A dificuldade em mostrar sentimento ❖Psicologa SP

psicologa bradesco, pessoas que não demonstram sentimento, psicologiaPorque algumas pessoas têm dificuldade em demonstrar sentimento? Observe que demonstração de afeto não é (e nunca foi) prova de amor, nem tampouco, a afetividade. São coisas distintas.

Nem sempre  exageros românticos refletem sentimentos, e a premissa contrária é verdadeira.

Existem pessoas que conseguem expressar aquilo que sentem por meio de outros comportamentos, como por exemplo, a busca pela proximidade, a relação de cuidado e preocupação, etc.

No entanto, algumas não conseguem demonstrar de forma alguma. Por mais que alguém tente mobilizá-lo, não conseguem sair da "bolha da indiferença". A questão que se levanta é:

Porque estas pessoas não demonstram o que sentem?


A resposta para esta questão é bastante ampla e praticamente inconclusiva. Mas vale o exercício de reflexão.

1 - Ausência de sentimento


Em muitos casos, o indivíduo não demonstra porque realmente não sente afeto passional pelo parceiro, mas consegue demonstrar carinho com atitudes educadas. 

Nestes casos, o "Bom dia" é apenas um cumprimento polido, exigido diante de situações formais, ou profissionais. 

O "Como você está" pode indicar uma preocupação com o outro que não vai além do simples desejo de que o outro esteja bem. Mera formalidade. 

Nada além.

2- Medo de rejeição


Em outros casos, o indivíduo não vai além das atitudes educadas e demonstra atitudes educadas, porém utiliza mecanismos de negação do sentimento, como por exemplo: tentativas de humilhar o parceiro afetivo (deboche, sarcasmo), indiferença forçada (mudar de calçada, ignorar deliberadamente a presença do outro, etc..). 

Porém, a busca por proximidade pode indicar que existem sentimentos escondidos embaixo de toneladas de camadas de gelo. 

Estes indivíduos costumam ser incongruentes: ora buscam aproximação, ora afastamento; ora são simpáticos, ora extremamente indiferentes. Porém, raramente são calorosos.

Geralmente, esta indiferença forçada se justifica pelo medo que sentem da rejeição, pois tendem a acreditar que as demonstrações só serviriam para exaltar o outro, que por sua vez poderia não corresponder, o que geraria um mal-estar muito grande. 

Logo, preferem se abster para não "fazer papel ridículo".

3- Embotamento afetivo


Alguns indivíduos simplesmente não demonstram afeto da maneira convencional, porque  não aprenderam como fazer isso. 

Geralmente sofreram algum tipo de "castração" de ordem sexual, que se estendeu até a afetividade, nos primeiros anos da adolescência, quando as paixões estão em alta. 

Deste modo, sua vida afetiva sofre bastante limitação, tanto nas demonstrações, quanto nas escolhas, o que pode levá-los a se casarem com a primeira namorada, por exemplo...

E como não foram "educados" afetivamente, suas parcas demonstrações de afeto são "estabanadas": Não sabem escolher presentes, esquecem datas, não beijam ou abraçam com frequência, etc.



Como lidar:


Dá pra compreender perfeitamente a angústia de quem se relaciona com estes indivíduos; quem está acostumado (a) com as demonstrações clássicas tende a se sentir bastante incomodado. 

Nos casos onde há ausência de sentimento, não há muito o que fazer: não dá pra tirar leite de pedra. A solução aqui é aceitar e tentar um novo relacionamento, com alguém que tenha sentimentos reais. 

Nos casos onde o parceiro notoriamente busca aproximação assiduamente, mas não consegue demonstrar sentimento por nenhuma via, é importante desenvolver a capacidade de ler nas entrelinhas do comportamento do outro, buscando compreender sua história de vida e seu funcionamento afetivo. 

Pode acontecer que a convivência com alguém que demonstre abertamente o que sente ajude a desembotar a afetividade do parceiro e afaste o medo da rejeição.

Neste caso, convém evitar a cobrança e as brigas que só servirão para aumentar a sensação de desconforto na relação.

 Conclusão


Naturalmente, existem outros fatores que interferem na dificuldade de demonstração de afeto, além dos que foram expostos aqui. Cada caso deve ser avaliado separadamente para que possam ser compreendidos de forma particular.


Algumas situações na vida deveriam ser compreendidas como se fossem uma ilusão de ótica, ou seja, não basta olhar para o óbvio, para o que salta aos olhos. É preciso olhar um pouco mais além... desvendar.... seguir pistas... analisar criticamente...sintetizar... analisar a síntese....pra finalmente chegar a uma INconclusão....A primeira conclusão raramente é a correta, tanto na arte, quanto na vida.

*Psicólogo**Psicóloga**Psicólogo Online**Psicologo Bradesco SAÚDE *,*Psicologo Amil*, *Psicologo Sulamérica*, *Psicologa Bradesco Saúde*,*Psicologa Amil*, *Psicologa INTERMÉDICA*, *Psicologa Allianz*,*Psicologo Vila Mariana*


 Psicóloga Clínica em São Paulo, Sp

Vila Mariana. Psicóloga Bradesco| Psicóloga Amil | Psicóloga Sulamérica | Reembolso. Terapia Infantil | Terapia de Casal | Terapia Individual | Terapia Familiar

Agende uma consulta Gratuita psicológica

Pelo link

 Agenda OnLine

Por Whatsapp

(11-99984-9910)

Endereço

Rua Domingos de Moraes, 770
Bloco 01 - Sala 05 - Sobreloja (SL)
Metrô Ana Rosa - Vila Mariana

Em frente ao McDonalds

Horário de atendimento

Seg-sexta:
Sábado:
7:00 - 23:00

7:00 - 21:00

Quem precisa de terapia?

Psicoterapia é para pessoas que como você, buscam uma *reforma interior

Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, saiba que a Psicoterapia (realizada por psicólogos credenciados) pode ajudar bastante na compreensão de problemas emocionais como este. 

o   Se você nunca passou por psicólogos, ou por algum motivo precisou interromper sua *psicoterapia, e sente que precisa de ajuda emocional, para lidar com ansiedade depressão, fobias, pânicos, Transtorno de personalidade, entre em contato.


Quando sentir que precisa de um empurrãozinho emocional, ou seja, quando não estiver conseguindo lidar sozinho (a) com algumas coisas. Geralmente as pessoas procuram Psicoterapia quando:

Estão em busca de autoconhecimento; autoaceitação, ou 
buscam formas de resgatar sua autoestima, para modificar e superar as crenças de desamor; e viver uma vida sem a necessidade de máscaras;
Sofrem com Ansiedade crônica, Depressão leve moderada ou grave,  Desmotivação; 
Quando querem se livrar de alguns sentimentos ruins como a  inveja,  a culpa, a raiva, o ciúme etc;
Querem aprender a manter um relacionamento feliz, ou superar a carência afetiva,  e a Dependência emocional, aprendendo a lidar com perdas, abandonos e solidão;
Precisam perdoar, mas não têm a mínima ideia de como fazer isto;
Querem aprender a se importar menos com o que os outros pensam  a seu respeito; 
Não se consideram suficientemente inteligentes;
Devem aprender como Identificar e se libertar de relacionamentos abusivos, abuso moral ou psicológico; e não querem mais aceitar joguinhos amorosos, nem relacionamentos descartáveis;
Atravessam fases de Estresse no trabalho, no amor ou na família; Problemas conjugais,
Querem aprender a amar de forma mais assertiva, sem fazer ou aceitar joguinhos amorosos e chantagem emocional.
Sentimentos reprimidos,  ou sentimento crônico de vazio,
insônia, hipersonia, pesadelos recorrentes


Apresentam ideação suicida, comportamento de automutilação, agressividade exagerada,etc.

oscilação de humor




Tratamentos psicológicos  para




atendimento psicologico infantil,atendimento psicologico online,atendimento psicológico online gratis,atendimento psicologico social,atendimento psicoterapêutico,atendimento psicoterapico,atendimento virtual psicologia,autoconhecimento psicologia comportamental,bom psicologo,bons psicologos,borderline terapia cognitivo comportamental,casal terapia,causas ansiedade,causas de ansiedade,causas de transtorno de ansiedade,centro de psicologia america,clinica america psicologia,clínica atendimento psicologico,clinica cognitivo comportamental,clinica com psicologo,clinica comportamental,clinica da psicologia,clinica de psicologia,clinica de psicologia america,clinica de psicologia e psicanalise,clinica de psicologia em itaquera,clinica de psicologia em santo andre,clinica de psicologia em sao caetano do sul,clinica de psicologia em sao paulo




Postagens mais visitadas deste blog

Diferença entre: atração, desejo, paixão e amor.

Psicóloga por Whatsapp: sempre com você

O que é a dificuldade de relacionamento? ❖Psicologa SP

Psicóloga que atende convênio Bradesco

❖Terapia Online: uma alternativa excelente

Atendimento com o convênio Bradesco Saúde

A dificuldade de relacionamento

Plantão Psicológico Online 1a. sessão Gratuita ❖Psicologa SP

A síndrome do Super-Herói

Postagens mais visitadas deste blog

Diferença entre: atração, desejo, paixão e amor.

Psicóloga por Whatsapp: sempre com você

❖Terapia Online: uma alternativa excelente

Atendimento com o convênio Bradesco Saúde

Psicóloga que atende convênio Bradesco

A dificuldade de relacionamento

Sentimentos reprimidos

O Mito do Amor Romântico

Psicólogo que atende Bradesco Saúde por reembolso de consultas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Você precisa de terapia?


Existem algumas regras para saber se você precisa ou não de terapia:

Todos precisamos de terapia. Porém não precisa ser a todo momento. Existem situações que é possível atravessar sozinho(a), mas em outras a ajuda emocional oferecida por um psicólogo pode ser muito bem vinda.

  • Quando a ansiedade, o estresse, a depressão, ou a dificuldade de relacionamento estiverem provocando muitos danos emocionais;
  • Quando você estiver perdido em seus pensamentos, sem conseguir achar uma direção, uma resposta para sua vida;
  • Quando o medo estiver maior que a coragem de enfrentar as dificuldades;
  • Quando estiver com vergonha de ser quem você é;
  • Quando a dor da for muito insuportável;
  • Quando seu sono, seu apetite e seu desejo sexual estiver comprometidos;
  • Quando você for vítima de abuso psicológico....
  • Sim, Talvez seja a hora de buscar Terapia.
Leia mais sobre Terapia




Nunca Passou na Psicóloga?

Você nunca passou na Psicóloga? Se gostaria de passar, fique tranquilo porque é normal que você tenha muitas dúvidas.

Algumas pessoas que nunca passaram por consulta com psicólogos tendem a idealizar a consulta as vezes de forma negativa e isto causa bastante ansiedade.
Relaxe e venha. Traga para a Psicóloga apenas o que achar válido, afinal o momento é seu. O Psicólogo é um ego auxiliar, alguém que vai te ajudar a pensar nas questões da tua vida.
A primeira Consulta psicológica dura de 30 a 50 minutos, tempo que o paciente tem para expor seus pensamentos, suas dúvidas, seus anseios, suas dores, etc.

Se você nunca passou na psicóloga e gostaria de passar agende uma consulta psicológica gratuita