Psicóloga sp Bradesco Amil Sulamérica São Paulo Término de relacionamento. Por que a superação é tão difícil? Pular para o conteúdo principal

Término de relacionamento. Por que a superação é tão difícil?

O rompimento das relações afetivas provoca sofrimento comparado ao luto: falta de ar insônia, palpitações, taquicardia, são sintomas que tendem a surgir quando um indivíduo é rejeitado.

El fuego me recorre el cuerpo- el dolor de amarte. El dolor me recorre el cuerpo con las llamas del amor que siento por ti. La enfermedad del amor por ti me inunda el cuerpo. El dolor es como un furúnculo a punto de explotar de mi amor por ti. Consumido por el fuego de mi amor por ti. Recuerdo lo que me dijiste. Pienso en tu amor por mí. Me desgarra tu amor por mí. Dolor y más dolor. ¿Dónde te vas con mi amor? Me dicen que te irás de aquí. Me dicen que me abandonarás. Mi cuerpo está entumecido de dolor. Recuerda lo que te he dicho, mi amor. Adiós, mi amor, adiós". (Fisher, p. 11).

Mas porque isto ocorre?


O amor é articulado com as funções cerebrais por meio de dois hormônios que respondem pela estimulação sexual: a vasopressina nos homens e a ocitocina, nas mulheres. Estas substâncias favorecem a formação do vínculo e do apego. 

A dopamina também está presente neste processo, respondendo pela sensação de bem estar, quando um organismo tem contato com estímulos agradáveis (no caso, com a pessoa desejada). A medida em que o relacionamento avança, esta “tempestade hormonal” cede lugar ás endorfinas, proporcionando um sentimento de bem estar mais sereno e duradouro.
consulta psicológica, psicologa, agendamento de consulta, preços de terapia, psicoterapia, atendimento, psicoterapico,psicoterapia, psicologa, psicologo, psicanalista, gestalt, terapia cognitivo comportamental, testes, avaliações, quanto custa consulta, atendimento, psicologico, psico, estresse, psicologa, tratamento, convenio,  terapia de casais,depressao, estresse, ajuda emocional, convenio psicologico, marcar consulta, sao paulo psicologa, preco de consulta, valor da consulta psicologa,primeira consulta psicologica gratis, terapia, psicoterapia, psicologia, tratamento para depressao, tratamento para ansiedade, dificuldade de relacionamento, termino de namoro, divórcio termino de casaento, como superar o termino de namoro, crianças, adultos, idosos, casais, grupos, palestras, estresse, obesidade, ciúme, amor, namoro, casamento, sexo, sexualidade, luto, patologia tratamento, clinica de psicologia, consultorio psicologia, convenio psicologa, consultorio psicologigo vila mariana, bradesco saude, amil, unimed, golden cross, reembolso, omnit, psicologa na vila mariana, psicologa que atende amil em Sp, psicóloga que atende saúde bradesco em sp, Psicologa que atende Sul America em Sp
Pesquisas recentes apontam que o cérebro das pessoas muito apaixonadas funciona da mesma forma que o dos pacientes com TOC (transtorno obsessivo-compulsivo), e isto justifica a atenção concentrada, os pensamentos intrusivos, os comportamentos obsessivos e o aumento dos interesses no ser amado, em detrimento de outros interesses, pois há um notório declínio do senso crítico (funções superiores), o que justifica as famosas “loucuras de amor”.  


Desta forma, o (a) apaixonado (a) tende a se concentrar somente no lado bom da relação da relação, ignorando não só os defeitos do parceiro, como também, pequenos sinais de que já não é mais correspondido.

Seguindo esta linha de raciocínio, fica mais fácil compreender porque o sofrimento é intenso quando há uma ruptura. Fisher (2004), esclarece que nestas circunstâncias o cérebro passa a produzir mais ocitocina, vasopressina, endorfinas etc, levando o indivíduo a buscar o seu objeto de amor perdido.  Este é um grande paradoxo: como esquecer alguém quando o cérebro está produzindo substâncias que favorecem a união? É um grande desafio.


De acordo com Walter Riso:

Primeiro deve aprender a superar os medos que se escondem por trás do apego irracional, melhorar a autoeficácia, levantar a autoestima e o autorespeito, desenvolver estratégias para a resolução de problemas e para ter maior autocontrole. E tudo isso você deverá fazer sem deixar de sentir o que sente por ele. Por isso é tão difícil. Repito, o viciado deve deixar de consumir, mesmo que seu organismo não queira fazê-lo. Deve lutar contra o impulso porque sabe que não lhe convém. Mas enquanto luta e persevera, o apetite está ali, quieto e pungente, flutuando em seu ser e disposto a atacar. Não se pode chegar agora ao desamor, isso chegará depois. Além disso, quando começar a ficar independente, descobrirá que aquele sentimento não era amor, mas uma forma de vício psicológico. Não há outro caminho, deve se libertar dele sentindo que o ama, mas que ele não lhe convém.  (Riso, p. 33)



As fases do rompimento:
Fisher (2004) categoriza o rompimento em 2 fases:


1.       Protesto:


Um indivíduo apaixonado tende a prestar atenção nas minúcias do comportamento alheio. Deste modo, os mais sutis movimentos que indicam um distanciamento provocam uma enorme ansiedade, levando o apaixonado a emitir comportamentos de protesto. Podemos inserir nesta categoria: o aumento de envio de mensagens; a mudança na aparência física, o adoecimento (real ou imaginário), encontros forçados, visitas surpresas, etc. 


Tudo isto (e outros tantos comportamentos) indicam uma tendência de chamar a atenção do outro, buscando a reaproximação. Isto ocorre porque o aumento de dopamina e norapinefrina no cérebro geram a motivação para buscar recompensas.

consulta psicológica, psicologa, agendamento de consulta, preços de terapia, psicoterapia, atendimento, psicoterapico,psicoterapia, psicologa, psicologo, psicanalista, gestalt, terapia cognitivo comportamental, testes, avaliações, quanto custa consulta, atendimento, psicologico, psico, estresse, psicologa, tratamento, convenio,  terapia de casais,depressao, estresse, ajuda emocional, convenio psicologico, marcar consulta, sao paulo psicologa, preco de consulta, valor da consulta psicologa,primeira consulta psicologica gratis, terapia, psicoterapia, psicologia, tratamento para depressao, tratamento para ansiedade, dificuldade de relacionamento, termino de namoro, divórcio termino de casaento, como superar o termino de namoro, crianças, adultos, idosos, casais, grupos, palestras, estresse, obesidade, ciúme, amor, namoro, casamento, sexo, sexualidade, luto, patologia tratamento, clinica de psicologia, consultorio psicologia, convenio psicologa, consultorio psicologigo vila mariana, bradesco saude, amil, unimed, golden cross, reembolso, omnit, psicologa na vila mariana, psicologa que atende amil em Sp, psicóloga que atende saúde bradesco em sp, Psicologa que atende Sul America em Sp

2.       Resignação
Uma vez que os esforços neurológicos, psicológicos e comportamentais foram insuficientes para resgatar o objeto da paixão, o organismo “se cansa”, afinal houve um enorme desgaste do corpo no sentido de promover uma reaproximação. Os níveis de dopamina e norapinefrina caem, causando estado depressivo. Por isso, esta fase é marcada por muita tristeza, angústia e desespero. É comum que o indivíduo abandonado alimente pensamentos catastróficos, imaginando que sua vida não tem mais sentido; perdendo as forças para trabalhar, estudar e produzir normalmente; pode haver comprometimento do sono e do apetite.
Fisher (2004) salienta que:
La depresión también pudo impulsar a nuestros antepasados humanos a abandonar empresas sin futuro y adoptar estrategias más eficaces para alcanzar sus objetivos, especialmente objetivos reproductivos como el de casarse (p.193)

É importante que nesta fase haja vigilância redobrada, pois há uma tendência em beber excessivamente, usar drogas, ou pensar em suicídio. Cuidado! Caso esteja se envolvendo em comportamentos destrutivos, procure ajuda de pessoas próximas, de médicos ou psicólogos.

Esta fase é dolorosa. Mas passa. Não vale a pena estragar sua vida!




Conclusão:

É preciso reunir forças para atravessar esta fase dolorosa, evitando prejuízos de ordem profissional ou social. Mesmos contra a sua vontade, é importante se esforçar para levar uma vida normal, praticando esportes, se encontrando com amigos ou pessoas queridas, para reduzir o tempo de sofrimento.

Deste modo, você poderá recuperar a crença em si mesmo, de que é uma pessoa que merece receber amor, e assim, há de se preparar para conhecer outras pessoas, que, assim como você, estão procurando alguém que as ame. 
Siga em frente.


Referências:
FISHER, Helen. Porque Amamos? Madri, Santillana ed., 2004.


RISO, WALTER. Amar ou Depender.

❖Psicóloga sp São Paulo

O que se deve esperar de um Psicólogo❖Psicologa SP

O que se deve esperar de um Psicólogo? Neste artigo pretende descrever sobre a abrangência e os limites da atuação do Psicólogo, e esclarecer o que é permitido e proibido pelo nosso código de ética, bem como pela nossa postura.


O que faz um Psicólogo
Existe no senso comum uma imagem da nossa profissão, que as vezes, parece romantizada demais. Somos profissionais, com arcabouço técnico teórico, com 05 anos de faculdade, voltados para a compreensão do ser humano. 





De acordo com código de ética do Psicólogo:

CONSIDERANDO que toda a ação da(o) psicóloga(o) demanda um raciocínio psicológico, caracterizado por uma atitude avaliativa, compreensiva, integradora e contínua, que deve orientar a atuação nos diferentes campos da Psicologia e estar relacionado ao contexto que origina a demanda. (Fonte: Diário Oficial da União)

Como o Psicólogo vê o clienteEmbora a relação terapêutica traga embutida uma relação de proximidade, esta é unilateral, e deve sempre vir do paciente para o Psicólogo, nunca o co…

❖Psicóloga sp São Paulo ❖

Psicóloga que atende convênio Bradesco

Psicóloga que atende convênio: Bradesco
Psicóloga que atende convênio Bradesco: Atendimento da Psicóloga por meio do convênio do Bradesco Saúde.

Observe que Psicoterapia é um investimento no seu bem-estar emocional: trata-se de um momento na semana onde você poderá por suas ideais em ordem e pensar sobre um monte de coisas que o seu tempo não permite.


O Atendimento da Psicóloga pelo convênio do Bradesco Saúde é feito por reembolso. O que é reembolso de Psicólogos?É a restituição financeira das despesas médicas e hospitalares, garantida pela LEI da LIVRE ESCOLHA, Atualizada no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde RN Nº 428, DE 7 DE NOVEMBRO DE 2017 (Veja Subseção II, Do Plano Ambulatorial).
Portanto, não há necessidade de gastar duas vezes com o mesmo tipo de atendimento.

Como funciona a Consulta com Psicólogos?
Primeira Consulta (Gratuita - Sem compromisso).
Agende aqui sua consulta Gratuita
Descubra o que acontece na primeira sessão de terapia
Neste atendimento, o paciente expõe os moti…

A dificuldade em mostrar sentimento

Porque algumas pessoas têm dificuldade em demonstrar sentimento? Observe que demonstração de afeto não é (e nunca foi) prova de amor, nem tampouco, a afetividade. São coisas distintas.

Nem sempre  exageros românticos refletem sentimentos, e a premissa contrária é verdadeira.
Existem pessoas que conseguem expressar aquilo que sentem por meio de outros comportamentos, como por exemplo, a busca pela proximidade, a relação de cuidado e preocupação, etc.
No entanto, algumas não conseguem demonstrar de forma alguma. Por mais que alguém tente mobilizá-lo, não conseguem sair da "bolha da indiferença". A questão que se levanta é:
Porque estas pessoas não demonstram o que sentem?
A resposta para esta questão é bastante ampla e praticamente inconclusiva. Mas vale o exercício de reflexão.
1 - Ausência de sentimento
Em muitos casos, o indivíduo não demonstra porque realmente não sente afeto passional pelo parceiro, mas consegue demonstrar carinho com atitudes educadas. 

Nestes casos, o "Bom…

Como lidar com o rompimento de uma relação afetiva

Como lidar com o rompimento de uma relação afetiva


Perder alguém que amamos é uma das piores dores que um indivíduo pode sentir. Neste tópico tratarei apenas dos vínculos afetivos que envolvem romances (namoros, noivados, casamentos).




É possível sobreviver ao término de um relacionamento, embora isto seja extremamente penoso nos primeiros dias. É preciso muita força de vontade para reconhecer que o jogo terminou e a necessidade de seguir adiante.
O primeiro passo é reconhecer que o relacionamento teve um fim, o que é bastante difícil pois é preciso considerar que a afetividade envolve as três dimensões do nosso ser: biológica (mecanismos cerebrais), psíquica (pensamentos e crenças) social (família e amigos).  Deste modo é preciso lidar com a ruptura de forma gradual, sem tentar esquecer de forma abrupta (tentativas de automutilação), ou usando mecanismos de esquiva (festas, baladas, viagens).
É necessário começar aos poucos o processo de desligamento apagando aos poucos as marcas do outro…

❖Psicologa sp Clínica em São Paulo, Sp, Vila Mariana.














Psicóloga Clínica em São Paulo, Sp, Vila Mariana.

Psicóloga Bradesco| Psicóloga Amil | Psicóloga Sulamérica | Reembolso

Terapia Infantil | Terapia de Casal | Terapia Individual

Agende sua consulta Gratuita

O que esperar de um Psicólogo

Para você que quer faz Psicoterapia, ou ainda não começou e não sabe exatamente o que esperar do psicólogo, aqui vão algumas dicas.


O Psicólogo é um profissional que vai te acolher com brandura, sem que isso seja pesado para o paciente psicológico


Plano de saúde cobre psicólogo

Informações sobre atendimento Psicológico por meio de Plano de Saúde (Bradesco Saúde, Amil, Sulamérica, Intermédica Notredame)

Como a Psicoterapia pode ajudar

Saiba de que forma a psicoterapia pode te ajudar: Favorecendo o autoconhecimento; diminuindo a ansiedade, controlando e tratando os sintomas da depressão

Quanto custa consulta Psicológica?

O valor cobrado por uma sessão de Psicoterapia em são Paulo, é uma média do preço praticado na cidade de São Paulo, mais precisamente, na zona sul de sp.

Os preços são fracionados de acordo com a duração de cada sessão, para que todos as pessoas tenham acesso aos atendimentos

Terapia cognitivo comportamental

A Terapia Cognitivo Comportamental é um modelo de tratamento psicológico de curta duração e efeitos mais rápidos, pois busca tratar um problema de cada vez. Indicada para casos de depressão, ansiedade, dificuldade de relacionamento, estresse e para quem quer perder peso.

Psicóloga Clínica em São Paulo, Sp, Vila Mariana.| Psicóloga Bradesco | Psicóloga Amil | Psicóloga Sulamérica em sp


Como a Terapia pode te ajudar:




Psicologa Sp, São Paulo, Vila Mariana.

Busque terapia se estiver precisando de ajuda emocional. Os Psicólogos podem oferecer formas de tratar a ansiedade e a depressão, além de ajudar a lidar com término de relacionamentos, ajudar você a compreender melhor a si mesmo(A), os outros e a existência.




Tratamentos Psicológicos ❖Psicologa Sp, São Paulo, Vila Mariana.Se você está buscando *indicação de bons psicólogos em São Paulo* Certamente, procura por uma *psicóloga * que acolha sua queixa, que seja compreensiva, interativa, e responsável. Se chegou aqui, certamente quer agendar uma *sessão de psicoterapia*, ou uma *avaliação psicológica*.



Pode ser que queira apenas conhecer *bons psicólogos* e *agendar uma consulta psicológica gratuita* sem compromisso. SE você procura por *Psicóloga na Vila Mariana, próxima ao Metrô Ana Rosa*, convido você a vir conhecer meu trabalho de perto.



A Primeira sessão sempre é gratuita.É possível atender como *psicóloga pelo convênio Bradesco Saúde Amil Sulamérica* e conseguir um reembolso justo dos valores pagos. Os preços são flexíveis e acessíveis para todas as pessoas, pois a ideia é que ninguém fique sem *atendimento psicológico em 2020*


Em que a Psicoterapia pode ajudar?

Desenvolvimento pessoal ❖Psicologa Sp, São Paulo, Vila Mariana.

Auto estima, Baixa auto estima, autoconhecimento, desenvolvimento das habilidades sociais, gostar mais de si mesmo; Dificuldade de se expressar corretamente, insegurança, indecisão, auto cobrança excessiva e instabilidade emocional, lidar com sentimento de culpa, Dificuldade de comunicação,

Avaliação Psicológica ❖Psicologa Sp, São Paulo, Vila Mariana

Avaliações Psicólogicas para fins específicos: Cirurgia Bariátrica; dificuldade de aprendizagem, etc.


Transtornos afetivos ❖Psicologa Sp, São Paulo, Vila Mariana.

Dependência amorosa, Carência afetiva, luto patológico, ciúme doentio, inveja doentia, Superação de término de relacionamento, Dificuldade de demonstrar Sentimentos reprimidos, Dificuldade de relacionamento, Lidar com perdas, abandonos e solidão,Identificar relacionamentos abusivos


Transtornos de Aprendizagem

Especialista em Transtorno de Aprendizagem; tratamento para Dificuldade de aprendizagem; dificuldade de atenção e concentração.

Traumas

Tratamento para medo de dirigir, de falar em público, de voar em avião, etc.

Especialista TSTP – Transtorno do stress pós traumático, traumas, medos, desconforto emocional.

Especialista Síndrome do pânico e fobias específicas.


Transtornos Alimentares

Tratamento para Bulimia, anorexia, comer comnpulsivamente;

Especialista em Anorexia

Especialista em Bulimia

Especialista em Compulsão alimentar

Avaliação para cirurgia bariátrica


Transtornos do humor

Tratamento para depressão leve, moderada e grave

Tratamento para Transtorno da Ansiedade Generalizada (TAG), e ansiedades específicas.

Especialista em Depressão

Especialista em Síndrome do Pânico

Especialista em Transtorno de Ansiedade

Especialista em Transtorno Obsessivo Compulsivo

Depressão leve moderada ou grave, Ansiedade crônica,

Transtornos do sono

Tratamento para Insônia, Hipersonia, pesadelos recorrentes, sonambulismo.

Vícios

Vício em celulares, jogos, alimento,etc.

Dependência química

Terapia de Casal

Especialista em relacionamento de casais:

Problemas conjugais,

Lidar com traição, ciúme, inveja, gastos excessivos, dificuldade de relacionamento com familiares, educação dos filhos, alinhamento de interesses conjugais, divergências sexuais, Manter um relacionamento feliz, término de relacionamento,

etc.

Transtorno de Personalidade

transtorno de personalidade: Bipolar, Borderline, Esquiva, Paranóide, TDAH


Problemas relacionados à vida profissional

problemas no trabalho,, Estresse, abusos psicológicos no trabalho, ulo, Vila Mariana.

Orientação vocacional e profissional

Desenvolvimento, escolha ou mudança da carreira, preparação aposentaria