Pular para o conteúdo principal

Sentimentos: o que são e como compreendê-los


Sentimentos são estados cognitivos, físicos que surgem quando algo nos estimula de forma positiva ou negativa.




Para falar sobre sentimentos, é importante falar antes sobre as emoções, as "mães" de todo sentimento.

As emoções são consideradas por muitos teóricos da Psicologia como reações naturais do organismo diante de determinados estímulos. Podem ser inatas ou aprendidas. As mais viscerais são: o medo, a raiva, a alegria e a vergonha  

psicologa, psicologo, sp, vila mariana convenio, reembolso, sul america, amil, golden cross, saude bradesco, ansiedade, depressão


O que são sentimentos

O nojo poderia ser encaixado nesta lista, embora seja um sentimento controverso, já que não há consenso sobre suas origens inatas ou aprendidas.

A combinação destas emoções, em determinado contexto dá origem a uma gama enorme de sentimentos


Como surgem os sentimentos


Os sentimentos se originam a partir do significado que se atribui às emoções no momento em que ocorrem (condicionamento respondente). Por isso que, uma mesma emoção pode desencadear diferentes sentimentos, tanto em pessoas diferentes, quanto nas mesmas pessoas.


Exemplo: Diante de um cachorro, algumas pessoas sentem ternura; outras sentem medo; e algumas sentem nojo. O sentimento vai depender da história de vida de cada um:


Aquele individuo que foi ensinado a ver o cachorro como um amigo, possivelmente sentirá ternura; aquele que, ao contrário foi orientado a ver o cão como um animal agressivo, naturalmente sentirá algum tipo de desconforto; e alguns poderão sentir nojo, dependendo da sua história. 

Naturalmente estes sentimentos podem se misturar: alguém pode achar o cão bonito e ter vontade de se aproximar, mas sente medo, porque já foi agredido, ou sente nojo porque teve pouco contato. 

Sentimentos comuns


O medo

A raiva

A Alegria 

A Tristeza

O Pesar

A Frustração


Como compreender os sentimentos


As vezes os sentimentos se misturam, causando muita confusão: podemos sentir raiva e amor ao mesmo tempo, pela mesma pessoa?

Sim.

Podemos. Não, isso não é loucura!

Se os sentimentos são aprendidos em diversas circunstâncias, e se uma mesma pessoa pode nos fazer recordar de mais de uma ocorrência, logo, podemos ter diferentes sentimentos pela mesma pessoa.


É preciso conhecer bem os sentimentos para lidar com eles. Este discernimento poderá ser adquirido em psicoterapia, pois não há regra, nem fórmula pronta. Se o contexto muda, nós mudamos. Se mudamos, nossas emoções e sentimento mudam. É preciso compreender as mudanças para compreender os sentimentos e emoções.

Referências:


Postado agora mesmo
Atualização da COVID-19
COVID-19. Algumas pessoas têm medo de vir à Psicóloga. Isto é normal, mas não é "legal". O ideal seria passar em um Psicólogo, pelo menos uma vez na vida, para inferir seu estado emocional, para conhecer o Trabalho dos psicólogos, desabafar, e para colocar em dia suas variáveis emocionais, aquelas que, quando acumulam, geram depressão, ansiedade, dificuldade de relacionamento.
Psicólogos não existem apenas para tratar de "pessoas com problemas". Oras, todos nós temos problemas a resolver, afinal a vida é um desafio constante. Os Psicólogos existem justamente para favorecer o enfrentamento destes problemas emocionais, que todos atravessamos. Trata-se de uma escuta imparcial, acolhedora e humanizada, sem julgamentos, sem preconceitos de qualquer natureza.
Observe que a "cura pela fala" é um método muito antigo pois aquilo que a boca cala, geralmente se traduz no emocional. Daí a importância de falar sobre seus medos e suas angústias.
Se você quiser conhecer minha atuação como psicóloga em SP, meu consultório fica na Vila Mariana, mas está de mudança para a região da Av. Paulista. Terei imenso prazer em compartilhar contigo suas histórias e auxiliar na resolução de seus conflitos e tomada de decisões.

Diga não aos relacionamentos abusivos, à exploração no trabalho, à procrastinação, aos medos infundados, à dificuldade de relacionamento.

psicólogos em sp, Psicóloga sp, psicóloga av paulista, terapia de casal, psicóloga vila mariana, psicóloga bela vista




·     


 


Psicoterapia é para pessoas que como você, buscam uma *reforma interior

Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, saiba que a Psicoterapia (realizada por psicólogos credenciados) pode ajudar bastante na compreensão de problemas emocionais como este. 


Quando sentir que precisa de um empurrãozinho emocional, ou seja, quando não estiver conseguindo lidar sozinho (a) com algumas coisas. Geralmente as pessoas procuram terapia quando:




·            Preço acessível de Terapia
o   Convênios

·         Tratamento para


o   Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, saiba que a Psicoterapia (realizada por psicólogos credenciados) pode ajudar bastante na compreensão de problemas emocionais como este. 

o   Se você nunca passou por psicólogos, ou por algum motivo precisou interromper sua *psicoterapia, e sente que precisa de ajuda emocional, para lidar com ansiedade depressão, fobias, pânicos, Transtorno de personalidade, entre em contato.



a psicologia clinica,a psicologia é,a psicoterapia,acabar com a ansiedade,acabar com ansiedade,acolher psicologia e saude,ajuda de psicólogo,ajuda de psicologo online gratis,ajuda de um psicólogo,ajuda online psicologica,ajuda psicológica,ajuda psicologica gratis online,ajuda psicológica online,ajuda psicológica online gratis,amil cobre psicologo,amil psicologia,amil psicologo,amil terapia,ansiedade,ansiedade alta,ansiedade causa depressão,ansiedade causas,ansiedade cognitiva,ansiedade com depressão,ansiedade compulsiva,ansiedade constante,ansiedade depressão e estresse,ansiedade depressiva

psicologa sp

1ª Sessão de Terapia: como funciona

Se você nunca passou na Psicóloga, ou por algum motivo precisou interromper e gostaria de retomar sua Psicoterapia, fica aqui um convite para vir conhecer meu trabalho, expondo suas queixas e fazendo um pré-diagnóstico. Algumas pessoas têm medo de vir à Psicóloga. Isto é normal, mas não é "legal". O ideal seria passar em um Psicólogo, pelo menos uma vez na vida, para inferir seu estado emocional, para conhecer o Trabalho dos psicólogos, desabafar, e para colocar em dia suas variáveis emocionais, aquelas que, quando acumulam, geram depressão, ansiedade, dificuldade de relacionamento. Psicólogos não existem apenas para tratar de "pessoas com problemas". Oras, todos nós temos problemas a resolver, afinal a vida é um desafio constante. Os Psicólogos existem justamente para favorecer o enfrentamento destes problemas emocionais, que todos atravessamos. Trata-se de uma escuta imparcial, acolhedora e humanizada, sem julgamentos, sem preconceitos de qualquer natureza. Observ