longo dos anos. 

Sendo assim, não se pode dizer que a psicoterapia que "funciona" seja esta ou aquela abordagem, mas sim, aquela que leva o indivíduo a se sentir melhor consigo mesmo e com o seu meio social.


Quanto tempo leva para a Psicoterapia apresentar resultados?

Depende.

Depende da demanda, do psicólogo, do paciente, da frequência, do interesse do psicólogo e do paciente, do engajamento e comprometimento de todos.

Na Psicoterapia breve, os resultados costumam aparecer rápido, porém aqui nós trabalhamos com um problema de cada vez. 

Nas Psicoterapias mais longas (psicanálise) os resultados demoram para aparecer, porém todos os assuntos são abordados e analisados.
  

Qual o resultado da Psicoterapia

Aquele paciente que na semana passada tinha dúvidas sobre determinadas decisões, na sessão seguinte estava mais determinado; aquele outro que estava cheio de certezas, agora parece estar carregado de dúvidas e conflitos. Lágrimas se transformam em sorrisos e vice-versa a cada nova sessão.

Novos sentimentos surgem de corações que eram (supostamente) áridos; a coragem parece brotar como flores que nasceram no asfalto; sentimentos inconfessáveis têm passagem livre dentro do consultório de psicoterapia; certezas absolutas dão lugar à dúvidas; e dúvidas dão lugar a novas dúvidas.

Pressupostos, preconceitos e paradigmas construídos ao longo de toda uma existência, são implodidos à medida em que o indivíduo entra em contato consigo mesmo e consegue compreender que é um indivíduo inteiro, cheio de vontades, desejos e tendências e deste modo pode criar novos pressupostos e paradigmas. 

Ganhos secundários da Psicoterapia


As crenças sobre si mesmo vão se modificando... as pessoas tendem a ampliar a compreensão acerca de si mesmas, trocando a frase "EU SOU", por "EU ESTOU". 


Portanto, é comum que deixem de lado aquela visão de ser-doente, para adotar uma visão que se renova a cada dia.

Quando a psicoterapia funciona, as pessoas tendem a modificar suas crenças, controlar seus comportamentos e pensar de maneira funcional e questionadora;   Passam enxergar suas qualidades, melhorando sua autoestima;aprendem a tomar as próprias decisões e expor sentimentos.


Não se contaminam pelas emoções ruins do ambientedizem Não aos relacionamentos abusivos;     Desenvolvem a capacidade de reversibilidade adquirem coragem para enfrentar novos riscos;      Ampliam a capacidade de organização cognitiva e tendem a levar uma vida mais organizada, obedecendo o SEU CONCEITO de organização.

 
·                     Desenvolvem as habilidades sociais e tendem a cultivar relações sociais melhores, pois compreendem o que o outro está sentindo, minimizando as dificuldades de relacionamentos;

·                     Não deixam de ter sentimentos ruins,(como inveja, ciúme,raiva e medo) mas compreendem o que eles significam.

·                     Autorizam-se a mudar. Dão se ao luxo de mudar de opinião no momento em que bem entender, afinal, estão ampliando seu senso crítico e retirando as máscaras;

·                     Respeitam o outro, pois a necessidade de aceitação agora não é "Gênero de primeira necessidade", portanto entendem quando o outro pensa diferente e não se sente ameaçado por isso.

·                     Conseguem lidar com as Perdas, abandonos e solidão de forma madura. Na prática isto significa dar-se ao luxo de sentir saudade, de chorar e expressar seu sofrimento da forma que achar adequada, pois compreende que todo sofrimento um dia chega ao fim. Mas enquanto o fim não chega, ele não deve ser ignorado.

·                     Não vive em busca de um "Sentido para a existência", pois aprendeu que a vida deve ser vivida momento-a-momento, e não como uma novela. 

·                     Entende que há uma explicação para tudo, mas não se importa se não descobrir qual é a verdadeira. 

·                     Supera-se a dependência afetiva, pois aprendeu que não devemos nos anular por amor; na verdade, o afeto serve para construir, para dar qualidade às relações e não para escravizar.

·                     Aprendem que o verdadeiro perdão é aquele que proporciona a serenidade, não o esquecimento.


Portanto, a psicoterapia que funciona não é milagrosa; é fruto de muita reflexão tanto da parte do terapeuta, quanto do paciente.




Convido você a agendar uma consulta Gratuita psicológica  gratuita, vir conhecer meu trabalho como  Psicóloga em SP  e Psicoterapeuta. Venha conversar um pouco sobre você. Terei prazer em ouvi-lo(a)
Pelo link da agenda online
 Agenda OnLine

Por Whatsapp
(11-99984-9910)

Por Email

Endereço
Rua Domingos de Moraes, 770
Bloco 01 - Sala 05 - Sobreloja (SL)
Metrô Ana Rosa - Vila Mariana
Horário de atendimento
Seg-sex: 7:00 - 23:00
Sábado: 7:00 - 21:00

Sou 
Psicóloga online, ou seja, tenho credenciamento do CRP-SP para realizar terapia  online
Outros Sites de Psicologia


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carência afetiva: o que é e como lidar?

O normal e o patológico

A dificuldade em mostrar sentimento

Pessoas românticas

O que é Inveja e como se manifesta

Como lidar com o rompimento de uma relação afetiva

Devemos nos importar com o que pensam a nosso respeito?

Psicóloga em SP

Amor Idealizado: Será que você é amado (a) de verdade?

Terapia de Casal: