Redes Sociais

É possível mudar o outro?

 Psicologa bradesco, reembolso, psicólogo, psicóloga saúde bradesco sp, psicóloga sul américa Sp, psicóloga amil sp, psicóloga saúde bradesco sp, psicóloga allianz sp, por reembolso, psicoterapia, primeira consulta grátis, crianças, adultos, casal, vila mariana, são Paulo.

Modificação de comportamento, pensamento e atitudes

É possível mudar o outro?


Será que é possível mudar o comportamento alheio?
Alguns teóricos afirmam que sim, basta apenas reforçar suas boas condutas, evitando o confronto direto, a discussão infrutífera. De fato, a psicologia tem mostrado (ao longo destes quase 160 anos de existência enquanto ciência independente), que as técnicas de modificação de comportamento via reforçamento positivo/negativo funcionam, levando em conta alguns critérios, mas exigem uma dose diária de paciência.

Promover a modificação do comportamento alheio trás uma exigência sem possibilidade de negociação: é precisar mudar o próprio comportamento.

"Mas, se o outro está errado, porque eu tenho que mudar?"

É a pergunta que ouço sempre que menciono este assunto e merece esclarecimento: 

Modificar o comportamento não quer dizer que você tenha que ser uma pessoa 100% perfeita, pra "servir de exemplo", nem que seja culpado(a) pelo comportamento inadequado do outro. Muitas vezes, as tentativas de agradar o outro são tiros que "saem pela culatra", configurando-se como comportamentos precisam ser revistos, buscando suas causas e compreendendo suas consequências.

A modificação de comportamento exige modificação cognitiva, ou seja, uma reestruturação na forma de conceber o mundo e as pessoas; exige a ampliação da capacidade de abstração, de buscar soluções inteligentes para os problemas.

A primeira modificação que deve ser feita (com a ajuda de um psicólogo, ou psicoterapeuta, se possível) é abandonar as expectativas acerca das modificações do comportamento alheio. 

Alguns indivíduos esperam que o outro se ajuste ao seu modus vivendi e esquecem que o outro precisa de algum espaço. É o caso de algumas mães que exigem que suas filhas sejam perfeitas em tudo, apenas para satisfazer sua vaidade, levando as meninas a desenvolverem quadros psicopatológicos, como a anorexia, bulimia, etc.




A relação saudável passa obrigatoriamente pelo caminho da compreensão. Não estou dizendo que você deva aceitar os comportamentos desajustados do outro. Ao contrário, comportamentos que causam muitos problemas para o indivíduo e seu meio precisam ser modificados (como por exemplo, o alcoolismo, a drogadição, etc). A compreensão, neste sentido significa entender os motivos que levam o outro a agir daquela forma, evitando a crítica destrutiva e mantendo uma postura firme.

Firmeza não significa ser rude. Significa ser decidido.

Em casos menos graves, onde existe apenas uma "incompatibilidade comportamental" a alternativa é negociar soluções, evitando se impor ao outro. Por exemplo: seu marido quer jantar fora, mas você não quer sair hoje. Seria interessante colocar isso pra ele de forma honesta, e com bastante calma.

"Mas será que ele vai ouvir? Ele não me ouve nunca".
Você já tentou?
 Tente. Sem críticas. Com firmeza.

As relações perfeitas não existem. sempre haverá divergência sobre pequenos ou grandes detalhes: No entanto é útil aprender a ser assertivo para que seus direitos sejam respeitados e sem esperar mudanças súbitas no comportamento alheio.

Volto a repetir: para promover a modificação do comportamento alheio, você precisa mudar os seus.




Não Faça "Drama"

Quando uma situação adversa ocorre é natural que algumas pessoas se coloquem no lugar de vítimas inconsoláveis, olhando para a situação como se não houvesse saída.
Psicologa Bradesco| Psicóloga Amil | Psicóloga Sulamérica

Isto ocorre porque estes indivíduos não conseguem enxergar as possíveis soluções, pois certamente foram ensinados a olhar para as ocorrências ruins como insolúveis.

É bem verdade que algumas situações são irremediáveis. Porém a lamentação excessiva não a reverte, levando a uma sensação de desespero, difícil de elaborar.


Ao se deparar com uma situação desagradável, ao invés de lamentar, tente buscar possíveis soluções, considerando todos os ângulos possíveis e até mesmo buscando ajuda.




Pessoas com dificuldade de relacionamento

Pessoas com dificuldade de relacionamento

Por que existem algumas Pessoas com dificuldade de relacionamento social? Aquilo que para alguns é tão natural, para outras é um pesadelo.
consulta psicológica, psicologa, agendamento de consulta gratuita, preços de terapia, psicoterapia, atendimento, psicoterapico,psicoterapia, psicologa, psicologo, psicanalista, gestalt, terapia cognitivo comportamental, testes, avaliações, quanto custa consulta, atendimento, psicologico, psico, estresse, psicologa, tratamento, convenio,  terapia de casais,depressao, estresse, ajuda emocional, convenio psicologico, marcar consulta, sao paulo psicologa, preco de consulta, valor da consulta psicologa,primeira consulta psicologica gratis, terapia, psicoterapia, psicologia, tratamento para depressao, tratamento para ansiedade, dificuldade de relacionamento, crianças, adultos, idosos, casais, grupos, palestras, estresse, obesidade, ciúme, amor, namoro, casamento, sexo, sexualidade, luto, patologia tratamento, psicóloga allianz, psicólogo, allianz, psicóloga, allianz psicólogo saúde bradesco, psicóloga saúde porto seguro,  clinica de psicologia, consultorio psicologia, convenio psicologa, consultorio psicologigo vila mariana, bradesco saude, amil, unimed, golden cross, reembolso, omnit, psicologa na vila mariana, psicologa que atende amil em Sp, psicóloga que atende saúde bradesco em sp, Psicologa que atende Sul America em Sp


O tema não é fácil e abre diversas possibilidades de entendimento. 


A proposta aqui não é esgotar o assunto, mas ao contrário, buscar novas formas de entendimento sobre as Pessoas com dificuldade de relacionamento social



Alguns indivíduos preferem abster-se do convívio social, isolando-se ou buscando apenas relacionamento na internet, onde não precisam se expor com totalidade, podendo "deletar os indesejáveis" quando bem entender.

A dificuldade de relacionamento pode ser entendida de várias formas:


1.Dificuldades nos relacionamentos afetivos

Se um indivíduo apresenta dificuldades no momento de estabelecer contato ou aproximações, mas não em outros contextos, pode significar apenas uma forma leve de timidez se não houver prejuízos. 
Entretanto, se esta limitação impossibilita vivenciar situações gratificantes, é importante verificar quais são os aspectos da história do indivíduo que determinaram este comportamento de esquiva.

O conceito que um indivíduo tímido faz em relação a si mesmo geralmente é negativo-catastrófico, o que gera sentimento de rejeição e baixa autoestima. É comum ouvi-lo dizer:“Não tenho assunto”;“Sou feio(a)”;“Não sou inteligente”;“Sou rejeitado”;Sua visão de mundo é catastrófica: acredita que as coisas boas só acontecem aos outros, menos com ele. 

Não funciona muito exigir que se “solte mais”. Ele sabe disso melhor que qualquer um. Apenas não sabe exatamente como fazer isso.Dificuldade nos relacionamentos afetivos: Alguns indivíduos se queixam da dificuldade em encontrar o “par perfeito”, a “alma gêmea”, etc, e nesta busca enveredam por mil caminhos diferentes, percorrendo caminhos tortuosos.Não é uma busca fácil, porque a dificuldade não reside na busca especificamente, mas no ajustar-se ao outro. 

Algumas pessoas querem um parceiro prontinho, perfeitinho e de preferência embalado para presente.Considerando que as relações se estabelecem em função das gratificações que proporcionam, é natural que os indivíduos busquem se relacionar com pessoas que possam “preencher” suas necessidades mais elementares de afeto.

Abreu (2005) informa que a vinculação entre casais apresenta semelhanças com a vinculação infantil, salientando que:

a) da mesma forma que a criança, o adulto tende procurar seu parceiro nos momentos de grande ansiedade;

b) a imagem de seu cônjuge é associada à conforto e segurança (base segura);
c) a separação gera ansiedade, tanto na criança que se separa dos cuidadores, quanto no adulto que se separa do seu par. (p.149)

Naturalmente esta categorização é aproximada, pois é comum observar algumas crianças que tiveram uma infância dramática tornarem-se adultos confiantes e vice-versa.

Levine e Heller (2013) apontam que existem dois tipos de apego, os ansiosos e evitativos:Os tipos ansiosos geralmente exigem atenção e demonstração de afeto, a fim de que conseguirem a confirmação que são realmente amados. Entendem que uma relação seja como uma fogueira que deve ser cuidada para que não se extinga. Para quem se relaciona com indivíduos que se aproximam deste padrão de apego, os autores (op. cit.) sugerem que ofereçam a eles a base segura que lhes falta.

Porém isto nem sempre é fácil. Oferecer segurança a quem não adquiriu ao longo do desenvolvimento pode ser uma tarefa dolorosa, pois requer muita sabedoria. É necessário que haja um diálogo claro, onde as pessoas busquem conhecer suas necessidades afetivas e consigam equilibrar os ganhos e as perdas, evitando invasão. Nestes casos é fundamental que haja uma real compreensão dos motivos que levam um indivíduo a demonstrar ansiedade diante de eventos corriqueiros.

Os evitativos são o extremo oposto: querem garantir sua independência a qualquer custo. Segundo Levine e Heller (2013) isto não significa que eles não amem seu parceiro, apenas que precisam manter seu espaço preservado. Tais indivíduos geralmente não costumam partilhar seu afeto além daquilo que julgam adequando, pois temem que serão invadidos e terão sua individualidade comprometida. A melhor forma de se relacionar com estes indivíduos é oferecendo a eles o espaço necessário para viverem de forma autêntica.Mas isto também não é fácil! Afinal que se relaciona geralmente deseja compartilhar vivências e afetos.

 É importante que haja paciência e compreensão, para negociar com o parceiro evitante o espaço necessário para o relacionamento. Convém não forçá-lo a estabelecer relações mais íntimas do que podem oferecer, uma vez que esta atitude evitativa possivelmente foi adquirida ao longo do desenvolvimento. Por isso “forçar a barra” só vai fazer com que ele se afaste ainda mais.

No entanto, a sugestão que se faz para quem está com dificuldades de se relacionar com o ansioso ou com o evitante é que verifique prioritariamente as próprias necessidades afetivas e a disposição em negociar com pessoas diferentes e pouco dispostas a mudar. Se o relacionamento for gratificante, convém buscar apoio terapêutico para mediar os conflitos e ajustar as necessidades.

Apesar das diferenças pessoais, um relacionamento afetivo dar certo, mas é necessário que os pares se apropriem das suas diferenças, sem negá-las, assumindo defeitos e qualidades e mantendo sempre um diálogo aberto.




2.Dificuldades operacionais



São aquelas dificuldades que surgem quando o indivíduo não consegue, por exemplo, trabalhar em grupo, mas consegue se reunir com o mesmo grupo para uma comemoração.Isto pode estar relacionado ao perfeccionismo, ou falta de confiança básica no outro.



3.Dificuldades familiares


Alguns indivíduos se relacionam muito bem com os amigos, vizinhos, até mesmo com os estranhos, mas por algum motivo apresentam dificuldades de se relacionar com os familiares. Este tipo de dificuldade é muito comum.Isto pode ocorrer em função dos diferentes interesses dos familiares e das diferentes limitações que o contexto familiar impõe, em função dos hábitos adquiridos ao longo do tempo.

Aqui não há alternativa: todos devem se ajustar às diferentes demandas, respeitando os limites do outro. É fundamental que a comunicação seja clara.

4. Dificuldades gerais



Em alguns casos, a história de vida de alguns indivíduos aponta para ocorrências limitadoras durante a infância ou adolescência, levando-os a se sentirem "inferiores", ou "superiores" aos demais. Isto pode colaborar para que alguns indivíduos acumulem pequenas dificuldades para se relacionar e num dado momento percebem que não conseguem mais se relacionar de forma saudável em nenhum contexto.


Para modificar este quadro, é importante ressignificar a auto imagem, quebrar conceitos e preconceitos, desfazer ideias cristalizadas a respeito de si mesmo e do mundo, abrir-se ao outro, deixar de lado (na medida do possível) o medo da rejeição e o sentimento de superioridade, pois são barreiras que contribuem para o isolamento social, trazendo prejuízos em todas os contextos.




5. Variáveis sócio-históricasOutro ponto importante a considerar é o momento histórico que atravessamos: somos ensinados (através da mídia, principalmente) a temer e desconfiar de todos.Ensinaram-nos que:

  • O outro é um concorrente, não um semelhante; 
  • o outro é uma ameaça, não uma fonte de apoio;
  • o outro é diferente;
  • o outro é pior;
  • o outro é melhor;
  • o outro tem mais;
  • o outro tem menos;
  • etc.



Desta forma, vamos formando "classes" de pessoas com interesses parecidos.Ok. Até aqui, nada demais.




É tendência do ser humano se relacionar com seus pares, ou seja, aqueles que têm interesses em comum. A dificuldade surge justamente quando precisamos nos relacionar com o diferente. Como deixar de lado as diferenças e estabelecer relações saudáveis, se não formos ensinados? Como deixar de temer o diferente? Como confiar no outro? Bem, são questões difíceis e exigem muita reflexão. No entanto, alguns pontos devem ser observados:




 1º Compreender o que é um relacionamento - Relacionamentos são vias de mão dupla. É preciso disposição para compreender e se adaptar ao outro.




 2º) Romper as barreiras - Passar em revista seus valores e verifique se não é você que está rejeitando o mundo a sua volta. Algumas pessoas tendem a eliminar certos relacionamentos por medo de ser "contaminados" pelas ideias alheia e desta forma, perdem a chance de conhecer pessoas maravilhosas e viverem bons momentos. Se este não é seu caso, ótimo. Se for, verifique o que é melhor: conviver com suas ideias cristalizadas e na solidão ou abrir mão delas e estabelecer relacionamentos saudáveis?




3º Estar disponível: Bons amigos ou parceiros afetivos não caem do céu. Estas relações precisam ser cultivadas. Por isso é importante sair do ostracismo e demonstrar desejo de proximidade por meio de atitudes simples.


Se você convive com pessoas que têm dificuldade de relacionamento, saiba que a solução não é forçar o indivíduo a se relacionar, ao contrário, devem-se buscar os reais motivos que conduziram este indivíduo a esta situação de isolamento, portanto cuidado para não invadir o espaço da pessoa ao tentar ajudar. Pode ser que ela não queira a sua ajuda. Se precisar, com certeza pedirá.


Seja lá qual for o motivo que leva o indivíduo a não se expor, só podemos considerar como problemático o comportamento de esquiva que tiver trazendo sofrimento para o indivíduo. Nestes casos, sugiro que busque por apoio terapêutico.






Referências




ABREU, C. N. de. Tipos de apego: Fundamentos, Pesquisa e Implicações Clínicas. São Paulo. Casa do Psicólogo, 2005.

LEVINE, A; HELLER, R.S.F. Apegados: um guia prático para estabelecer relacionamentos românticos e duradouros. Ribeirão preto. Ed. Novo Conceito: 2013.



*psicóloga bradesco saúde*

Agendamento de 1ª consulta psicológica Gratuita
Whatsapp (11) 9-9984-9910

Email: psicologamaris@gmail.com



Egocentrismo e Individualismo


A metáfora "mundo" aqui deve ser entendida como o espaço que  cada um ocupa na sociedade e na família. Tais "mundos" são geralmente cercados por imposições sociais, barreiras, hábitos, regras e afetos.

Algumas pessoas vivem em um "mundo" tão seu, que perdem a noção do outro enquanto indivíduo. Trocando em miúdos, se tornam pessoas egocêntricas!

A charge a seguir ilustra bem o que pretendo dizer:


Traduzindo: o egocentrismo é uma forma de promover seu bem estar, em detrimento do bem estar alheio.

E por ser uma tendência crescente na sociedade, isto gera diversos problemas sociais, de relacionamento, afetivos, emocionais, etc., uma vez que todos temos necessidades que precisam ser supridas pelo outro. Pra dizer o mínimo: necessitamos de compreensão alheia em 90% dos casos, porém só a recebemos em menos de 10%.

Como conviver com pessoas egocêntricas?

Pode-se fazer uma tentativa de mostrar a ela que o outro também tem necessidades semelhantes as tuas, e que existem prioridades. Deve-se abrir a possibilidade de sensibilizar o egocêntrico, sem "bater de frente", pois o confronto neste caso é inútil.

Como sensibilizar o outro? Bem, falaremos disto adiante....

Abraços

Maris V. Botari
psicóloga Clínica
psicologamaris@gmail.com
(11) 999.84.9910-

Amores histéricos: quando a dificuldade de relacionamento chega na cama

Quem nunca sonhou com um "amor perfeito" que atire a primeira pedra! 



Psicologa bradesco sp,  Psicologo bradesco sp, psicóloga saúde bradesco sp, psicólogo saúde bradesco sp, Psicologa bradesco,  Psicologa bradesco Terapia de casal bradesco sp,  Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal bradesco,  Terapia de casal bradesco saúde sp, Psicologa convenio bradesco,  Psicologa convenio bradesco reembolso,   Psicologa Sulamerica sp,  Psicologo Sulamerica sp, psicóloga saúde Sulamerica sp, psicólogo saúde Sulamerica sp, Psicologa Sulamerica, Psicologa Sulamerica, psicóloga Sulamerica saúde sp,  psicólogo Sulamerica saúde sp, Psicologa Sul america sp,  Psicologo Sul america sp, psicóloga saúde Sul america sp, psicólogo saúde Sul america sp, Psicologa Sul america, Psicologa Sul america, psicóloga Sul america saúde sp,  psicólogo Sul america saúde sp, Psicologa convenio Sulamerica sp,  Psicologo convenio Sulamerica sp, psicóloga  convenio saúde Sulamerica sp, psicólogo  convenio  saúde Sulamerica sp, Psicologa convenio  Sulamerica, psicóloga  convenio Sulamerica saúde sp,  psicólogo  convenio Sulamerica saúde sp, Psicoterapia Sulamerica sp,  Psicoterapia saúde Sulamerica sp, Psicoterapia Sulamerica, Psicoterapia Sul america, sp Psicoterapia Sul america, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal Sul america sp,  Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america saúde sp, Terapia de casal convenio Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio  saúde Sulamerica sp, Terapia de casal convenio Sulamerica, Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso,    Psicoterapia Golden cross sp, Psicoterapia Golden cross,   Psicologa Golden cross sp,  Psicologo Golden cross sp, psicóloga convenio Golden cross   psicólogo convenio Golden cross Terapia de casal Golden cross sp,  Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross   Terapia de casal Golden cross reembolso,    Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, Psicóloga convenio Amil psicólogo convenio Amil, Psicoterapia Amil sp,  Psicoterapia Amil,   primeira consulta grátis, vila mariana, são Paulo,



Amores como nos filmes tornam-se, de algum modo ideais de relacionamento e tendem a influenciar os relacionamentos, pois retratam um universo onde os amantes buscam uma relação perfeita, onde todos os obstáculos são superados e tudo acaba bem. Porém, os personagens de filme (na maioria dos casos) não têm contas a pagar, nem obrigações a cumprir, nem prazos para entregar relatórios: vivem em função do objeto de seu amor. 

Na vida real as coisas são diferentes:
Psicologa bradesco sp,  Psicologo bradesco sp, psicóloga saúde bradesco sp, psicólogo saúde bradesco sp, Psicologa bradesco,  Psicologa bradesco Terapia de casal bradesco sp,  Terapia de casal saúde bradesco sp, Terapia de casal bradesco,  Terapia de casal bradesco saúde sp, Psicologa convenio bradesco,  Psicologa convenio bradesco reembolso,   Psicologa Sulamerica sp,  Psicologo Sulamerica sp, psicóloga saúde Sulamerica sp, psicólogo saúde Sulamerica sp, Psicologa Sulamerica, Psicologa Sulamerica, psicóloga Sulamerica saúde sp,  psicólogo Sulamerica saúde sp, Psicologa Sul america sp,  Psicologo Sul america sp, psicóloga saúde Sul america sp, psicólogo saúde Sul america sp, Psicologa Sul america, Psicologa Sul america, psicóloga Sul america saúde sp,  psicólogo Sul america saúde sp, Psicologa convenio Sulamerica sp,  Psicologo convenio Sulamerica sp, psicóloga  convenio saúde Sulamerica sp, psicólogo  convenio  saúde Sulamerica sp, Psicologa convenio  Sulamerica, psicóloga  convenio Sulamerica saúde sp,  psicólogo  convenio Sulamerica saúde sp, Psicoterapia Sulamerica sp,  Psicoterapia saúde Sulamerica sp, Psicoterapia Sulamerica, Psicoterapia Sul america, sp Psicoterapia Sul america, Terapia de casal Sulamerica sp,  Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal saúde Sulamerica sp, Terapia de casal Sulamerica, Terapia de casal Sulamerica saúde sp,  Terapia de casal Sul america sp,  Terapia de casal saúde Sul america sp, Terapia de casal Sul america, Terapia de casal Sul america saúde sp, Terapia de casal convenio Sulamerica sp, Terapia de casal  convenio  saúde Sulamerica sp, Terapia de casal convenio Sulamerica, Terapia de casal  convenio Sulamerica saúde sp, reembolso,    Psicoterapia Golden cross sp, Psicoterapia Golden cross,   Psicologa Golden cross sp,  Psicologo Golden cross sp, psicóloga convenio Golden cross   psicólogo convenio Golden cross Terapia de casal Golden cross sp,  Terapia de casal Golden cross sp, Terapia de casal Golden cross   Terapia de casal Golden cross reembolso,    Psicologa Amil sp,  Psicologo Amil sp, Psicóloga convenio Amil psicólogo convenio Amil, Psicoterapia Amil sp,  Psicoterapia Amil,   primeira consulta grátis, vila mariana, são Paulo,

Muitos indivíduos sonham com um amor que se aproxime do ideal de perfeição.

Quando pergunto as pessoas o que esperam de um relacionamento, as respostas são várias:

  • ter alguém para conversar, sair, viajar, compartilhar momentos bons, ter com quem contar nos piores momentos, vivenciar uma relação de cuidado mútuo, construir um futuro melhor, etc.
De certa forma, entendem que os amores dos filmes são impossíveis de vivenciar e concordam que sempre existe um ponto em que deverão ceder.


Mas quando um certo alguém muito especial aparece, a tendência a idealização surge novamente.... e isso levanta expectativas...que levam ao medo de não ser correspondido....que leva à cobrança...que leva ao desentendimento....que leva à  histeria....que leva ao fim....que leva à  frustração.

Psicóloga Bradesco, Psicóloga Golden Cross, Psicóloga Sulamerica, Psicóloga Amil, reembolso, Vila Mariana, sp, são Paulo, dificuldade de relacionamento, crianças, adultos, idosos, casais.
Fonte: http://www.angermanagementresource.com/Healing_Anger_Newsletter-love-anger-newsletter.html






Os amores histéricos

De modo geral, são aqueles que foram construídos encima de idealizações muito distantes da realidade, uma vez que as expectativas são surreais, pois exigem sacrifícios da outra parte, que nem sempre estará disposta a abrir mão de si mesma para satisfazer os ideais do outro.

A frustração ganha corpo a cada dia, e a raiva, que é a emoção eliciada nestes momentos, leva o indivíduo a emitir comportamentos de "luta ou fuga", podendo brigar para conseguir o que quer, ou fugindo de discussões infrutíferas, calando-se, e desenvolvendo reações de ansiedade e estresse agudo.

Este conjunto de reações é chamada de Histeria, que pode comprometer inclusive o desempenho sexual de um casal, pois as áreas cerebrais envolvidas na relação sexual são as mesmas que estão envolvidas na ansiedade


De acordo com os estudos da pesquisadora Helen Fisher (2006), a ansiedade aumentada inviabiliza a produção dos hormônios sexuais, o que prejudica a relação sexual.

O que fazer?

Manter as expectativas em níveis realistas seria um bom começo.
Compreender que o seu parceiro afetivo tem outras prioridades na vida também ajuda muito a diminuir ansiedade. 

Embora seja decepcionante saber que não somos prioridade na vida de alguém, isto é uma realidade e aceitar isto é bastante saudável. E ter outras prioridades, além do "grande amor" também é saudável.

As pessoas têm contas a pagar, relatórios a entregar, doenças a curar, ou seja, todos temos que lutar pela nossa sobrevivência neste mundo competitivo que estamos inseridos. As coisas boas da vida, como amar, passear, viajar se divertir vão deixando de ser prioridade e passando a segundo plano. Este Modus vivendi não é o ideal, mas é "o que temos pra hoje". Atualmente, se alguém tiver que escolher entre sua carreira e seu amor, certamente escolherá a carreira, justamente porque o nível de investimento é muito maior, e demanda tempo e dinheiro. Além disso, acredita-se que o retorno profissional é mais garantido que o retorno afetivo (embora isso seja questionável)  

O mesmo vale para assuntos religiosos: raramente alguém abrirá mão de suas crenças para se relacionar com alguém que não as aceita, porque a religiosidade ajuda a formar a personalidade e abrir mão significa reconstruir uma parte de si mesmo.

Aceitar que o parceiro afetivo tem limitações ajuda a diminuir as expectativas, o que diminui a cobrança, a ansiedade e o estresse, melhorando o desempenho afetivo e sexual. E assim, os momentos que o casal passa junto, podem até ser poucos, mas certamente serão mais intensos e inesquecíveis.



REFERÊNCIAS

FISHER, Helen. Porque Amamos São Paulo. Record E, 2006





07 dicas que seu amor é patológico

psicologa, sp, amil, bradesco, sulamerica, vila mariana, convenio reembolso, adultos, casais

07 SINAIS QUE SEU AMOR É PATOLÓGICO


Teoricamente, o amor é algo positivo, saudável que visa agregar qualidade de vida às pessoas, colaborando para o aumento do bem estar e da saúde física e mental.

É por meio deste sentimento que muitas coisas boas  são construídas.



Infelizmente, em nome deste sentimento,  muita destruição e tragédia ocorreram ao longo da história. Podemos citar como exemplo a Guerra de Tróia, que começou em função do fatídico amor de Paris pela bela Helena. 

É necessário esclarecer, primeiramente o que se entende por amor doente (ou neurótico). Para Fromm (1973) O amor neurótico é caracterizado pelas "falsas concepções do amor" que levam os indivíduos a desenvolver comportamentos compulsivos e pensamentos obsessivos, bem como relações de dependência.

Este amor neurótico começa quando um indivíduo coloca "a vida nas mãos de alguém", passando a se comportar em função do outro. Isto pode levar a um comprometimento da própria vida social, uma vez que em muitos casos, o indivíduo que "ama demais" tende a colocar a relação afetiva no centro de sua existência, como se nada mais existisse - lovecentrismo.

Para evitar esta armadilha é importante lembrar sempre que um relacionamento envolve mais de um indivíduo, com semelhanças e diferenças que devem ser respeitadas, portanto não é adequado deixar de viver de acordo com seus princípios para abraçar os princípios alheios. Isto não é amor, é dependência!

Esta dependência tem como desdobramentos: a ansiedade, o pensamento obsessivo e o ciúme patológico, que pode ser definido como manifestações desmedidas de controle sobre o outro. 

É caracterizada por alguns pensamentos distorcidos  e comportamentos  obsessivos característicos:

Pensamentos:


  1. De controle " Onde ele (ela) estará?"
  2. Leitura Mental: "Será que está pensando em mim"?;
  3. Insegurança: "Será que ele (ela) me ama de verdade?";
  4. Onipotência: " Tenho que fazer tudo o que posso para agradar";
  5. Leitura mental: "ele (ela) deve estar sentindo minha falta"; "não ligu porque eu fi
  6. Catastrófico: " eu morreria sem ele (ela)";
  7. Generalização: "ele (ela) é tudo pra mim", nunca mais vou amar ninguém assim", "sem ele (ela) nada mais tem sentido".

  • etc.


Comportamentos: 


  1. Vigiar o parceiro, aberta ou secretamente; seja fisicamente ou por meio das redes sociais;
  2. Exigir que o parceiro mantenha contato, mesmo quando isto é impossível;
  3. Mandar muitas mensagens via celular, mesmo sabendo que o outro não quer, ou não pode responder;
  4. Perder a capacidade de tomar iniciativas, delegando ao outro a tomada de decisões sobre sua própria vida;
  5. Mesmo quando a capacidade de tomada de decisões está preservada, estas são tomadas visando a proximidade e/ou o bem estar do outro;
  6. Abrir mão de seus interesses particulares para "viver somente para o outro";
  7. Disrtocer o que o parceiro (a parceira) fala e faz

Se você, ou alguém que você conhece vive este tipo de relação, é o momento de buscar ajuda psicológica, para aprender a amar com mais segurança, em busca de uma relação mais saudável, que possa ser vivenciada com mais alegria e segurança.


Referências


FROMM, Erich. A arte de amar. São Paulo. Martins Fontes. 1971

Maris V. Botari
Psicóloga Clínica




Quando você não consegue aceitar seu parceiro como ele é



 Quando você não consegue aceitar seu parceiro como ele é




Dizem por aí que o amor é um estado de leveza, que proporciona alegria, bem estar, colaborando para a melhoria da saúde emocional dos parceiros. O bem estar psicológico promovido pelos comportamentos afetivos favorece a manutenção da saúde física, ajuda no desenvolvimento social e profissional.



Porém, isto nem sempre acontece: em alguns casos, as relações afetivas se transformaram em "ringues", onde as trocas se transformaram em disputas, e a rivalidade entre os pares se faz presente em praticamente todos os momentos.



Em outros casos, há uma tendência em adaptar o parceiro (ou a parceira) ao seu modus vivenvi, ignorando sua singularidade.

Por exemplo: gostar da pessoa, mas exigir que não use certas roupas, ou desdenhar de seu corte de cabelo, pode ser interpretado como a não aceitação do outro. As adaptações exigidas podem ser consideradas tentativas de "enfiar o parceiro (ou a parceira) no leito de procusto"

O leito de procusto:
Na mitologia grega, Procusto era um ladrão que fazia suas vítimas deitarem em seu leito pequeno. Para que as pessoas coubessem em seu leito, cortava-lhe as pernas.




Tais tentativas de enlatar o outro, ocorrem por causa da intolerância ao que é diferente: é mais fácil mudar o outro que mudar a si mesmo.



Esta intolerância tem sua origem, em partes, nos meios de comunicação: algumas revistas ensinam a ter o corpo perfeito, levando-o, de forma inconsciente, a buscar um relacionamento com outro corpo perfeito. Ignora-se, neste caso, toda a subjetividade do outro.



Alguns livros de autoajuda, voltado para o público feminino, leva algumas mulheres a se mobilizarem na busca do homem ideal, fortalecendo a velha crença formada na infância, por meio dos contos de fadas: busca-se um príncipe, rejeita-se o sapo. Ora, será que ainda existem príncipes? Será que em algum momento existiram? Seriam espécies em extinção? 



Algumas novelas, filmes e seriados também colaboram para a construção e/ou manutenção do mito do "amor ideal", priorizando cenas que demonstram status, poder, beleza, sexualidade hiperativa, levando algumas pessoas a almejarem um romance em padrões parecidos.



Algumas músicas também ajudam a distorcer o objetivo dos relacionamentos, pois sugerem em suas letras comportamentos de apego exagerado e dependência afetiva, favorecendo e legitimando o surgimento de comportamentos de apego exagerado e/ou dominação. 



Outro ponto que merece destaque é a forma que os pares estabelecem contatos: o "bom dia, boa tarde, ou boa noite" via whatsapp é ótimo para demonstrar proximidade entre os pares, mas é péssimo quando se torna obrigação. Isto tem se transformado em motivo de desentendimento, pois quando um dos pares tem a tendência a dominar a relação, pode se sentir ultrajado quando seu "bom dia" não é respondido no mesmo momento.



O indivíduo com tendências dominadoras, possivelmente age desta forma por insegurança, uma vez que não consegue lidar com imprevisibilidade, faz com que tudo ocorra dentro de um padrão, gastando seu tempo em comportamentos de controle e levando a relação ao desgaste.




Deste modo, as relações afetivas vão se transformando em relações aflitivas, pesadas, carregadas de tensão, dor, sofrimento, chegando em alguns casos a se transformarem em relações patológicas de poder e dominação.


Sendo assim, é importante que  consiga manter o senso crítico, ampliando a compreensão sobre os possíveis motivos que te levam a emitir comportamentos de dominação, e os motivos que te levam a vivenciar uma relação de dominação.

É sempre útil questionar o que se ouve,  o que se vê, o que se lê. Evite comparar seu relacionamento com o de outras pessoas, pois cada um tem uma história de vida diferente, o que tonar os relacionamentos diferentes também.


Busque alternativas criativas para vivenciar relacionamentos felizes! Não se prenda a pequenos detalhes, busque vivenciar a relação intensamente, aceitando seu parceiro como ele é. Conviver com as diferenças nos ajuda a desenvolver a tolerância e a segurança.



Boa sorte! Sucesso no amor!










COSTA, Paulo José da. A loucura no leito de procusto. Psicol. estud.,  Maringá ,  v. 12, n. 3, p. 651-653, Dec.  2007 .   Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-73722007000300023&lng=en&nrm=iso>. access on  06  Dec.  2015.  http://dx.doi.org/10.1590/S1413-73722007000300023.

A necessidade de aceitação

A necessidade de aceitação



O que significa “ser aceito”?




*psicóloga Bradesco*


Aceitação consiste em acolher o outro da forma como ele se apresenta, com seus defeitos, qualidades e excentricidade, sem tentativas de modificá-lo para que satisfaça expectativas e se ajuste aos caprichos dos outros. Quando são aceitas de forma incondicional, as pessoas tendem a manifestar-se de forma mais autêntica, conseguindo desenvolver suas potencialidades (Rogers, 1981).



Embora seja desejável obter a aceitação externa, a aceitação não é condição sine qua non para a felicidade. É possível viver em paz, mesmo nos ambientes mais hostis, embora não seja fácil.


A busca pela aceitação ( de grupos sociais ou parceiros afetivos) pode levar a um certo desgaste nas relações, uma vez que para agradar ao outro,as vezes é necessário deixar de fazer algo por si. Em alguns casos, as pessoas se tornam infelizes, reprimindo sentimentos, pensamentos e comportamentos, o que pode levar eventualmente ao desajuste emocional e ao adoecimento psíquico. 


Existe um espaço vital, só nosso, onde cultivamos nossos sonhos, fantasias, alegrias, tristezas, sonhos. Este espaço é como um jardim, que deve ser regado, podado, cultivado incessantemente. Seria justo destruir este jardim para receber aceitação? 


Se o desejo de aceitação alheia for maior que a autoaceitação, é hora de rever alguns pontos importantes, questionando os motivos que levam a abrir mão da própria identidade. Devemos fazer concessões? Para que? Quais os ganhos? Quais as perdas? Como lidar com isso?



Conforme aponta Rogers, quando aceito, o indivíduo tende a crescer. Portanto, o bloqueio deste crescimento pode indicar falta de autoaceitação genuína. 


Naturalmente, devemos fazer algumas concessões para conviver em sociedade, mas existe uma longa distância entre fazer concessões para o bem-estar de todos e abrir mão de si mesmo (a). Mas quando o mal estar psicológico se instalar, é hora de rever certas atitudes! 




ROGERS, Carl. Tornar-se Pessoa. São Paulo: Martins Fontes, 1981.

Psicologa Bradesco

psicologa bradesco

Psicologa que atende convenio Bradesco Saude em São Paulo

Psicologa Saúde BradescoPsicologa Amil| Psicologa Sulamérica| Psicologa| Ansiedade, depressão e dificuldade de relacionamentos. (11)9.9984-9910.


Primeira 

consulta psicológica gratuita



O atendimento Psicologa Bradesco é feito por meio de reembolso.

Para saber mais clique aqui:  bradesco saude
O Reembolso é garantido pela LEI da LIVRE ESCOLHA (Agência Nacional de Saúde- ANS - Resolução 338 ). É direito do segurado realizar até 40 sessões de terapia por ano.


Habitualmente, atendo pacientes das seguintes seguradoras:

ALLIANZ, AMIL, BRADESCO SAÚDE, UNIMED, GOLDEN CROSS, SULAMERICA, PORTO SEGURO, PETROBRÁS, INTERMÉDICA-NOTRE-DAME, OMNIT.io Bradesco por reembolso, 


O que é reembolso?
É a restituição financeira ao segurado, das despesas médicas e hospitalares, por ele custeadas em atendimento particular.

Quanto tempo demora?
Em média 20 dias. Se a seguradora não cumprir o prazo,  o consumidor deve denunciá-la. A operadora também deve informar de modo claro qual é o valor a ser reembolsado. Se não o fizer, o consumidor pode exigir o reembolso integral das consultas.

Como funciona?
Primeira Consulta (Gratuita - Sem compromisso). Neste atendimento, o paciente expõe os motivos que o levaram a buscar ajuda emocional e juntos traçamos a metas do tratamento. Caso o paciente concorde, em fazer psicoterapia:

Emito um laudo solicitando o reembolso; Preencho a Guia de Solicitação de reembolso (cada convênio há um modelo diferente);Recolho os documentos necessários para dar entrada;Providencio o envio da documentação para o Serviço de convenio.

ia
consuo que é autoconhecimentoo que e neuropsicologia

A psicoterapia é uma forma de promover o bem estar afetivo para quem busca ajuda emocional.


O processo psicoterapico tem duração variada, dependendo da queixa e das formas que o paciente encontra de lidar com os conflitos.
O papel da psicologa ou psicologo é mostrar os possíveis caminhos

Atuo com terapia cognitivo comportamental, testes e avaliações
Oferecendo: 
  • tratamento para depressão
  • tratamento para ansiedade
  • tratamento para ataque de pânico
  • tratamento para fobias
  • tratamento para estresse (stress)
  • tratamento  para TOC
  • tratamento e acompanhamento para paciente bipolar
  • tratamento e acompanhamento para paciente borderline
  • tratamento e acompanhamento para esquizofrenico
  • dificuldade de relacionamentos, sexo, sexualidade, relações sexuais conturbadas, timidez excessiva, namoro complicado, noivado, medo de compromisso, dependencia afetiva
  • avaliação de personalidade
  • tratamento para dislexia
  • tratamento para TDAH
  • acompanhamento terapeutico
  • tratamentos psicoterapico para obesidade
  • problemas no casamento, ciúme patologico, traição conjugal, dificuldades financeiras, chegada de filhos
  • problemas de familia, luto, perda, abandono, desentendimentos entre pais e filhos,
  • medo de dirigir


Consulta particular

A primeira sessão de terapia é gratuita com duração de 50 minutos. As demais são negociadas de acordo com  orçamento do paciente. (Calculadas de acordo com a renda do paciente)


Pagamento Facilitado: 


Aceito cartões de Crédito e Débito




Atendimento psicologico social

Voltado para indivíduos que estão atravessando dificuldades financeiras (comprovadamente). 

Exemplos: Desempregos, nascimentos, morte, doença, divórcios, despejos, falências,   etc. Nestes casos, é possível pagar o valor mínimo da psicoterapia (R$ 45,00) durante seis meses. Após este prazo, o valor poderá ser negociado.

Os estudantes de Psicologia também pagam o valor Mínimo.

Convênios Psicológicos

Faço convenio com empresas, gremios, escolas, universidades e associações.


Psicologa bradesco, psicologo bradesco, psicoterapia bradsco, terapia de casal bradesco, psicologa bradesco saude em sp, psicolooga em sp, psicologa online, psicologa bradesco saude, psicologa saude bradesco em sp, psicologa bradesco em sp, psicologo bfradesco em sp, psicologo em sp, psicologo online, psicologo saude bradesco online, consulta psicológica, psicologa, agendamento de consulta, preços de terapia, psicoterapia, atendimento, psicoterapico,psicoterapia, psicologa, psicologo, psicanalista, gestalt, terapia cognitivo comportamental, testes, avaliações, quanto custa consulta, atendimento, psicologico, psico, estresse, psicologa, tratamento, convenio,  terapia de casais,depressao, estresse, ajuda emocional, convenio psicologico, marcar consulta, sao paulo psicologa, preco de consulta, valor da consulta psicologa,primeira consulta psicologica gratis, terapia, psicoterapia, psicologia, tratamento para depressao, tratamento para ansiedade, dificuldade de relacionamento, crianças, adultos, idosos, casais, grupos, palestras, estresse, obesidade, ciúme, amor, namoro, casamento, sexo, sexualidade, luto, patologia tratamento, clinica de psicologia, consultorio psicologia, convenio psicologa, consultorio psicologigo vila mariana, bradesco saude, amil, unimed, golden cross, reembolso, omnit, psicologa na vila , psicologa barata, psicologo barato, psicologo de baixo custo, psicologa de baixo custo psicologa vila mariana
PALAVRAS CHAVES
psicologo,psicólogo,psicóloga,psicologa,psicoterapia,psicoterapeuta, terapia,cognitiva,cognitivo,comportamental,psicanálise,gestalt, Psicanálise,  Psicoterapia Junguiana
Terapia individual, terapia de casal, família, crianças de qualquer idade a terceira idade.
Psicólogos especializados em diversas abordagens terapêuticas como:
Terapia Cognitiva Comportamental., Coaching,                 Terapia de casal,              Psicoterapia infantil  qualquer idade
                 Neuropsicologia e Avaliação Neuropsicológica
                 Psicoterapia Fenomenológica existencial
                 Psicoterapia corporal
                 Análise do comportamento
                 Orientação vocacional
                 Psicoterapia de idosos
                 Psicoterapia específica para Transtornos Alimentares
                 Avaliação psicológica para cirurgia bariátrica
                 Psicoterapia para pessoas vítimas de violência
                 Sexualidade
                 Terapia para portadores de deficiência intelectual
                 Aconselhamento e orientação aos familiares do paciente portador de deficiência intelectual 
                 Terapia para portadores de dislexia
                 
                Nossos psicólogos estão plenamente capacitados para lhe atender em:
                 Depressão
                 Síndrome do pânico
                 Ansiedade
                 TAG  Transtorno de ansiedade generalizada
                 TOC  Transtorno obsessivo compulsivo
                 Distimia
                 Fobias
                 Timidez excessiva
                 Transtorno bipolar
                 Compulsão por compras
                 Traumas
                 Sexualidade
                 Dificuldade em escolher um curso na faculdade / profissão
                 Medos
                 Angustia
                 Dificuldades no relacionamento
                 Fobia social
                 Orientação a pais
                 Dificuldades referentes à terceira idade
                 Vitimas de agressão
                 Estresse pós traumático
                 Auto estima
                 Transtornos alimentares: Obesidade, anorexia, bulimia
                 Avaliação para cirurgia bariatrica
                 Inferioridade
                 Culpa
                 Dependência quimica
                 Esquizofrenia
                 Desilusão amorosa
                 Insegurança
                 Insonia
                 Pensamento suicidio
                 Psicossomática
                 Traição
                 Alcoolismo
                 Vitima de abuso
                 </div>
               
psicologo online gratis
psicologo gratuito
unimed
bradesco
medial
amil
sulamerica
petrobras
omnit
psicologo gratis
psicologo infantil
psicólogos
psicólogo online
psicólogo online gratis
psicológo
psicólogos online
psicologos gratis
psicólogo gratis
psicólogo clínico
psicólogo infantil
psicólogo on line
psicologos online gratis
psicologos en linea gratis
psicólogo gratuito
psicologo on line gratis
psicólogos gratuitos
psicologos famosos
psicólogos clínicos
psicólogos on line
psicologos infantiles
psicologo virtual
psicologo en linea gratis
psicologo online gratis chat
psicologo online gratuito
consulta psicólogo
psicologos online gratis chat
psicólogo sp
psicologos en linea gratis chat
psicologo a domicilio
psicologo unimed
psicologo gratis online
que es un psicologo clinico
preciso de um psicologo
psicologo em osasco
consulta com psicologo
psicologo gratuito sp
psicologos cristianos
cursos para psicologos
psicologos sp
psicologo familiar
sites de psicólogos
psicólogos em sp
psicologos associados
consultorio psicologo
psicologo vila mariana
psicologo evangelico
psicologo em sp
psicologo zona leste
blog de psicólogos
psicologos porto
psicologo espirita
psicologos espiritas
psicólogos lisboa
blogs de psicologos
psicologo consulta
psicologos cristãos
site de psicologos
psicologo lisboa
psicologo holistico
psicologos a domicilio
psicologo tatuapé
site psicologo
psicologos em osasco
psicologos baratos
psicologo para crianças
psicologo psicoterapia
psicologo zona sul
psicologo gratis sp
psicologos familiares
psicólogo social
medicos psicologos
psicologo sulamerica
psicologo zona norte
vagas para psicologos
psicologos evangelicos
psicologos taubate
vagas psicologo sp
psicologos rj
psicologo intermedica
psicólogo gratuito em sp
psicologo infantil sp
psicologo em guarulhos
psicologos adultos
o psicólogo
psicologo guarulhos
paginas de psicologos
psicologo de graça
psicologos em campinas
psicologos e
psicologos em guarulhos
psicologo junguiano
psicologo crianças
psicologo em campinas
grandes psicólogos
psicologo amor
ajuda de psicologo
psicologos em lisboa
unimed psicologos
psicólogo o psicologo
psicologos em santo andre
ajuda de um psicologo
psicólogo para casal
psicologo mooca
psicologo hipnose
blog psicólogo
terapia com psicologo funciona
psicólogo do trabalho
como escolher um psicólogo
psicologo pesquisador
psicologo para casais
o que e psicólogo
psicologo a
psicologos sorocaba
como um psicólogo pode ajudar uma pessoa
perfil psicólogo
series sobre psicologos
consulta con un psicologo
psicologo em são paulo
psicologo de casais
site do psicologo
psicologos para adultos
psicóloga online
psicológa
psicólogas
psicóloga clínica
psicóloga infantil
a psicóloga
psicóloga online gratis
psicologa gratis
psicóloga virtual
psicologa sp
psicologas online
psicóloga emocional
psicologa em osasco
psicologa em santos
psicologa evangelica
psicologa vila mariana
psicologa unimed
psicologa on line gratis
psicologa gratuita
psicologa zona norte
psicologa virtual gratis
psicologa osasco
psicóloga junguiana
psicologa em sp
psicologa campinas
psicologa santo andre
psicologa mooca
ser psicóloga
psicologa terapia
site psicologa
daniela psicologa
ana caetano psicologa
psicologa em guarulhos
psicologa guarulhos
psicologa sorocaba
ana psicologa
psicologa em campinas
que es una psicologa clinica
psicologa de casal
psicologa são paulo
psicologa vila madalena
psicologa ana
quanto ganha uma psicologa clinica
psicología clínica
clínica de psicologia
clínica psicologia
clínicas de psicologia
clínicas psicologia
clinica psicologia lisboa
clinica de psicologia df
psicologia clinicas
clinica psicologia mackenzie
blogs de psicologia clinica
psicologia de clinica
psicoterapia breve
psicoterapia infantil
psicoterapia individual
psicoterapia online
psicoterapia gestalt
psicoterapia de grupo
psicoterapia familiar
psicoterapia cognitivo comportamentale
psicoterapia
psicoterapias
psicoterapia humanista
curso de psicoterapia
psicoterapia corporal
psicologia psicoterapia
psicoterapia sistemica
o que é psicoterapia
psicoterapia existencial
psicoterapia psicodinamica
clinica de psicoterapia
curso psicoterapia
cursos de psicoterapia
psicoterapia junguiana
o que psicoterapia
psicoterapia de casal
clinica psicoterapia
psicoterapia gratuita
psicoterapia de apoio
psicoterapia transpessoal
o que é a psicoterapia
psicoterapia com crianças
psicoterapia lisboa
psicologia y psicoterapia
psicoterapia psicologia
o que significa psicoterapia
psicoterapia gratuita sp
psicoterapia emocional
psicoterapia significado
psicoterapia para todos
auto psicoterapia
psicoterapia clínica
o q e psicoterapia
psicoterapia sp
psicoterapia porto alegre
blog psicoterapia
psicoterapia depressão
que significa psicoterapia
psicoterapia adultos
psicoterapia social
psicoterapia em bh
psicoterapia curso
clinicas de psicoterapia
psicoterapia para adultos
o que é uma psicoterapia
formação em psicoterapia
consulta psicoterapia
psicoterapia o que é
psicoterapia en adultos
especialização em psicoterapia
psicoterapia autoestima
psicoterapia como
pós graduação em psicoterapia
psicoterapia casal
como fazer psicoterapia
terapia de casal
terapia online
terapia cognitivo conductual
terapia de grupo
terapia breve
terapia
terapia familiar
terapia gestalt
terapia individual
terapia de casais
terapia infantil
terapia sistemica
terapia conductual
terapia familiar sistemica
terapia cognitivo comportamentale
terapia holistica
terapias
terapia online gratis
terapia em grupo
terapia psicoanalitica
terapia psicologica gratuita
terapia racional emotiva
terapia de vidas passadas
terapia regresiva
terapia casal
terapia gratuita sp
terapia de casal gratuito
terapia gratuita em sp
terapia de grupos
terapia cognitivo
terapia on line gratis
terapia para la autoestima
terapia online gratuita
terapia sp
terapia gratuita
terapia toc
o que significa terapia
terapia conjugal
terapia clinica
terapia do casal
terapia ajuda
terapias de casal
terapia em casal
fazer terapia ajuda
psicologa terapia de casal
terapia cognitiva
psicoterapia cognitiva
terapia cognitiva conductual
terapia cognitiva comportamental
psicologia cognitiva
psicoterapia cognitiva comportamental
terapias cognitivas
terapia comportamental cognitiva
cognitiva comportamental
curso de terapia cognitiva comportamental
comportamental cognitiva
curso terapia cognitiva comportamental
curso terapia cognitiva
psicología infantil
consultório de psicologia
psicologia social
blog psicologia
psicología
psicólogia comportamental
psicologia infantile
psicologia familiar
psicologia online
adolescencia psicologia
consultório psicologia
psicologia online gratis
sites de psicologia
psicologia forense
psicologia positiva
psicologia organizacional
consultórios de psicologia
site de psicologia
consultas de psicologia
psicologia cognitiva comportamental
psicologia gratuita
centro de psicologia
consulta de psicologia
blog de psicologia
paginas de psicologia
consulta psicologia
psicologia humanista
psicologia transpessoal
cursos de psicologia
psicologia sistemica
faculdade de psicologia
psicologia educativa
psicologia gestalt
psicologia criminal
curso de psicologia
psicologia transpersonal
blogs de psicología
psicologia educacional
psicología para adolescentes
livros de psicologia
psicologia laboral
centro psicologia
psicologia evolutiva
cursos psicologia
gabinete de psicologia
curso psicologia
que es psicologia
centros de psicologia
gestalt psicologia
psicologia hospitalar
psicologia cientifica
psicologia gratis
psicologia geral
psicologia cognitivo comportamental
psicologia e psicoterapia
psicologia da educação
psicologia juridica
psicologia comportamental cognitiva
psicologia do trabalho
psicologia inversa
psicologia virtual
psicologia comunitaria
consultas psicologia
site psicologia
sites psicologia
psicologia empresarial
psicologia juvenil
psicologia gestaltica
psicologia usp
psicologia da saude
o que psicologia
estagio psicologia
clinica de psicologia infantil
psicologia online gratuita
psicología adolescentes
instituto de psicologia
clinicas de psicologia em sp
o que significa psicologia
o q e psicologia
empresas de psicologia
psicologia sp
autoestima psicologia
serviços de psicologia
clinica psicologia sp
psicologia infantil 4 anos
o que é psicologia clínica
psicologia do luto
psicoterapia e psicologia
o que a psicologia
clinica de psicologia sp
psicologia gratuita sp
psicologia o psicologia
empregos psicologia
psicologia crianças
consultorios psicologia
clinicas psicologia sp
clinica de psicologia em sp
psicologia terapia
psicologia desenvolvimento
psicologia por internet
de psicologia
psicologia infantil autoestima
clinica psicologia infantil
trabalho psicologia
psicologia e
psicologia campinas
psicologia clinica o que é
psicologia ajuda
psicologia hipnose
psicologia para crianças
psicologia cli
psicologia grupos
psicologia tatuapé
aceitação psicologia
o que é a psicologia clínica
psicologia para casais
adolescentes psicologia
e psicologia
traição psicologia
psicologia para casal
psicología clínica infantil
psicólogos e psicologias
frases de psicología emocional
psicologia casal
amar psicologia
solidão psicologia
curso psicologia comportamental
crianças psicologia
consultas de psicologia gratuitas
psicologia d desenvolvimento
psicologia casais
psicologia traição
diferença entre psicologia e psicoterapia
que é psicologia
psicologia com crianças
desenvolvimento psicologia
o que é psicologia clinica e suas abordagens
psicologia de casais
psicologia do
como a psicologia pode ajudar
psicologia são paulo
a mente psicologia
psicologia de forma
nomes para clinica de psicologia
curso de psicologia comportamental
terapia psicologica
clínica psicológica
consulta psicológica
terapias psicologicas
ajuda psicológica
clínicas psicológicas
preciso de ajuda psicologica
asistencia psicologica
terapias psicologicas gratis
gaia clinica psicológica
ajuda psicoteste
não realizo atendimento psicologico online
primeira consulta psicologica gratis, nesta consulta o paciente recebe o manual de terapia gratuito
Key: psicologo, psicologa, sp, sul america, bradesco, amil, reembolso, terapia, terapia casal, familia, grupo, psicologa adulto, dificuldade de relacionamento, ajuda emocional, namoro, sexualidade, dificuldades no namoro, psicologo amil sp, psicologo sul america sp, psicologo bradesco, sp, psicologa amil sp, psicologa sul america sp, psicologa bradesco, sp, psicologia clínica, psicologia, psicoterapia, terapia cognitivo-comportamental, Dificuldade de relacionamento, problemas relacionados ao namoro, noivado, casamento, sexualidade, afetividade, apego, desapego, formação e ruptura de vínculos, ansiedade, depressão, fobia, panico, Toc, tag, tdah, borderline, bipolar, dificuldade de aprendizagem, estresse no trabalho, psicologo vila mariana, psicologo klabin, psicologo, ana rosa, psicologo paraiso, psicologa vila mariana, psicologa klabin, psicologa, ana rosa, psicologa paraiso, convenio psicologa amil, logica online
site de ajuda psicologica
sites de ajuda psicologica
ajuda psicologica gratuita
psiquiatra
psiquiatras
medico psiquiatra
psiquiatra e psicologo
psiquiatra sp
psiquiatra em osasco
psiquiatra online
psiquiatra osasco
psiquiatra são paulo
psiquiatra em são paulo
psiquiatras em sao paulo
psicoterapeuta
psicoterapeutas
psicologo psicoterapeuta
psicoterapeuta sp
o que é um psicoterapeuta
significado de psicoterapeuta
psicoterapeuta significado
terapeuta
terapeuta familiar
terapeuta holistico
terapeuta de casal
terapeuta de casais
terapia cognitivo comportamental
psicoterapia cognitivo comportamental
cognitivo comportamental
psicologo cognitivo comportamental
terapeuta cognitivo comportamental
psicologa cognitivo comportamental
curso de terapia cognitivo comportamental
terapia cognitivo comportamental porto alegre
psicoterapeuta cognitivo comportamental
relacionamentos virtuais
relacionamento amoroso
relacionamento
relacionamentos
site de relacionamento grátis
site de relacionamento gratuito
sites de relaçionamentos
melhor site de relacionamento
sites de relacionamento grátis
site de relacionamentos gratis
sites de relacionamento gratuito
sites de relacionamentos grátis
site relacionamento gratis
site relacionamento gratuito
relacionamentos amorosos
sites de relacionamentos gratuitos
melhores sites de relacionamento
sites de relacionamento gratuitos
relacionamento aberto
teste de relacionamento
relacionamento virtual
perguntas sobre relacionamento
site de relacionamento totalmente gratis
site de relacionamentos gratuitos
relacionamento a dois
relacionamento a distancia
relacionamento sério
site de relacionamento internacional
site de relacionamentos gratuito
pagina de relacionamento
melhor site de relacionamento gratis
site gratis de relacionamento
site relacionamentos gratis
tagged site de relacionamento
relacionamento gratis
sites relacionamento gratis
relacionamento cristão
relacionamentos a distancia
sites relacionamentos gratis
sites gratis de relacionamento
site de relacionamento para jovens
sites de relacionamentos internacionais
site de relacionamento serio
sites relacionamento gratuito
novo site de relacionamento
relacionamento pela internet
bom relacionamento
páginas de relacionamento
perguntas de relacionamento
dificuldade de relacionamento social
dificuldade de relacionamento amoroso
relacionamento conturbado
site de relacionamento americano
site de relacionamento 100 gratuito
site de relacionamento brasileiro
site de relacionamento totalmente gratuito
um relacionamento
redes de relacionamento
melhor site de relacionamentos
sites gratuitos de relacionamentos
relacionamento site
saite de relacionamento gratis
sites relacionamentos gratuitos
pergunta sobre relacionamento
pagina de relacionamentos gratis
site relacionamento internacional
site de relacionamento gratuitos
perguntas para relacionamento
mulher para relacionamento
relacionamentos pela internet
sites para relacionamentos
inicio relacionamento
relacionamento mulher
site de relacionamentos internacionais
saites de relacionamento gratis
site de relaçionamento
sites de relacionamento no brasil
testes de relacionamento amoroso
psicologia relacionamento
mulher relacionamento
relacionamento na internet
paginas de relacionamentos
perguntas relacionamento
redes de relacionamentos
sait de relacionamento gratis
relacionamento psicologia
psicologia de relacionamentos
inicio de um relacionamento
manter relacionamento
como ter um relacionamento
perguntas e respostas sobre relacionamento
perguntas para um relacionamento
site de relacionamento europeu
início de relacionamento
tipo de relacionamento
os melhores sites de relacionamentos
como levar um relacionamento
como manter relacionamento
perguntas sobre o relacionamento
relacionamento com mulher
pagina de relacionamentos
nomes de sites de relacionamentos
site de relacionamento em recife
sites de relacionamentos americanos
relacionamento bom
site de relacionamento virtual
sites gratis de relacionamentos
como comecar um relacionamento
perguntas de relacionamentos
site relacionamentos gratuito
fobia social
fobia social sintomas
fobia social tratamento
fobia social tratamiento
fobia social tem cura
fobia social cura
tratamento fobia social
tratamento para fobia social
como vencer a fobia social
como tratar fobia social
fobia social como tratar
como curar fobia social
tratamento da fobia social
tratamento de fobia social
terapia comportamental
psicoterapia comportamental
psicólogo comportamental
psicologa comportamental
psicanalise comportamental
site de encontros
sites de encontros
site de encontros gratis
sites de encontros gratis
site de encontro
site encontros
sites de encontros gratuitos
sites encontros
sites de encontro
site de encontros gratuitos
sites de encontros amorosos
site encontros gratuito
consultório psicológico
centro psicológico
atendimento psicologico online
atendimento psicológico
apoio psicológico
gabinete psicologico
atendimento psicologico gratuito sp
tratamento psicologico gratuito sp
significado de psicológico
significado de psicologicos
ajuda emocional
terapia emocional
inteligência emocional
auto ajuda emocional
frases de ajuda emocional
frases psicologia emocional
depressao emocional
a inteligência emocional
textos de ajuda emocional
fobias
fobia escolar
fobia de pessoas
fobia de altura
fobias especificas
fobias sociais
fobia de falar em publico
fobia de dirigir
tratamento de fobias
fobias sintomas
tratamento para fobias
tratamento para fobia
tratamento fobia
tratamento de fobia
encontros casuais
encontros
encontros online
encontros secretos
agencia de encontros
encontros gratis
encontros online gratis
encontros virtuais
encontros pela internet
encontros on line
orientação vocacional
orientação vocacional e profissional
teste de orientação vocacional
testes de orientação vocacional
orientação vocacional psicologia
orientação vocacional online
curso de orientação vocacional
teste orientação vocacional
orientação profissional e vocacional
curso orientação vocacional
orientação vocacional testes
psicopedagogia clínica
clinica psiquiatrica
clinica psiquiatrica sp
psicanálise clinica
clinica para idosos
clinica de neuropsicologia
clinicas psicologicas em sp
clinicas de psicopedagogia
clinica de idosos
clínica de
clinica de psicopedagogia
clinica para idosos em sp
clinica de psicologia em curitiba
neuropsicologia clínica
clinica de psicanalise
clinica de psicologia em guarulhos
clinica em sp
como arrumar um namorado
como encontrar um amor
como tratar toc
como tratar o medo
como ajudar uma pessoa
mensagem de apoio emocional
mensagens de apoio emocional
frases de apoio emocional
mensagens de apoio moral
mensagem de apoio moral
frase de apoio emocional
mensagens de pensamentos
mensagens e pensamentos
mensagens pensamentos
pensamentos e mensagens
pensamentos mensagens
o que e dislexia
o que e sentimento
o que é autoconhecimento
o que e neuropsicologia
o que é traição
o que e solidão
o que é aceitação
o que é o auto estima
o que é a terapia
significado o que é
transtorno da personalidade
transtornos da personalidade
transtornos de personalidade borderline
transtornos de personalidades
transtorno de personalidades
o que é traição
o que e solidão
o que é aceitação
o que é o auto estima
o que é a terapia
significado o que é
transtorno da personalidade
transtornos da personalidade
transtornos de personalidade borderline
transtornos de personalidades
transtorno de personalidades

icologa, sp, Convenios Amil, Bradesco, Sul America por reembolso
ficuldade de relacionamento, problemas relacionados ao namoro, noivado, casamento, sexualidade, afetividade, apego, desapego, formação e ruptura de vínculos, ansiedade, depressão, fobia, panico,
Toc, tag, tdah, borderline, bipolar, dificuldade de aprendizagem, estresse no trabalho

*psicologo. sp. online.*