psicologa sp , Psicóloga perto de mim, consulta com psicologa, psicologa preço, psicologa valor, psicóloga preço, psicólogo valores, consulta psicólogo valor, psicólogo preço, psicologa perto de mim,psicologo perto de mim, Psicóloga perto de mim, psicólogo presencial sp, psicóloga São Paulo, psicólogo consulta, psicólogo zona sul sp, Psicólogo Zona Leste sp, melhores psicólogos de sp, Psicóloga Av. Paulista, Indicação de Psicóloga SP, poderá agendar uma consulta com psicologa presencial.

Mecanismos de defesa nas relações afetivas

Mecanismos de defesa nas relações afetivas


Mecanismos de defesa nas relações afetivas



Quando as pessoas se apaixonam, tendem a perder parcialmente o senso crítico, construindo realidades ilusórias. 

É comum, também, que os apaixonados "camuflem" seus verdadeiros sentimentos, uma vez que correm o risco de não serem correspondidos.

Para lidar com esta situação, é comum  blindar-se contra o apego usando mecanismo de defesas, propostos por Anna Freud (2006). Vamos analisar cada um deles:

Repressão


 ato de reprimir os pensamentos perturbadores para o inconsciente, evitando contato.
A repressão da paixão pode ocorrer evitando manter o pensamento na pessoa alvo.

Formação reativa 

 comportamento ou pensamento oposto à pulsão inconsciente.
Encontrar ou ampliar os defeitos do outro, para justificar uma rejeição consciente.

Projeção - atribuídos a outras pessoas sentimentos e comportamentos teus:
Imaginar que o outro esteja sentindo o mesmo que você sente, ou se comportando de forma a te atingir, pois você certamente está se comportando para atingi-lo de alguma forma.

Regressão - 

esperar gratificação que ocorriam em fases anteriores do desenvolvimento.
A vitimização pode ser considerada um claro exemplo de regressão: uma pessoa apaixonada pode tentar expor sua fragilidade, apara despertar o desejo de ser cuidado pelo outro.

Racionalização. 

Buscar explicação racional para justificar pulsões inaceitáveis do ego. 
Os indivíduos tendem a racionalizar quando estão apaixonados, criando “desculpas” plausíveis para evitar a vinculação. Podemos citar como exemplo, as barreiras levantadas pela diferença de classe social, de educação, cultura etc.

Negação.

 Negar-se a perceber o que ocorre a sua volta, perdendo algum contato com a realidade.
Nas situações de apaixonamento, percebe-se a presença deste mecanismo quando o indivíduo não consegue ler adequadamente os sinais emitidos pela outra parte, ou fantasiando em excesso a situação, ignorando sinais importantes.

Deslocamento.

 Substituição consciente de um pensamento/comportamento por outro.
Na presença da pessoa amada, você demonstra interesse por outra pessoa, com o intuito de despertar alguma reação de ciúme que demonstre que ele(ela) também sente algo por você.

Anulação. 


Cancelamento da experiência prévia e desagradável.
Este mecanismo pode explicar porque é tão difícil fazer declarações de amor, pois a dor da rejeição pode ser insuportável. Sendo assim, o indivíduo passa a anular suas pulsões para não ter de lidar com a possibilidade de rejeição.

Introjeção.


 Adotar características da personalidade de outras pessoas.

Os apaixonados assimilam muito rapidamente as características da pessoa desejada, e para agradá-las é possível que passem a pensar e se comportar de maneira similar, a fim de se tornarem desejáveis.

Sublimação. Canalização das pulsões afetivas/sexuais para fins mais nobres e socialmente aceitos.

Este mecanismo pode levar as pessoas apaixonadas a praticarem o bem, fazer caridade ou se engajarem em atividades voluntárias.

Estas defesas (chamadas popularmente de “joguinhos” no senso comum”) podem ter custo bem alto: a outra parte pode interpretar de forma literal estes comportamentos de esquiva como uma rejeição, assimilar esta mensagem contraditória como verdadeira, e perder a coragem para investir na relação.

Se você já vivenciou uma situação parecida, fica uma dica: tente se aproximar novamente, sem jogos, de forma franca e honesta, demonstrando seu real interesse. 

Pode ser que ainda exista afeto suficiente para dar um "gás" na relação. 

Mas se não houver, o jeito é desapegar-se e seguir em frente, afinal, existem muitas pessoas precisando vivenciar uma relação de apego, de forma transparente, sem “joguinhos”


FREUD, ANNA. O Ego e Os Mecanismos de Defesa. Porto Alegre. Ed. ArtMed; 2006


Se você, ou alguém muito especial está  passando por momentos dolorosos, sentindo-se incompreendido(a), em busca de apoio emocional, a Psicóloga sp Maristela convida para iniciar uma terapia ou continuar um tratamento psicológico.

Missão, Visão e Valores Éticos da Psicóloga  Missão: oferecer um espaço seguro e confidencial para que seus clientes possam explorar seus pensamentos, emoções e comportamentos, e trabalhar em direção a uma vida mais saudável e satisfatória. Visão: Sua abordagem é adaptada às necessidades e objetivos específicos de cada cliente, com foco em ajudá-los a superar desafios emocionais, psicológicos e comportamentais. Valores: Acredita que a psicoterapia é uma ferramenta valiosa para aprimorar o autoconhecimento e o bem-estar, e estou comprometido em fornecer um ambiente de apoio, empatia e compreensão para cada pessoa que busque seus serviços.

Como agendar uma consulta com a Psicóloga em São Paulo, SP .

Quero cuidar da minha saúde mental 

Para agendar sua consulta com a Psicóloga e receber acolhimento humanizado, você pode optar pela Psicóloga online ou presencial.
Clique nos botões abaixo.
 
psicologa sp, Psicóloga SP, psicóloga perto de mim. Psicóloga em São Paulo, Psicóloga online,  psicóloga preço, consulta com psicóloga, Psicóloga Bela vista, psicólogo zona sul sp, psicólogo centro sp, psicólogo online, psicólogos em são Paulo, Psicologo SP.


Caso a agenda não mostre um horàrio adequado às suas necessidades, entre em contato e agende direto com a Psicóloga sp.

WhatsApp - (11) 95091-1931- Email: contato@psicologa-sp.com.br
Agende consulta psicológica . psicologa, psicologa preço, consulta com psicologa valor, psicologa sp, psicologa perto de mim, psicologa online, psicologa presencial, Psicóloga Bela Vista, Psicólogos perto de mim, 

Quem leu estes artigos, se interessou por: