Livros de colorir antistress funcionam?

Os livros de colorir para adultos começaram a ser publicados em 2012, pela editora inglesa Michael O’Mara Books, mas virou febre em 2013, compreendendo tema variados como jardins e mandalas.
Acredita-se que estes livros  teriam como finalidade servir  como  válvula de escape para o estresse, uma vez que a atividade de pintar é considerada relaxante.
Será que esta atividade é de fato antiestresse?
Vamos analisar o trabalho como um todo:
1 – Pintar:
Pode ser considerada uma atividade relaxante porque coloca algumas partes do cérebro em maior funcionamento, o que faria com que a atividade de outras áreas seja reduzida. Isto favorece a concentração na atividade, possibilitando o esquecimento momentâneo de outras preocupações.
2 -  A escolha das cores
As cores evocam certas emoções, tanto de forma consciente, quanto inconsciente, colaborando para que o indivíduo se expresse por meio delas. Pfister (apud Villemor,1978) categorizou as cores da seguinte forma:
·         Cores quentes
    • Vermelho - Ligado à extroversão, irritabilidade, impulsividade e agressividade;
    • Amarelo - extroversão moderada, adaptada ao meio social;
    • Laranja - representa anseios de produtividade.

·         Cores frias

    • Azul – relacionada ao controle e autocontrole;
    • verde – remete aos anseios de contatos sociais.
    • violeta - Tensão e ansiedade


·         Acromáticas
o   Cinza – carência afetiva, ausência de libido.
o   Preta – função estabilizadora
o   Branca – Fragilidade estrutural, indecisão.

3 – O resultado
Ao verificar que a pintura ficou bonita, o indivíduo pode sentir um certo orgulho, o que ativa o circuito da recompensa do cérebro, produzindo dopamina (neurotransmissor responsável pelo bem-estar) dando a sensação de prazer, alegria e relaxamento, diminuindo o estresse momentâneo. 

Enfatizando que os livros não devem substituir a terapia, nem a Arteterapia, onde os conteúdos mais profundos são trabalhados. Portanto, esta atividade deve ser encarada como analgésico, e não como antibiótico.


Dr. Stan Rodski – Psicólogo Australiano, criou o primeiro (?) livro de colorir anti-stress para adultos
psicologa, sp. bradesco saude, amil, golden cross, convenio, reembolso, casal, crianças, adultos, cognitivo comportamental




Se o nosso cérebro é incapaz de se adaptar às mudanças de pressão, também cria ansiedade, depressão e insônia, produzindo sensação de estresse.  
Por exemplo, quando estamos relaxados a onda predominante é ALPHA mas muda para BETA medida que aumentam tanto a nossa atividade física e mental
 Na concepção do Dr. Rodski, os livros são projetados para ajudar o cérebro a mudar as ondas de beta para alpha, o que não é possível conseguir sob pressão.

Fonte:
Colour Tation Brain Science. [Online] http://www.colourtation.com/about
Villemor Amaral, F. (1978). Pirâmides Coloridas de Pfister. Rio de Janeiro: CEPA. 2ª edição.








Textos de Psicologia


Canal Youtube