Pular para o conteúdo principal

A diferença entre ser bondosa e ser "boazinha"

A diferença entre ser bondosa e ser "boazinha"



Pessoas bondosas são diferentes de pessoas "boazinhas".

As "boazinhas" geralmente são aquelas que usam da suposta generosidade como forma de controle sobre o outro, pois ao fazer o bem evitam complicações para si mesmas, ou usam as consequências desta bondade em proveito próprio. No fundo, são egoístas e manipuladoras.

Pessoas boas são diferentes:


  • Não são necessariamente simpáticas, porém, tendem a ter uma visão positiva/realista dos fatos e das pessoas ao seu redor. Esperam a bondade, mas admitem que maldades acontecem. Não são bobas.

  • Usam seu intelecto em benefício de si e dos que estão ao seu redor, buscando pautar seu comportamento em atitudes justas e honestas, mesmo que sejam atitudes desconfortáveis para alguns.

  • Geralmente vêem o lado bom das pessoas, das situações, ajudam os outros sem muito esforço e sem esperar nada em troca. Seu ganho subjetivo fica por conta da sua validão como pessoa.

  • Não recorrem à chantagem emocional para obter benefícios: quando querem algo de alguém, pedem. 

  • Se seus pedidos são negados conseguem compreender os motivos do outro e buscam outras alternativas sem reclamação.

  • Nutrem raiva sim, como todo ser humano normal.

Pessoas compreensivas


Porém, conseguem compreender os motivos de sua raiva e não fazem disso um pedestal para futuras discórdias. Conseguem transformar sua raiva em aprendizado, para lidar com situações adversas no futuro.

Não guardam rancor, mas guardam o aprendizado. (Tem uma enorme diferença)


  • Não tentam bancar o herói. 
  • Ajudam as pessoas na medida das suas forças.
  • Não hesitam em pedir ajuda quando precisam de algo.
  • Evitam juízo de valor. Quando o fazem, certamente tem um propósito maior do que difamar o outro. 
  • Não reclamam. 
  • Mesmo diante dos maiores sofrimento, convertem a dor em forças para buscar novas oportunidades.


Pessoas bondosas nem sempre são "boazinhas".


Sabem dizer não, são antipáticas as vezes, podem ser diretas demais, causando perplexidade. Porém agem assim somente quando percebem que são vítimas de abusos e tentam se defender desta forma, e não para fazer maldade deliberadamente.

Não confunda: pessoas bondosas com pessoas "boazinhas". São comportamentos bem diferentes.

Ø 
 Psicóloga Clínica em São Paulo, Sp

Ø  Vila Mariana. Psicóloga Bradesco| Psicóloga Amil | Psicóloga Sulamérica | Reembolso. Terapia Infantil | Terapia de Casal | Terapia Individual | Terapia Familiar

Agende uma consulta Gratuita psicológica

Pelo link

 Agenda OnLine

Por Whatsapp

(11-99984-9910)

Por Email

agendamento@psicologiasemfronteiras.com.br

Endereço

Rua Domingos de Moraes, 770
Bloco 01 - Sala 05 - Sobreloja (SL)
Metrô Ana Rosa - Vila Mariana

Em frente ao McDonalds

Horário de atendimento

Seg-sexta:
Sábado:
7:00 - 23:00

7:00 - 21:00

Ø  Quem precisa de terapia?

Ø  Psicoterapia é para pessoas que como você, buscam uma *reforma interior

Ø  Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, saiba que a Psicoterapia (realizada por psicólogos credenciados) pode ajudar bastante na compreensão de problemas emocionais como este. 

Ø  o   Se você nunca passou por psicólogos, ou por algum motivo precisou interromper sua *psicoterapia, e sente que precisa de ajuda emocional, para lidar com ansiedade depressão, fobias, pânicos, Transtorno de personalidade, entre em contato.

Ø  Quando sentir que precisa de um empurrãozinho emocional, ou seja, quando não estiver conseguindo lidar sozinho (a) com algumas coisas. Geralmente as pessoas procuram terapia quando:
Ø  Estão em busca de autoconhecimento; autoaceitação, ou buscam formas de resgatar sua autoestima, para modificar e superar as crenças de desamor; e viver uma vida sem a necessidade de máscaras;
Ø  Sofrem com Ansiedade crônica, Depressão leve moderada ou grave,  Desmotivação; 
Ø  Quando querem se livrar de alguns sentimentos ruins como a  inveja,  a culpa, a raiva, o ciúme etc;
Ø  Querem aprender a manter um relacionamento feliz, ou superar a carência afetiva,  e a Dependência emocional, aprendendo a lidar com perdas, abandonos e solidão;
Ø  Precisam perdoar, mas não têm a mínima ideia de como fazer isto;
Ø  Querem aprender a se importar menos com o que os outros pensam  a seu respeito; 
Ø  Não se consideram suficientemente inteligentes;
Ø  Identificar e se libertar de relacionamentos abusivos, abuso moral ou psicológico; e não querem mais aceitar joguinhos amorosos, nem relacionamentos descartáveis;
Ø  Estresse no trabalho, no amor ou na família; Problemas conjugais,
Ø  estafa,
Ø  Querem aprender a amar de forma mais assertiva, sem fazer ou aceitar joguinhos amorosos e chantagem emocional.
Ø  Sentimentos reprimidos,  ou sentimento crônico de vazio,
Ø  insônia,
Ø  Apresentam ideação suicida, comportamento de automutilação, agressividade exagerada,etc.
Ø  transtorno de personalidade: Bipolar, Borderline, Esquiva, Paranóide,
Ø  oscilação de humor



Ø    Ajuda Emocional
Ø    Convênios
Ø     Psicologa online

Ø  Tratamentos psicológicos  para

Ø     Amor patológico
Ø     Carência afetiva
Ø  TDAH



Ø  atendimento psicologico infantil,atendimento psicologico online,atendimento psicológico online gratis,atendimento psicologico social,atendimento psicoterapêutico,atendimento psicoterapico,atendimento virtual psicologia,autoconhecimento psicologia comportamental,bom psicologo,bons psicologos,borderline terapia cognitivo comportamental,casal terapia,causas ansiedade,causas de ansiedade,causas de transtorno de ansiedade,centro de psicologia america,clinica america psicologia,clínica atendimento psicologico,clinica cognitivo comportamental,clinica com psicologo,clinica comportamental,clinica da psicologia,clinica de psicologia,clinica de psicologia america,clinica de psicologia e psicanalise,clinica de psicologia em itaquera,clinica de psicologia em santo andre,clinica de psicologia em sao caetano do sul,clinica de psicologia em sao paulo


Psicologa BradescoPsicologa AmilPsicologa SulamericaPsicologa em SPPsicologa

*Psicólogo*
*Psicóloga*
*autoestima*
*terapia*
*Psicólogo Online*
*Psicologo Bradesco SAÚDE *,
*Psicologo Amil*,
*Psicologo Sulamérica*, psicologa bondosa
*Psicologa Bradesco Saúde*,
*Psicologa Amil*,
*Psicologa INTERMÉDICA*,
*Psicologa Allianz*,
*Psicologo Vila Mariana*
*Terapia de casal bradesco sp*



Nunca Passou na Psicóloga?

Você nunca passou na Psicóloga? Se gostaria de passar, fique tranquilo porque é normal que você tenha muitas dúvidas.

Algumas pessoas que nunca passaram por consulta com psicólogos tendem a idealizar a consulta as vezes de forma negativa e isto causa bastante ansiedade.

Relaxe e venha. Traga para a Psicóloga apenas o que achar válido, afinal o momento é seu.

Se você nunca passou na psicóloga e gostaria de passar agende uma consulta psicológica



Destaques

Como encontrar o psicólogo certo ❖ Psicologa Vila Mariana SP

Como encontrar o psicólogo certo Where to begin  How to Find the Right Therapist For You Escrito port Esther Perel Texto original: https://estherperel.com/blog/how-to-find-the-right-therapist-for-you A auto-entrevista Responda a estas perguntas primeiro. Por que terapia e por que agora? Em que você gostaria de trabalhar? Qual é o resultado desejado? O que você está preparado para fazer para alcançar esse objetivo? O que você espera do seu terapeuta? Quais foram as suas experiências em terapia até agora e o que foi útil? O que não foi? Quais são as lições que você aprendeu? Seja terapia individual, de casal ou familiar, o tipo de terapeuta que eu sempre recomendo é aquele que é desafiador e direto, mas não julga; tem a mente aberta e está disposta a permitir que as pessoas explorem opções na vida muito diferentes das suas. Alguém que não se apressa em diagnosticar e patologizar, e que tem um profundo entendimento dos meandros da intimidade

ARTIGOS SOBRE RELACIONAMENTOS

Textos sobre relacionamentos, namoro, casamento, sentimentos e emoção, escritos pela Psicóloga Maris V Botari


07 dicas para a relação amorosa dar certo.

08 fatores que dificultam uma relação

09 formas de estragar um relacionamento.

09 sinais que o amor acabou

11 passos para identificar Relacionamentos abusivos

A blindagem contra apego

A dificuldade de relacionamento

A dificuldade em mostrar sentimento

Abra-se ao amor sem medo de ser feliz

Amor = Paixão + intimidade + comprometimento

Amor correspondido - Amor não correspondido

Amor custa caro

Amor desgastado: quando a relação afetiva está desigual

Amor Patológico - Amor doente

Amor sem limites

Apegados e Desapegados:

As emoções são contagiantes

Como agem as pessoas apaixonadas?

Como conquistar um amor

Como esquecer alguém?

Como manter um relacionamento saudável

De quem é a culpa pelo fracasso da relação?

Diferença entre: atração, desejo, paixão e amor.

Declarações de Amor

Dificuldade nos relacionamentos afetivos

Infidelidade no amor: como lidar e superar

Não brinque com o sentimento alheio

Não carregue uma culpa que não é sua

Não Idealize

O amor correspondido

Os Amores do Passado

Pessoas com dificuldade de relacionamento

Pessoas românticas

Por que algumas "ficadas" não se transformam em namoro?

Por que dizer "EU TE AMO" é tão difícil

Porque algumas pessoas se apegam demais enquanto outras não conseguem se apegar a nada?

Quando o amor termina

Reconciliações

Você sabe amar?

Você sabe dar e receber afeto?

Você tem medo de amar?


    Postagens mais visitadas

    Você precisa de terapia?


    Existem algumas regras para saber se você precisa ou não de terapia:

    Todos precisamos de terapia. Porém não precisa ser a todo momento. Existem situações que é possível atravessar sozinho(a), mas em outras a ajuda emocional oferecida por um psicólogo pode ser muito bem vinda.

    • Quando a ansiedade, o estresse, a depressão, ou a dificuldade de relacionamento estiverem provocando muitos danos emocionais;
    • Quando você estiver perdido em seus pensamentos, sem conseguir achar uma direção, uma resposta para sua vida;
    • Quando o medo estiver maior que a coragem de enfrentar as dificuldades;
    • Quando estiver com vergonha de ser quem você é;
    • Quando a dor da for muito insuportável;
    • Quando seu sono, seu apetite e seu desejo sexual estiver comprometidos;
    • Quando você for vítima de abuso psicológico....
    • Sim, Talvez seja a hora de buscar Terapia.
    Leia mais sobre Terapia