Psicoterapia social ●


Psicóloga Acessível: 
Psicoterapia social

O Objetivo da Psicoterapia acessível é promover o acesso à psicoterapia para todas as pessoas que atendem um ou mais destes critérios:

  1. Oriundos de família cuja renda familiar não ultrapasse 02 salários mínimos;
  2. Estejam em projetos de Jovem aprendiz;
  3. Tenham mais de 65 anos;
  4. Tenham encaminhamento para Psicoterapia com CID 10 f.33 ou 41 emitida por médico do sistema público de saúde;
  5. Tenham encaminhamento para Psicoterapia emitido por alguma clínica-escola universitária;
  6. Sejam estudantes universitários bolsistas, que se beneficiaram do PROUNI.
  7. Sejam estudantes de Psicologia.
obs.: O agendamento fica sujeito à comprovação destes critérios de admissão.

Condições:
  1. O pagamento deverá ser feito a cada 04 sessões;
  2. O Preço do atendimento social consta na tabela de preços.
  3. Os atendimentos deverão ocorrer sempre com horário agendado;
  4. Em caso de 02 cancelamentos consecutivos, o cliente perderá o direito ao Preço social;
  5. Não poderão ser atendidos nesta modalidade membros da mesma família;
O que NÃO pode ser atendido na modalidade "Social"

  • Laudos e avaliações Psicológicas;
  • Atendimentos emergenciais;
  • Qualquer serviço que precise ser realizado fora do consultório.
O inciso "V" do Código de Ética do Psicólogo, afirma que devemos promover a universalização do acesso da população aos serviços da profissão. 
Sendo assim, nosso objetivo promover acesso à psicoterapia deste serviço importante para a saúde mental.


Preço de Psicólogo em são paulo. Terapia para crianças, adultos, casais. Preço acessível.


◈ Público alvo:

  • Pessoas acima de 10 anos de idade. (Menores de 18 anos devem pedir aos responsáveis que façam o agendamento).
  • Não é necessário ter um diagnóstico.

◈ Modalidades de atendimento:

  • Terapia Presencial
  • Terapia online

◈ Abordagens

  • Cognitivo-Comportamental
  • Humanista
  • Psicanálise
  • Neuropsicologia
  • Psicopedagogia

◈ Duração e frequência:

  • Todas as sessões de Terapia tem duração máxima de 50 minutos.
  • Todas as sessões de Terapia ocorrem com horário previamente agendado.
  • O processo Psicoterápico pode durar o tempo que o paciente entender necessário.

  • Psicoterapia "social":Trata-se de uma proposta que tem como objetivo democratizar o acesso aos atendimentos psicológicos.
  • O inciso "V" do Código de Ética do Psicólogo, afirma que devemos promover a universalização do acesso da população aos serviços da profissão. 

Orientação da COF

Desejo ofertar atendimento social. A que devo estar atenta(o)?

Sobre o atendimento social orienta-se a leitura da Nota Técnica CRP-PR 001-2018. Esta nota apresenta orientações às(aos) profissionais de Psicologia que se propõem a oferecer seus serviços a um público em processo de exclusão social por fatores socioeconômicos ou em situação de vulnerabilidade e risco, primando pela saúde e bem-estar psicológico destas pessoas. 

Conforme estabelece trecho da Nota Técnica CRP-PR 001/2018“Compreendemos que a(o) Psicóloga(o), ao divulgar seus serviços nos diversos meios de comunicação existentes (jornais, revistas, TV, rádio, panfletos, sites, plataformas eletrônicas, mídias sociais, etc.), irá direcioná-la ao público em questão e não poderá ofertar “cupons” de desconto, realizar promoções ou utilizar termos como: preço acessível, custo social, vaga social, desconto, gratuito, valores diferenciados, valores reduzidos, etc., ou utilizar frases e termos que façam referência ao valor do serviço, caracterizando-se por concorrência desleal. Divulgações com tais termos são contrárias ao exposto no Código de Ética e, assim, são compreendidas como infrações éticas. Como consequência, seus responsáveis estarão sujeitos às medidas cabíveis.”

Ressalta-se ainda que, na prestação de atendimentos sociais, a(o) Psicóloga(o) não está dispensada(o) de cumprir as exigências formais e legais do seu exercício profissional. A Comissão de Orientação e Fiscalização (COF) do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) enfatiza que a(o) Psicóloga(o) deve assegurar, por exemplo:

  • a qualidade do serviço independente de valor acordado (Art. 4º, c, do CEPP);
  • que não se deve prestar serviços visando ao benefício pessoal (Art. 1º, d, do CEPP);
  • que existe a necessidade de conhecer a realidade em que atuará como Psicóloga(o) (Princípio VII, do CEPP);
  • que é necessário posicionar-se sobre essa realidade, não sendo conivente com práticas incompatíveis com o CEPP (Art. 3º, c) e, também, incompatíveis com a garantia de direitos dos usuários do serviço.

Orientamos que a(o) profissional reflita se a oferta e realização do serviço está de acordo com os seguintes trechos do CEPP:

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS

III. O psicólogo atuará com responsabilidade social, analisando crítica e historicamente a realidade política, econômica, social e cultural.









 Psicóloga Maris V. Botari,

 Psicóloga Credenciada do CRP-SP

Objetivos: Missão, Visão e Valores






Comentários

Terapia informações

Agende sua sessão com a Psicóloga SP Acolhimento Humanzado

Postagens recentes