psicologa sp , Psicóloga perto de mim, consulta com psicologa, psicologa preço, psicologa valor, psicóloga preço, psicólogo valores, consulta psicólogo valor, psicólogo preço, psicologa perto de mim,psicologo perto de mim, Psicóloga perto de mim, psicólogo presencial sp, psicóloga São Paulo, psicólogo consulta, psicólogo zona sul sp, Psicólogo Zona Leste sp, melhores psicólogos de sp, Psicóloga Av. Paulista, Indicação de Psicóloga SP, poderá agendar uma consulta com psicologa presencial.

Psicóloga SP - O que é a negação.


A negação é um mecanismo de defesa psíquica que busca dar outro significado a estímulos aversivos ou intoleráveis, oferecendo uma explicação menos dolorosa. 

Esse mecanismo tem um valor adaptativo, uma vez que nem sempre estamos preparados para lidar diretamente com situações difíceis, e buscamos formas de nos proteger da dor, inclusive negando-a.


Quando se trata de um rompimento afetivo, que pode ser encarado como um processo de luto, é inevitável experimentar algum nível de sofrimento, variando de acordo com o grau de envolvimento entre os parceiros. 

Mesmo em relacionamentos onde o vínculo afetivo é mínimo, o rompimento pode gerar sentimentos de tristeza, já que houve um investimento que não teve sucesso.


É comum que as pessoas recorram a diversas atividades para evitar o confronto com a dor da perda, como passeios, festas, compras, consumo de bebidas, entre outros, como uma forma de afastar temporariamente a dor. 

Uma das estratégias mais utilizadas para minimizar a dor da perda é buscar outro parceiro, como uma forma de "fugir da solidão".


Todos esses comportamentos podem ser considerados formas de negação se sua finalidade for buscar consolo após um rompimento afetivo.


A negação se manifesta de várias maneiras, utilizando diferentes máscaras:



  • Máscara da indiferença: busca esconder os verdadeiros sentimentos por meio de atitudes aparentemente indiferentes, atribuindo pouca importância ao outro.
  • Máscara da hostilidade: quando um sentimento intenso precisa ser dissimulado a qualquer custo, recorrendo à expressão de hostilidade.
  • Máscara da polidez: tendência de usar a formalidade como forma de reprimir impulsos e desejos.
  • Máscara da vitimização: colocar-se na posição de sofredor, incapaz de reconhecer a própria responsabilidade, atribuindo ao outro toda a culpa pelos problemas enfrentados na relação.
  • Máscara da raiva: poderosa ferramenta para transformar sentimentos positivos em negativos.
  • Máscara da suposta felicidade: o indivíduo sofredor utiliza todos os recursos possíveis para mostrar que está bem, feliz e não está sofrendo.
Existem muitas outras máscaras que podem ser utilizadas como formas de negação. O importante é reconhecê-las e compreender quando e como estamos usando essas máscaras para lidar com a dor da perda.



Como a psicóloga pode ajudar?


A psicóloga pode desempenhar um papel fundamental em ajudar uma pessoa a lidar com a negação e as consequências emocionais de um rompimento afetivo. Aqui estão algumas maneiras pelas quais a psicóloga pode oferecer suporte:


  • Exploração e compreensão: A psicóloga pode ajudar a pessoa a explorar e compreender seus padrões de negação, bem como os mecanismos de defesa utilizados para lidar com o rompimento. Isso envolve identificar as máscaras emocionais adotadas e as motivações subjacentes a esses comportamentos.


  • Autoconsciência e autorreflexão: Através de sessões terapêuticas, a psicóloga pode auxiliar a pessoa a desenvolver uma maior autoconsciência sobre suas emoções, pensamentos e comportamentos relacionados ao rompimento. Isso inclui examinar as razões por trás da negação e ajudar a pessoa a reconhecer seus verdadeiros sentimentos e necessidades.


  • Processamento emocional: A psicóloga pode criar um espaço seguro para que a pessoa expresse suas emoções relacionadas ao rompimento, incluindo tristeza, raiva, frustração e medo. O processo terapêutico permite que essas emoções sejam exploradas, validadas e processadas de maneira saudável, ajudando na cura emocional.


  • Apoio na elaboração do luto: O rompimento afetivo pode ser encarado como um processo de luto, e a psicóloga pode auxiliar a pessoa a atravessar essa fase de forma saudável. Isso envolve compreender as diferentes etapas do luto, como negação, raiva, tristeza e aceitação, e oferecer suporte durante todo o processo.


  • Desenvolvimento de estratégias de enfrentamento saudáveis: A psicóloga pode ajudar a pessoa a desenvolver estratégias de enfrentamento saudáveis e eficazes para lidar com a dor da perda. Isso inclui aprender habilidades de autorregulação emocional, técnicas de relaxamento, práticas de autocuidado e estratégias de comunicação assertiva.


  • Reconstrução do sentido de identidade: Após um rompimento, muitas vezes é necessário reconstruir o sentido de identidade e autoestima. A psicóloga pode auxiliar a pessoa nesse processo, explorando seus valores, interesses, metas e fortalecendo a autoconfiança.


  • Planejamento para o futuro: A psicóloga pode ajudar a pessoa a criar um plano para o futuro, identificando objetivos pessoais e profissionais, cultivando relacionamentos saudáveis e promovendo o crescimento pessoal. Isso ajuda a pessoa a visualizar uma vida além do rompimento e a encontrar esperança e motivação para seguir em frente.


Cada processo terapêutico é único e adaptado às necessidades individuais. A psicóloga oferece um espaço confidencial e acolhedor, onde a pessoa pode explorar seus sentimentos, superar a negação e buscar a cura emocional necessária para seguir em frente após um rompimento afetivo.

Considere sempre procurar um Tratamento Psicológico para navegar por essas complexidades emocionais.

Obrigada pela leitura. 

Texto produzido pela:

Psicóloga SP: 
CRP-SP 06-121677.

Mais de 12 anos de experiência em Psicologia Clínica e Psicoterapia.

  

Não existe distância entre a Psicologia e você.

Pensando em procurar terapia?  Descubra o caminho para o bem-estar emocional com a psicóloga em são paulo  Maristela Vallim Botari - CRP/SP 06-121677

Caso a agenda não mostre um horario adequado às suas necessidades, você pode entrar em Contato direto e agendar sua sessão de terapia direto com a Psicóloga.

1ª sessão de Psicoterapia Online

Acolhimento humanizado online ou presencial

Psicóloga SP: com mais de 12 anos de experiência profissional 

Postar um comentário

0 Comentários

Como agendar uma consulta com a Psicóloga em São Paulo, SP .

Quero cuidar da minha saúde mental 

Para agendar sua consulta com a Psicóloga e receber acolhimento humanizado, você pode optar pela Psicóloga online ou presencial.
Clique nos botões abaixo.
 
psicologa sp, Psicóloga SP, psicóloga perto de mim. Psicóloga em São Paulo, Psicóloga online,  psicóloga preço, consulta com psicóloga, Psicóloga Bela vista, psicólogo zona sul sp, psicólogo centro sp, psicólogo online, psicólogos em são Paulo, Psicologo SP.


Caso a agenda não mostre um horàrio adequado às suas necessidades, entre em contato e agende direto com a Psicóloga sp.

WhatsApp - (11) 95091-1931- Email: contato@psicologa-sp.com.br
Agende consulta psicológica . psicologa, psicologa preço, consulta com psicologa valor, psicologa sp, psicologa perto de mim, psicologa online, psicologa presencial, Psicóloga Bela Vista, Psicólogos perto de mim, 

Quem leu estes artigos, se interessou por: