Quando buscar terapia

Quando buscar terapia

Certamente você já se perguntou: “Preciso de 
Terapia ?” (pode ser PSICOTERAPIA  Individual ou em grupo)
Algumas pessoas realmente precisam de 
terapia  por um bom tempo, enquanto outras precisam apenas de orientações psicológicas e aconselhamento. O PSICÓLOGOPSICÓLOGA , ou PSICANALISTA pode ajudar você a encontrar respostas, ouvir seus desabafos sem julgamentos nem críticas, com absoluto sigilo.


Certamente você já se perguntou: “Preciso de Terapia ?” (pode ser PSICOTERAPIA  Individual ou em grupo) Algumas pessoas realmente precisam de terapia  por um bom tempo, enquanto outras precisam apenas de orientações psicológicas e aconselhamento. O PSICÓLOGO, PSICÓLOGA , ou PSICANALISTA pode ajudar você a encontrar respostas, ouvir seus desabafos sem julgamentos nem críticas, com absoluto sigilo.


11. Sinais que indicam quando é hora de procurar terapia:

  1. Incapacidade de trabalhar ou ir à escola
  2. Dificuldade de relacionamento ou de cuidar dos filhos
  3. Maior risco de problemas de saúde
  4. Hospitalização
  5. Suicídio
  6. Pensar ou lidar com o problema leva muito tempo do seu dia
  7. O problema causa constrangimento, mesmo que imaginário, 
  8. O problema faz você  evitar outras pessoas
  9. O problema reduziu sua qualidade de vida 
  10. O problema reduziu sua produtividade na escola, no trabalho ou nos relacionamentos
  11. Você não consegue fazer mudanças em sua vida  para lidar com o problema

Geralmente as pessoas procuram o serviço de um PSICÓLOGO OU PSICÓLOGA ou PSICÓLOGO OU PSICÓLOGA quando:

Quando procurar Terapia 

Exceto quando houver indicação de um médico ou psiquiatra, não existe UM momento adequado. Geralmente as pessoas buscam ajuda do psicólogo quando:

 

  • Sentem-se incompreendidos; 
  • Sentem que não são amadas;
  • Têm dúvidas sobre questões existenciais;
  • Apresentam dificuldades de relacionamentos ou de convivência social; Vivenciam conflitos fAmiliares;
  • Percebem que estão se comportando de "maneira estranha ultimamente"
  • Os sentimentos ruins (raiva, tristeza, medo) começam a dominar o cotidiano;
  • Sentem dificuldades em aceitar a si mesmo, seja no que concerne à aparência física, ou ao comportamento;
  • Têm pensamentos intrusivos e/ou perturbadores;
  • Sentem um "Vazio";

Apresentam dificuldade de relacionamento (afetivo, social, profissional e fAmiliar)

  • Apresentam comportamentos compulsivos;
  • Precisam tomar decisões difíceis;
  • Precisam simplesmente de aprovação de alguém que legitime seus atos e seus pensamentos; Precisam de compreensão;
  • Precisam esquecer....
  • Precisam lembrar....
  • Precisam aprender novos comportamentos, novas posturas, novas atitudes...
  • Precisam de ajuda para encontrar um caminho menos doloroso;
  • Acreditam que não há mais nada a ser feito;
  • Acreditam que fracassaram;
  • Acham que é o momento de mudar;
  • Buscam compreensão;
  • Buscam um momento de paz;
  • Buscam autoconhecimento;
  • Buscam autoaceitação;
  • Buscam acolhimento;
  • Sentem-se "diferentes" e querem ser iguais;
  • Sentem-se iguais e querem ser diferentes;
  • Desejam se libertar das amarras do passado;
  • Desejam viver bem o presente;
  • Desejam planejar o futuro. 
  • Sentem Medo excessivo, Fobias, ataques de pânico

Estão em estado de Ansiedade crônica,

Depressão leve moderada ou grave,



 

Comentários

Acolhimento Humanizado

Agende a 1a sessão com a Psicóloga SP

Bem vindo(a). 


Se chegou até aqui, certamente busca o começo do processo de reforma interior, rumo à evolução emocional que permitirá levar a vida de forma mais leve e saudável

       





Postagens recentes