Pular para o conteúdo principal

Dependência afetiva - O que é e como lidar.

A dependência afetiva consiste exatamente nisso: dar as chaves da própria vida nas mãos do outro.
Dependência afetiva - O que é e como lidar. psicologa em sp

Imagine que você comprou um apartamento. Mas ao invés de tomar a iniciativa de decorar e arrumar do seu jeito,  entregas as chaves a uma pessoa muito querida e deixa que ela decida por você. A medida em que  o outro assume as responsabilidades pela manutenção do imóvel, você apenas contempla.. de longe.....satisfeito....porque não precisa sair da sua zona de conforto. O outro escolhe... o outro.. decide. você perdeu a autonomia para mudar um vaso de lugar! Você está dependente do outro!

Infelizmente, existem poucas pesquisas sérias sobre o assunto. Pretendo enfatizar este tema na minha tese de doutorado. Mas fica a dica para os estudantes....O tema tem relevância social imensa.


Quem é o dependente afetivo?


Um dependente afetivo não  consegue visualizar sua vida sem o outro. Não necessariamente por ter uma personalidade dependente, ao contrário: muitas são pessoas bem sucedidas financeiramente, profissionalmente, conseguem ter um entorno de bons relacionamentos sociais, porém, não concebem a vida sem o seu par afetivo.


O estudo da dependência afetiva na Psicologia


Considerando que somos seres biopsicossociais, tentarei discorrer sobre o tema considerando estes aspectos.

Uma possível inferência pode ser feita por meio da teoria do apego de Bowlby (1999), que aponta que a construção dos apegos na infância poderá determinar a forma como a pessoa irá se relacionar na vida adulta. De acordo com o teórico, uma criança que não vivenciou um padrão seguro de apego nos primeiros anos de vida, possivelmente terá dificuldades de vivenciá-los na idade adulta. Porém isto também não é determinante. Nem toda criança insegura será um adulto inseguro e vice-versa.

Outra forma de compreender a dependência estaria relacionada às incertezas que vivemos no atual momento sócio-histórico: de acordo com Bauman (1999), estamos atravessando a era da liquidez, onde tudo o que era estável e sólido "derreteu" se transformando em líquido. As facilidades tecnológicas possibilitam a troca de parceiros em apenas um clique, ampliando as possibilidades de escolha, dificultando a formação de vínculos sólidos. Isto tende a levar os indivíduos a vivenciarem uma "segurança líquida". Nosso cérebro não ainda não evoluiu a ponto de lidar coma rapidez vertiginosa das mudanças que ocorrem em nossa sociedade.

Neste cenário de modernidade líquida, onde os amores também são líquidos, a única certeza que se tem é a necessidade de afeto, apoio, carinho, compreensão e amor. Mas como garantir que o outro não nos deletará de sua vida? Não há garantias possíveis. Porém algumas pessoas acreditam que a única forma de assegurar o amor do outro é abrindo mão de si mesmo.

Este processo de "abrir mão de si mesmo", cria uma atmosfera de dependência, pois a intenção aqui pode ser a de aparentar fragilidade para que o outro sinta-se comovido com esta fraqueza e não abandone. Por este motivos algumas pessoas choram como crianças abandonas pelos pais, quando seu parceiro afetivo tomam a iniciativa de romper o relacionamento. O comportamento do adulto  neste caso, repete o da criança com padrão de apego inseguro (Bowlby, 1999).

Como lidar

Se você é dependente afetivo:

O primeiro passo é reconhecer-se como tal (parece óbvio, mas muitas pessoas negam esta condição, o que torna o tratamento difícil);

O segundo passo é procurar ajuda terapêutica, para conhecer suas potencialidades e aprender novas formas de exercitar sua autonomia perante os desafios da vida; Uma indicação: o treino de Habilidades sociais  da Terapia Comportamental pode ajudar bastante!

O terceiro passo é a prática: começar a viver parcialmente sem o parceiro. Por exemplo, diminuir o número de ligações diárias, de mensagens, começar a andar com as próprias pernas.

Se você convive com um dependente afetivo:

O primeiro passo é fazer uma análise detalhada da relação e verificar se não está alimentando esta dependência de alguma forma, mesmo das mais sutis.

O segundo passo é buscar ajuda terapêutica para trabalhar esta desvinculação gradativa: é o  "desmame", afinal, as vezes é doloroso perceber que o outro está caminhando com as próprias pernas.

O terceiro passo é incentivar a independência demonstrando que é possível amar sem viver uma relação "simbiótica" ou "Orobórica" (Oroborus é uma cobra mitológica que se engole do próprio rabo)



BAUMAN, Zigmunt. Amor Líquido. São Paulo. Martins Fontes; 1999
BOWLBY, John. Formação e rompimento dos vínculos afetivos. São Paulo. Martins Fontes; 1999


Saiba mais sobre Psicoterapia
Há quanto tempo você não desabafa com alguém?

Psicoterapia é para pessoas que como você, buscam uma *reforma interior. *

Se você ou alguém que você conhece está passando por um problema psicológico, saiba que a Psicoterapia (realizada por psicólogos credenciados) pode ajudar bastante na compreensão de problemas emocionais como este. 

Se você nunca passou por psicólogos, ou por algum motivo precisou interromper sua *psicoterapia, e sente que precisa de ajuda emocional, para lidar com ansiedade depressão, fobias, pânicos, Transtorno de personalidade, entre em contato.

Como saber se precisa de terapia?

Existem algumas regras para saber se você precisa de terapia: quando o estresse, a depressão, a ansiedade, dificuldade de relacionamento estiverem provocando grandes danos emocionais; quando estiver perdido em seus pensamentos, sem conseguir achar direção, quando o medo estiver maior que a coragem de enfrentar as dificuldades; quando a vergonha de ser quem você realmente é estiver tolhendo seus passos; quando a dor for muito insuportável; quando perder seu sono, seu apetite e seu desejo sexual; quando for vítima de abuso psicológico.... sim, é hora de buscar Terapia.


Mas se você consegue lidar bem com seus conflitos emocionais, com suas dificuldades de relacionamentos, com seus medos, suas dúvidas, etc. talvez não precise de terapia, mas sim de orientação psicológica para perda compreender alguns pontos.


Psicóloga Clínica em São Paulo, Sp, Vila Mariana.
Psicóloga Bradesco| Psicóloga Amil | Psicóloga Sulamérica | Reembolso
Terapia Infantil | Terapia de Casal | Terapia Individual | Terapia Familiar
Agende sua consulta Gratuita
Informações sobre atendimento Psicológico por meio de Plano de Saúde (Bradesco Saúde, Amil, Sulamérica, Intermédica Notredame)
Para você quer faz Psicoterapia, ou ainda não começou e não sabe exatamente o que esperar do psicólogo, aqui vão algumas dicas.  O Psicólogo é um profissional que vai te acolher com brandura, sem que isso seja pesado para o paciente psicológico
O que é um atendimento psicológico? Quais os tipos de atendimentos psicológicos que existem? Saiba mais
Saiba de que forma a psicoterapia pode te ajudar: Favorecendo o autoconhecimento; diminuindo a ansiedade, controlando e tratando os sintomas da depressão
O valor cobrado por uma sessão de Psicoterapia em são Paulo, é uma média do preço praticado na cidade de São Paulo, mais precisamente, na zona sul de sp.
Os preços são fracionados de acordo com a duração de cada sessão, para que todos as pessoas tenham acesso aos atendimentos
São atendimentos voltados para pessoas que estão em situação de alto risco psicológico, que estão atravessando situação traumática na última semana.

Pessoas que amam demais precisam fazer terapia para que aprendam a amar de maneira menos dolorosa e mais feliz; a Psicoterapia pode ajudar pessoas com quadro de dependência afetiva a se amarem mais e em primeiro lugar.
A Terapia Cognitivo Comportamental é um modelo de tratamento psicológico de curta duração e efeitos mais rápidos, pois busca tratar um problema de cada vez. Indicada para casos de depressão, ansiedade, dificuldade de relacionamento, estresse e para quem quer perder peso.

Transtorno de Humor

Ansiedade
Ansiedade crônica, Ansiedade generalizada, transtorno do estresse, estresse pós-traumático transtorno obsessivo compulsivo (TOC).

Fobias
Fobias em geral, síndrome do pânico.

Relacionamentos

Vícios
Compulsões por comida, trabalho, compras e outras. Vício em celular, alimentos e dependência química.

Problemas de Sono
Insônia e Hipersonia não-orgânica.

Personalidade

Desenvolvimento pessoal
Necessidade de aceitação, Baixa autoestima, desmotivação, estresse, dificuldade em tomar decisões, sentimento crônico de vazio, pensamentos obsessivos, ideação suicida, comportamento de automutilação, dificuldade de se expressar, insegurança, indecisão, auto cobrança excessiva e instabilidade emocional.

Sentimentos
Lidar com sentimento de culpaSentimentos reprimidos, Dificuldade de demonstrar afeto, Carência afetiva, Dependência emocional e afetiva,Amor Patológico - Amor doente 

Trabalho e Carreira
Estresse   Dificuldades de relacionamento no trabalho, desenvolvimento e/ou escolha da carreira, problemas no trabalho, 

Estudos
Dificuldade de aprendizagem, TDAH

Terapia de casal
Indicada para compreender a dinâmica e o comportamento do casal, e solucionar Problemas conjugais, para manter um relacionamento feliz, Dificuldades sexuais, minimizar as discussões desnecessárias.

Terapia para que os casais possam compreender melhor a si mesmos, buscando a compreensão do relacionamento e resgatando os motivos que os uniram.
Psicóloga| Psicólogo| Psicóloga Amil| Psicóloga Bradesco| Psicóloga Allianz| Psicóloga sulamérica| Psicologa em São Paulo Vila Mariana – Metrô Ana Rosa, Psicologa online - baixo custo - entre em contato



PSICÓLOGA sp


PSICOLOGA sp


PSICÓLOGOS EM sp


psicólogos em SP


PSICÓLOGA SÃO PAULO


ajuda emocional


ajuda psicologica


allianz convenio


amil agendamento psicologa


amil agendamento psicólog. PAULO






amil consulta psicologa


amil consulta psicólogo


amil psicologa


amil psicologa sp


amil psicologas


amil psicologia


amil psicologia sp






amil psicólogo


amil reembolso acompanhamento


amil reembolso psicologa


amil reembolso psicoterapia


atendimento amil sp


atendimento psicologico amil sp


atendimento psicológico gratuito sp


Psicologa Bradesco, qual o valor da consulta com psicóloga? Agende sua consulta, agendamento consulta sulamérica, Onde encontrar psicólogo baratos? Psicóloga preço acessível, Psicologa Sulamérica, Psicologa Allianz, como ser mais assertivo,  Psicologa Barata, Psicologa Experiente, como vender o medo, como tratar fobias? Como lidar com ciúme? Como superar traição? Traição tem perdão?  tratamento ansiedade, depressão,  Psicologos Unimed,são, dificuldade de relacionamento, como superar traição? psicologo consulta , psicólogo sp, psicóloga sp, insegurança psicologia,  terapia de casal sp, terapia infantil, Como tratar dificuldade de relacionamento? Terapia para emagrecimento, avaliação para bariátrica, psicologia online, psicóloga clínica,  terapia matrimonial, psicologo online, psicologia consulta, psicologia on line, terapia para idosos, psicóloga para emagrecimento, psicoterapia online, psicoterapia infantil, terapia para casal, psicoterapia e psicologia, psicoterapeuta São Paulo,  site de psicologia, blog psicóloga, paginas de psicologia, sites de comportamento humano, coach de relacionamentos,  artigos de psicologia, psicologia virtual, oscilação de humor, ajuda emocional, psicologo sp, site psicologia, terapia psicologica online, psicologia sp, o que acontece na primeira consulta psicológica? Quais os melhores psicólogos de são Paulo? terapia sp, psicologo barato, terapia de casal preço, insegurança emocional, clinicas de psicologia em sp, psicologos em sp, psicoterapia de casal, psicologos sao paulo, site psicologo, aconselhamento de casal, consulta psicológica online, psicologo zona sul



Como encontrar o psicólogo certo ❖ Psicologa Vila Mariana SP

Como encontrar o psicólogo certo Where to begin  How to Find the Right Therapist For You Escrito port Esther Perel Texto original: https://estherperel.com/blog/how-to-find-the-right-therapist-for-you A auto-entrevista Responda a estas perguntas primeiro. Por que terapia e por que agora? Em que você gostaria de trabalhar? Qual é o resultado desejado? O que você está preparado para fazer para alcançar esse objetivo? O que você espera do seu terapeuta? Quais foram as suas experiências em terapia até agora e o que foi útil? O que não foi? Quais são as lições que você aprendeu? Seja terapia individual, de casal ou familiar, o tipo de terapeuta que eu sempre recomendo é aquele que é desafiador e direto, mas não julga; tem a mente aberta e está disposta a permitir que as pessoas explorem opções na vida muito diferentes das suas. Alguém que não se apressa em diagnosticar e patologizar, e que tem um profundo entendimento dos meandros da intimidad

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

ARTIGOS SOBRE RELACIONAMENTOS

Agradeço a sua leitura e sua atenção e disponibilizo alguns textos que talvez possam te ajudar.


07 dicas para a relação amorosa dar certo.

08 fatores que dificultam uma relação

09 formas de estragar um relacionamento.

09 sinais que o amor acabou

11 passos para identificar Relacionamentos abusivos

A blindagem contra apego

A dificuldade de relacionamento

A dificuldade em mostrar sentimento

Abra-se ao amor sem medo de ser feliz

Amor = Paixão + intimidade + comprometimento

Amor correspondido - Amor não correspondido

Amor custa caro

Amor desgastado: quando a relação afetiva está desigual

Amor Patológico - Amor doente

Amor sem limites

Apegados e Desapegados:

As emoções são contagiantes

Como agem as pessoas apaixonadas?

Como conquistar um amor

Como esquecer alguém?

Como manter um relacionamento saudável

De quem é a culpa pelo fracasso da relação?

Diferença entre: atração, desejo, paixão e amor.

Declarações de Amor

Dificuldade nos relacionamentos afetivos

Infidelidade no amor: como lidar e superar

Não brinque com o sentimento alheio

Não carregue uma culpa que não é sua

Não Idealize

O amor correspondido

Os Amores do Passado

Pessoas com dificuldade de relacionamento

Pessoas românticas

Por que algumas "ficadas" não se transformam em namoro?

Por que dizer "EU TE AMO" é tão difícil

Porque algumas pessoas se apegam demais enquanto outras não conseguem se apegar a nada?

Quando o amor termina

Reconciliações

Você sabe amar?

Você sabe dar e receber afeto?

Você tem medo de amar?


Tratamento depressão, tratamento para Ansiedade Psicóloga em SP zona sul, psicoterapia Bradesco, psicóloga Amil vila mariana, psicóloga Sulamérica em sp.. Terapia infantil, Casal, Individual, terapia sp, psicologo barato, terapia de casal preço, clinicas de psicologia em sp, psicologos em sp, psicoterapia de casal, psicologos sao paulo, site psicologo, whatsapp psicóloga online, ajuda emocional, dificuldade de relacionamento conjugal, consulta psicológica online, psicologo zona sul, terapia para adultos, Psicóloga Sulamérica, PSICÓLOGA Saúde Bradesco, Psicóloga Amil, psicologia online, psicólogo SP, Psicologa sp, Psicóloga Bradesco Amil Sulamérica São Paulo SP vila mariana, Psicologa online, psicólogos gratuitos, melhores psicólogos de sp, terapia de casal, terapia para adolescentes, terapia de luxo, terapia cessível, peço de terapia acessível, psicólogo bons em sp, psicólogos baratos, psicólogos formados pela USP, psicólogos formados pela puc, psicólogos de celebridades, psicólogos para estresse no trabalho.

    Você precisa de terapia?


    Existem algumas regras para saber se você precisa ou não de terapia:

    Todos precisamos de terapia. Porém não precisa ser a todo momento. Existem situações que é possível atravessar sozinho(a), mas em outras a ajuda emocional oferecida por um psicólogo pode ser muito bem vinda.

    • Quando a ansiedade, o estresse, a depressão, ou a dificuldade de relacionamento estiverem provocando muitos danos emocionais;
    • Quando você estiver perdido em seus pensamentos, sem conseguir achar uma direção, uma resposta para sua vida;
    • Quando o medo estiver maior que a coragem de enfrentar as dificuldades;
    • Quando estiver com vergonha de ser quem você é;
    • Quando a dor da for muito insuportável;
    • Quando seu sono, seu apetite e seu desejo sexual estiver comprometidos;
    • Quando você for vítima de abuso psicológico....
    • Sim, Talvez seja a hora de buscar Terapia.
    Leia mais sobre Terapia




    Nunca Passou na Psicóloga?

    Você nunca passou na Psicóloga? Se gostaria de passar, fique tranquilo porque é normal que você tenha muitas dúvidas.

    Algumas pessoas que nunca passaram por consulta com psicólogos tendem a idealizar a consulta as vezes de forma negativa e isto causa bastante ansiedade.
    Relaxe e venha. Traga para a Psicóloga apenas o que achar válido, afinal o momento é seu. O Psicólogo é um ego auxiliar, alguém que vai te ajudar a pensar nas questões da tua vida.
    A primeira Consulta psicológica dura de 30 a 50 minutos, tempo que o paciente tem para expor seus pensamentos, suas dúvidas, seus anseios, suas dores, etc.

    Se você nunca passou na psicóloga e gostaria de passar agende uma consulta psicológica gratuita